Recife pode ter greve de ônibus nesta quarta-feira

terça-feira, 14 de junho de 2011

Motoristas e cobradores se reúnem hoje para decidirem se entram em greve amanhã ou não, está é a 4ª e ultima mesa de negociação entre empresas e sindicato, segundo informes do sindicato, os rodoviários estão pedindo aumento de 22% e mais aumento no ticket de R$ 125,00 para R$ 192,00, os trabalhadores reivindicam ainda melhorias na qualidade dos serviços, devido a muitos terminais não terem condições de infra-estrutura e também por motivos operacionais de cumprimento de horários.

“Estamos sem reajustes salariais, não estão pagando os adicionais direito e nem a nossa hora extra. Quando pagam é de forma incorreta. Somado a isso, tem as condições precárias de trabalho. Alguns terminais não têm nem banheiro para usarmos. Por conta disso, tem muito motorista indo trabalhar em Suape, pois pagam melhor e dão boas condições de trabalho”, comentou um motorista, numa parada de ônibus, enquanto esperava os passageiros entrar no coletivo.
Se estas reinvidicações não forem aceitas, a cidade do Recife vai ficar sem ônibus nesta quarta-feira, deixando mais de 1,5 milhão de pessoas sem transporte.
Em breve mais informações sobre essa possível greve de ônibus na capital pernambucana e região metropolitana.

Fonte: Meu Transporte

''Gostou do Blog, então adicione a seus favoritos e seja um seguidor, Blog Meu Transporte é um espaço de um usuário de ônibus de Recife, venha fazer parte desta família, mande informações e denúncias para mostrarmos juntos a real situação do transporte em nossa cidade.''


Share |

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960