Greve de ônibus no Recife entra no 2º dia, usuários esperam mais de uma hora nas paradas

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Mais um dia em que a população é prejudicada, poucos ônibus e muita espera dos usuários que muitas vezes penam nas paradas, o tempo de espera chega a mais de uma hora em algumas linhas, já outras nem circulando estão. Ontem os sindicatos não chegaram a um acordo, o dissídio coletivo foi determinado pelo Ministério Público do Trabalho e nesta quinta-feira (05), às 15h, a justiça decidirá o destino da paralisação.

Os dissídios coletivos são ações propostas à Justiça do Trabalho por pessoas jurídicas (Sindicatos, Federações ou Confederações de trabalhadores ou de empregadores) para solucionar questões que não puderam ser solucionadas pela negociação direta entre trabalhadores e empregadores.
Com a paralisação, o comércio registrou queda de mais de 70% das vendas, pois só usam os ônibus nestes dias quem realmente precisa.
A situação é mais preocupante nos terminais integrados, onde a fluxo de passageiros são bem maiores. Ontem tumultos e quebra quebra de ônibus em algumas linhas foram registradas.
Conseguir um ônibus em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, está sendo um desafio na manhã desta quinta-feira (5). Paradas lotadas e espera prolongada. Para aqueles que precisam ir para lugares próximos, onde os micro-ônibus circulam, a espera não é tão grande, mas ainda encontram os pequenos coletivos lotados.
No Ibura, os usuários estão desistindo de sair de casa devido a demora dos coletivos e quando passam, eles vem lotados. É melhor ficar em casa e levar falta no trabalho do que enfrentar estes transtornos, diz a moradora da UR-02 Tereza Cristina.
No terminal da PE-15, em Olinda, um dos mais movimentados do Grande Recife, o cenário era de filas, ônibus demorando mais que o normal, mas sem confusão. A linha que apresenta maiores filas é a PE-15/ Afogados. O terminal, o mais antigo do Grande Recife, atende cerca de 44 mil pessoas, com 12 linhas, 134 ônibus e 1,5 mil viagens por dia. As empresas estão contratando motoristas do cadastro de reserva para atender a demanda durante a greve. Ainda em Olinda, as paradas da Avenida Getúlio Vargas estão cheias, com pessoas esperando ônibus por muito tempo.
Mais informações sobre a greve de ônibus no Recife nas próximas postagens.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960