Em Porto Alegre, Transporte coletivo recebe 40 ônibus novos esta semana

terça-feira, 22 de novembro de 2011

De acordo com o processo permanente de qualificação da frota de transporte coletivo da Capital, 40 ônibus novos serão entregues à população da Capital nesta semana. A apresentação dos veículos, todos com elevadores para portadores de deficiência física, acontece amanhã, 23, às 11h, no Largo Glênio Peres. Estarão presentes no evento o prefeito José Fortunati; o secretário municipal da mobilidade urbana, Vanderlei Cappellari, entre outras autoridades da Prefeitura, além de Ênio dos Reis,  presidente da Associação dos Transportadores de Passageiros (ATP), e de José Alberto Guerreiro, presidente do Consórcio Unibus.

Os 40 ônibus novos atenderão linhas da região leste da cidade, dos eixos Protásio Alves e Bento Gonçalves. Somente neste ano já houve uma renovação de 136 veículos. De acordo com previsão da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), outros 40 ônibus novos entrarão na frota até o final do ano. Eles irão atender linhas que circulam nas regiões sul e norte, além da Carris.

Os 1.663 veículos da frota de ônibus têm uma idade média de 3 anos e 11 meses, uma das mais novas do País. A vida útil máxima de um ônibus é de 10 anos.O serviço de transporte coletivo por ônibus da  Capital opera com 372 linhas, 25 mil viagens-dia, transportando cerca de 1 milhão de passageiros / dia. 

Dos 1.663 ônibus, 330 têm até um ano de idade, renovados entre 2010 e 2011. Todos os novos veículos circulam com motores eletrônicos, os quais emitem baixo índice de poluentes.

A frota de ônibus adaptada para pessoas portadoras de deficiência agora é de 757 veículos, correspondendo a 46,20 % dos veículos. A exigência de vistoria varia, de acordo com a idade do veículo, entre 60 e 120 dias. Foi qualificada a iluminação interna, com lâmpadas leds, letreiros eletrônicos frontais maiores para dar maior visibilidade dos itinerários/linhas aos usuários; bancos mais confortáveis, com espumas de maior densidade, possibilitando 43 lugares sentados, em média. 


Informações da EPTC

READ MORE - Em Porto Alegre, Transporte coletivo recebe 40 ônibus novos esta semana

Justiça autoriza prosseguimento de obras no Metrô de SP

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) suspendeu nesta terça-feira a paralisação das obras da Linha 5-lilás do Metrô. Na decisão, contudo, o judiciário manteve o afastamento do presidente do Metrô, Sérgio Henrique Passos Avelleda.
Na última sexta-feira, a juíza Simone Gomes Rodrigues Casoretti, da 9ª Vara da Fazenda Pública, determinou o afastamento do presidente do Metrô, Sérgio Henrique Passos Avelleda, e a suspensão dos contratos de extensão da Linha 5-lilás (lotes 2 a 8), devido a supostas fraudes em licitação de R$ 4 bilhões e danos aos cofres públicos.

Foto: Blog Diário da CPTM
Em sua decisão, o presidente do tribunal, José Roberto Bedran, afirmou que "a suspensão do contrato importaria em grave dano à ordem administrativa, à saúde e economia públicas" e que a a manutenção da interrupção acarretaria grande prejuízo financeiro, com a realização de nova licitação, incidência de multas e indenizações e até mesmo a perda de financiamentos internacionais.

Ainda, além do afastamento de Avelleda, o TJ-SP manteve a multa de R$ 100 mil em caso de descumprimento da ordem por parte do secretário dos Transportes.

Em nota, a Procuradoria-Geral do Estado afirmou que, "por uma questão de Justiça, o governo vai apresentar os recursos judiciais apropriados para restabelecer Sergio Avelleda ao cargo. O afastamento de Avelleda se mostra totalmente descabido, uma vez que a licitação não foi feita em sua gestão e que a decisão de prosseguir com os contratos, também em função do interesse público, foi tomada por toda a diretoria do Metrô".



READ MORE - Justiça autoriza prosseguimento de obras no Metrô de SP

Em Curitiba, Vândalos apredejam ônibus novos e revolta população

Novamente o vandalismo por parte de torcedores de futebol causa danos ao patrimônio público. Na noite de quarta-feira (dia 16 de novembro) cerca de 50 torcedores do Coritiba apedrejaram um biarticulado da linha Campo Comprido – Seminário.

O ônibus levava torcedores do Atlético que voltavam do jogo contra o São Paulo. O incidente ocorreu na estação-tubo da avenida Afonso Camargo, em frente ao Jardim Botânico por volta das 23h30. Além do apedrejamento os vândalos tentaram invadir o ônibus e só não conseguiram porque a Guarda Municipal chegou a tempo de impedir a invasão. Mesmo assim algumas pessoas ficaram feridas.

O ônibus que teve vários vidros quebrados é um dos 26 novos Ligeirões que em outubro começaram a atender a população de Curitiba. Cada ônibus deste tipo custa aproximadamente um milhão de reais.

Os prejuízos causados pela ação destes marginais onera diretamente o usuário do transporte coletivo.

Em depoimento ao Portal Banda B motorista Marcelo de Oliveira, relembra os momentos de violência: “A gente está direto na lida e fica revoltado com tudo isso. A torcida tem feito muitos danos nos ônibus, principalmente nos novos. As pessoas de bem poderiam ter maior conforto, mas acabam não tendo mais, devido a esses vândalos. Tem que se tomar providências”, destaca revoltado o motorista.

“Mais de 50 torcedores do Coxa pularam dos trilhos do trem e travaram as rampas, aí o ônibus não sai do local. E começaram as pedradas e as agressões. De fora para dentro e vice-versa. Foi um caos”, completou.


Por: Guto de Leão

Informações do SETRANSP

READ MORE - Em Curitiba, Vândalos apredejam ônibus novos e revolta população

Trensurb dá início à integração de bilhetagem com ônibus metropolitanos

A Trensub garantiu neste domingo que ainda nesta semana pelo menos 50 ônibus da empresa Vicasa em Canoas serão os primeiros a receber a integração de bilhetes na região Metropolitana. O sistema, projetado para baratear a tarifa e permitir ao cidadão usar apenas um cartão magnético nos dois meios de transporte, existe hoje apenas em Porto Alegre, onde há unificação do TRI - sistema de bilhetagem eletrônicas nos ônibus - e o SIM - utilizado no trem.
Nesta segunda-feira, dirigentes Trensurb e das empresas de ônibus vão assinar um convênio que dá prazo de mais um ano para a tecnologia ser adotada em todos os municípios com cobertura do cartão TEU - usado no transporte rodoviário da região Metropolitana. A meta é que mais de 1,7 milhão de moradores da região Metropolitana possam utilizar o SIM ou o TEU nos dois serviços.

Na primeira experiência, em Canoas, ônibus vão contar com equipamentos de leitura ótica aceitando créditos do cartão SIM. Já as estações do trem, por enquanto, não terão aparelhos para o sistema TEU.

Segundo a Trensurb, a redução do valor das tarifas com a compra de um bilhete de integração vai ser proporcional à distância em que o usuário percorrer. Apesar do prazo de um ano para a implementação total, a estatal garante que a meta é finalizar o processo até março de 2012. A Metroplan projeta que as empresas de ônibus concluirão a instalação de equipamentos em todas as linhas e estações do trem em 12 meses.



READ MORE - Trensurb dá início à integração de bilhetagem com ônibus metropolitanos

Em Caxias do Sul, Novos corredores de ônibus começam a funcionar nos próximos dias

Depois de praticamente concluídas as alterações viárias em quatro quadras da Rua Sinimbu e na Moreira César, os trabalhos da Secretaria de Trânsito, Transportes e Mobilidade (STTM) seguem pela Rua Bento Gonçalves. A mudança faz parte do pacote de medidas para melhorar o trânsito na área central de Caxias. O plano de melhorias da nova fase prevê a criação de novos corredores de ônibus na Bento Gonçalves, Coronel Flores e Marechal Floriano.

O diretor de Trânsito, Carlos Roberto Noll, explica que os trabalhos, no momento, estão na Coronel Flores e que nos próximos dias o trajeto dos ônibus do bairro Serrano e proximidades vai ser alterado.

Na Rua Sinimbu, a terceira faixa para a circulação de veículos leves, entre a Moreira César e a Dr. Montaury, foi liberada na quarta (16). Porém, nesse trecho, será permitido o estacionamento dos veículos de segunda à sexta, entre as 20h e 07h e das 13h dos sábados até as 07h das segundas-feiras. Na Moreira César, o estacionamento, que era oblíquo no local, passou a ser paralelo, auxiliando a passagem do transporte coletivo.

Noll salienta que as alterações viárias têm desafogado o tráfego no centro, porém ele alerta que os motoristas devem manter a velocidade baixa dos automóveis e os pedestres devem respeitar o semáforo, especialmente agora que o trânsito está fluindo mais.

O Plano prevê ainda a redução do estacionamento do Zona Azul, a criação dos Zonas Verde e Branca, instalação de novos semáforos para os pedestres e ampliação de 40 táxis.



READ MORE - Em Caxias do Sul, Novos corredores de ônibus começam a funcionar nos próximos dias

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960