No Rio, Terminais de ônibus serão privatizados

sexta-feira, 13 de maio de 2011

O governador Sérgio Cabral autorizou a abertura de concorrência pública dos serviços de operação, administração, manutenção, conservação, reforma, reconstrução e exploração comercial dos Terminais Rodoviários da Região Metropolitana do Rio. A ação será promivida pela Secretaria de Transportes e pela Companhia de Desenvolvimento Rodoviário e Terminais (Coderte).

Constam do programa de concessão à iniciativa privada os terminais Américo Fontenelle e Menezes Cortes – ambos no Centro – além das unidades de Nilópolis e Nova Iguaçu, na baixada Fluminense.

Segundo o diretor-presidente da Coderte, Ronaldo Francisco, a medida é uma vitória para a toda população fluminense. A concessão possibilitará uma melhora significativa na prestação de serviço aos usuários de transportes coletivos.

"A medida acontece em um momento histórico, pois, por ocasião da Copa do Mundo e das Olimpíadas, a Coderte poderá recepcionar o público em seus novos terminais rodoviários, que adotarão o modelo implantado pela companhia há pouco mais de um ano no Terminal Rodoviário Novo Rio", disse.

O decreto foi publicado na última terça-feira. A assinatura do contrato acontece nos próximos 180 dias. A revitalização dos terminais é prevista para 2013.


Fonte: O Dia Online

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960