No Recife, Todos os ônibus estarão com a tecnologia de GPS neste ano

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011


Um novo modelo operacional para o sistema de transporte público da Região Metropolitana do Recife (RMR) promete minimizar o turbulento cenário de atrasos e problemas que marcam os pontos de ônibus e atormentam os quase dois milhões de usuários do sistema. Até o final de agosto deverá ser implantado em 2.980 coletivos da RMR aparelhos GPS que permitem ao usuário ter acesso, através do próprio aparelho celular, a localização do seu ônibus. A mudança foi anunciada ontem, pelo governador do Estado, Eduardo Campos, durante a assinatura da ordem de serviço do terminal do Largo da Paz, no bairro de Afogados, no Recife e o lançamento do edital de licitação para as obras do Terminal de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes. O primeiro passo para a implantação desse serviço é a instalação de uma central de monitoramento que deve ser instalada até o final de agosto.
Quando a central estiver ligada aos aparelhos de rastreamento via satélite, os usuários do sistema de transporte urbano poderão receber no seu celular uma mensagem com o horário que o ônibus estará chegando em sua parada. “Hoje em dia quase todo mundo tem celular, mesmo um pré-pago. Na hora que o ônibus usar o GPS, o sistema avisa a central e nós avisamos aos usuários que estiverem cadastrados. Isso traz maior comodidade e segurança evitando que você fique exposto ou exposta durante muito tempo em uma parada ou um terminal de ônibus”, destacou o governador.
A expectativa do Poder Executivo é de que o monitoramento via GPS, a instalação de novos terminais de integração e a criação de um grande corredor de transporte público resolvam o problema de trafegabilidade enfrentado no Recife e Região Metropolitana. “Só no ano passado tivemos 106 mil carros novos, fora Vans e microônibus. São 106 mil carros a mais com praticamente as mesmas ruas. Nós sabemos que o único caminho não é inventar a roda, é ter a roda que já foi inventada adaptada a nossa realidade, expandindo a linha do metrô, duplicando o número de passageiros e fazendo os corredores de ônibus exclusivos”, observou Campos.
O governador afirmou ainda que, com os novos terminais de integração, o número de usuários de transporte público deve passar de 800 mil para 1,6 milhão de passageiros. “Estamos nos articulando para que o sistema de transporte possa dar um salto. Ao longo dos últimos anos nós fizemos três terminais de integração. Este ano vamos fazer mais sete e estes terminais vão possibilitar um melhor conforto para as pessoas que usam ônibus e metrô, fazendo com que 800 mil passageiros deixem de pagar duas ou três passagens e possam pagar uma só. Por outro lado, com os corredores exclusivos, a velocidade média dos ônibus em horário de pico deve passar de quatro quilômetros por hora para 20 quilômetros, permitindo que 700 ônibus sejam tirados de circulação e nos dando condição de manter o crescimento das passagens abaixo da inflação e sem prejuízo na qualidade do serviço”, afirmou.



0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960