Metrô que vai ligar Barra da Tijuca a Ipanema ficará pronto em dezembro de 2015

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Marcelo Horn / Divulgação
O secretário de Transportes esclareceu que a nova linha vai ter um intervalo entre as composições de três minutos, para evitar que haja superlotação.
As obras de construção da linha 4 do metrô, que ligará a Barra da Tijuca, na zona oeste, a Ipanema, zona sul do Rio, serão concluídas em dezembro de 2015, seis meses antes da Olimpíada que terá a capital fluminense como sede. A informação foi divulgada pelo secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, neste domingo (15). As obras começaram em março de 2010.
Segundo levantamento do governo do Estado, a nova linha do metrô deve atender 240 mil pessoas, que circularão pelas seis novas estações entre Ipanema e Barra, passando por Gávea, Leblon e São Conrado. Júlio Lopes comentou sobre a alta movimentação de usuários.
- Nossos estudos apontam que há 120 mil pessoas que vão para o centro do Rio pela manhã e retornam no final da tarde realizando esta atividade pendular. E teríamos mais 120 mil pessoas que são usuárias e que teriam, como destino, as atividades comerciais, de entretenimento e de serviços na zona sul, agregando um número muito maior de usuários que vão sair e entrar no metrô diariamente.
A obra do metrô vai custar RS 4 bilhões de construção civil e R$ 1 bilhão em equipamentos.
Superlotação
- Para que o novo fluxo de passageiros seja atendido, os intervalos serão reduzidos e cada trem terá capacidade para 1.200 passageiros.
Quanto ao problema de superlotação das linhas já existentes, Lopes afirmou que esta situação será resolvida em breve com a chegada de trens novos comprados na China.
- Atualmente, temos poucos trens no metrô do Rio: são 184 unidades para cerca de 640 mil passageiros. Por isso, já efetuamos a compra de 114 carros de metrô. Desta forma, diminuiremos o intervalo de tempo entre as pontas das estações dos atuais seis minutos para dois minutos - finalizou.


Fonte: R7.com




0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960