Ônibus vão ter passe livre em Porto Alegre nas eleições

sábado, 30 de outubro de 2010

Os ônibus vão ter passe livre no domingo (5), dia das eleições municipais, em Porto Alegre. A gratuidade nas viagens valerá das 4h até a meia-noite.

O diretor de Transporte da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Fernando Dutra Michel, disse que o número de veículo será ampliado de no mínimo 20%. 

“Existe ainda a previsão de carros reservas em pontos estratégicos da cidade para que, a partir do momento em que a fiscalização identificar alguma falha no sistema, esses carros sejam ativados”, disse ele para a “Rádio Gaúcha”.

Via fechada
Os eleitores de Porto Alegre que quiserem mais informações podem ligar no número 118.

A EPTC informou também que bloqueará a avenida Padre Cacique entre os trechos das ruas José de Alencar e Barão do Cerro Largo por três dias. Em 3 e 4 de outubro, das 4h30 às 21h, e no domingo (5), das 5h até a meia-noite.

O local servirá de estacionamento de veículos que farão o carregamento e a distribuição das urnas eletrônicas e materiais de eleição.

O estacionamento sob o Viaduto Dom Pedro I também será bloqueado. Nos dias 3 e 4, das 6h às 18h, e no dia 5, das 8h às 23h.

Fonte: G1.com
READ MORE - Ônibus vão ter passe livre em Porto Alegre nas eleições

CET monta esquema especial de trãnsito para o 2º turno das eleições 2010

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) monta operação especial de trânsito, no sábado (30/10) e domingo (31/10), monitorando o trânsito nos principais corredores da cidade, para garantir a segurança, a fluidez e a mobilidade dos eleitores no acesso aos postos de votação.
A operação será realizada por 733 agentes de tráfego, em 120 viaturas, que farão a orientação de travessia de pedestres, áreas de embarque e desembarque, operação manual de semáforos e intensificar a fiscalização dos estacionamentos irregulares, principalmente a fila dupla. O monitoramento e operação de trânsito junto a zonas eleitorais será intensificado especialmente no domingo, das 07h00 às 18h00.  
Principais alterações no sistema viário da cidade
  • No domingo, o estacionamento estará liberado em locais sinalizados com placa  R6-a – Proibido Estacionar (fundo branco, orla vermelha, tarja vermelha sobre a letra "E" preta), exceto nas faixas exclusivas para ônibus, junto ao canteiro central e em vias de trânsito rápido, permanecendo em vigor as demais proibições, conforme prevê o Código de Trânsito Brasileiro. O estacionamento continua proibido em locais onde a placa for R6-c – Proibido Parar e Estacionar (fundo branco, orla vermelha, tarja dupla vermelha sobre a letra "E" preta).
  • O Elevado Costa e Silva será liberado ao tráfego para melhorar as condições de acessibilidade entre as zonas Leste e Oeste da cidade, no domingo (31/10), das 07h00 às 19h30.
  • Por solicitação do 3º Cartório Eleitoral, e visando auxiliar a logística de distribuição e recebimento das urnas, a Av. Duque de Caxias, pista da esquerda, entre o Largo do Arouche e a Avenida São João, estará bloqueada no sábado (30/10), das 06h00 às 14h00, e no domingo (31/10), das 04h00 às 21h00 ou até o término do retorno das urnas. Os veículos poderão utilizar a pista da direita da av. Duque de Caxias, no trecho entre o Largo do Arouche e a Avenida São João.
  • A Rua Francisca Miquelina, entre as ruas Maria Paula e Aguiar de Barros, onde fica a sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), estará bloqueada ao trânsito no domingo (31/10), das 04h00 às 21h00 ou até o término do retorno das urnas, por solicitação da Justiça Eleitoral. Os veículos poderão utilizar a Avenida Brigadeiro Luis Antônio e a Rua Aguiar de Barros.
Rotas Operacionais e Pontos Fixos de Monitoramento
O monitoramento e operação de trânsito será intensificado nos principais corredores e em todas as zonas eleitorais da Cidade.

Fonte: Pref. de São Paulo
READ MORE - CET monta esquema especial de trãnsito para o 2º turno das eleições 2010

Transalvador promove a Operação 2º Turno


A Transalvador realizará no próximo domingo a Operação Segundo Turno, com esquemas especiais de transporte e trânsito visando o conforto e a segurança dos eleitores em seus deslocamentos no dia da eleição presidencial.
Serão mobilizados 103 prepostos na fiscalização do trânsito e na facilitação da mobilidade urbana entre 7 h e 19 h do dia 31, sendo um coordenador, 10 supervisores e 92 agentes de trânsito. Na Operação 2º Turno, serão utilizados ainda os seguintes equipamentos: 40 viaturas, nove motocicletas e nove guinchos.

Transporte
1 – Todas as linhas do Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus - STCO deverão operar com frota máxima de dias úteis, sem recolhimento, das 8 às 18 horas;
2 – As linhas que não têm programação para domingo deverão operar com programação de dias úteis com exceção das linhas de horário do CAB e da linha H028 – UCSAL/Pituaçu – Campo Grande;
3-  As linhas que só operam domingos/feriados deverão operar normalmente;
4 – As linhas seletivas irão operar das 8 até 18 horas.

READ MORE - Transalvador promove a Operação 2º Turno

Curitiba: Confira as linhas de ônibus que terão reforço no Dia de Finados

Usuários do transporte coletivo vão contar, no Dia de Finados (2) com reforço nas linhas que passam próximo aos cemitérios. Além de reforçar linhas normais de ônibus, a Urbs, Urbanização de Curitiba S/A também terá linhas especiais nesta terça-feira (2). À exceção destas linhas os ônibus nesta terça farão horário de domingo.

O atendimento de linhas regulares e especiais será feito, em Curitiba, a quem se deslocar de ônibus aos cemitérios: Municipal São Francisco de Paula; Paroquial Santa Cândida; Municipal Santa Cândida; Israelita Santa Cândida; Evangélico Luterano; Paroquial Abranches; Universal Necrópole Ecumênica Vertical; São Marcos; Santa Felicidade, Colônia Órleans, Parque Iguaçu; Paroquial Campo Comprido.

E ainda, na capital, os cemitérios Muçulmano; Israelita e Municipal – ambos na Água Verde; Jardim da Saudade – no Portão; Umbará; Parque São Pedro Israelita Zona Sul; Municipal Boqueirão, Jrdim da Paz – no bairro cachoeira, e do Convento Irmãs Carmelitas.

A programação de reforço de linhas de ônibus também se estende aos municípios de Almirante Tamandaré, Pinhais, Piraquara, Colombo, Bocaiúva do Sul, Campo Largo e São José dos Pinhais.

Confira as linhas e locais de saída para atendimento aos respectivos cemitérios da capital:

Fonte: URBS
READ MORE - Curitiba: Confira as linhas de ônibus que terão reforço no Dia de Finados

No Rio, Passageiros reclamam de motoristas de ônibus que param fora da hora

Durante o trajeto pela cidade do Rio, um motorista de ônibus estaciona fora do ponto, no meio do trânsito, desce e compra uma água, enquanto os passageiros aguardam dentro do veículo. 
“Isso sempre acontece. Tomam cafezinho, isso é básico, né?”, afirma a doméstica Daniele Caetano de Souza, que considera a prática um absurdo. A promotora de vendas Tânia Mara já ficou parada em um posto de gasolina enquanto o motorista comprava água. “Ele ficou um bom tempo tomando a água e a gente lá esperando”, reclamou ela.
“Isso é descaso. Isso aí é falta de respeito com o usuário. Eu acho que quando a gente sai pro trabalho a gente tem que sair pronto”, alegou o supervisor de vendas Camilo Cavalcanti, também vítima do mau comportamento dos motoristas.

A auditora Andréia Ferreira também contou que a prática é comum entre os motoristas do Rio. “Acho um absurdo. Se eu quiser tomar café eu não posso, fora que atrasa todo mundo, e geralmente eles não param no ponto, param em um lugar que acaba atrapalhando o trânsito”, disse ela.
Acostumado com a cena durante as viagens de ônibus, o servidor público César Augusto se surpreendeu com uma atitude perigosa de um motorista, que parou para beber uma dose de cachaça. “Ninguém falou nada, ninguém reclamou. Eu desci no ponto seguinte”, contou.

Novo código disciplinar promete ser mais rigoroso

De acordo com a Secretaria municipal de Transportes, o novo Código Disciplinar de Transporte de Passageiros por Ônibus, que promete ter um efeito mais rigoroso a partir deste sábado (30), diz que se o motorista "interromper viagem, durante a operação, sem motivo justo" comete uma falta grave e a empresa é multada em R$ 121.
Segundo a secretaria, este é o caso do motorista que para o ônibus para fazer um lanche, trocar dinheiro “ou outra finalidade alheia ao veículo que dirige”. Além da multa, ele ainda pode ser penalizado pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) por estacionamento irregular, caso a parada tenha ocorrido fora do ponto.
No episódio em que o motorista estacionou o veículo para beber uma dose de cachaça, citada por um servidor público, a falta é classificada como gravíssima e a multa é de R$ 161.

Para qualquer tipo de reclamação, o usuário pode ligar para Ouvidoria da secretaria, nos números: 2535-5001 ou 2286-8010. Ou então através do site: http://www0.rio.rj.gov.br/smtr/smtr/hp_ouvidoria.htm

Já a Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor) alegou que desenvolveu, em parceira com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o curso “Motorista Cidadão”, que já treinou mais de 14 mil profissionais. O número para reclamações de motoristas em todo o estado do Rio é o 0800 886 1000.

As novas regras passam a valer quando começam a operar os consórcios vencedores da licitação do sistema de ônibus. No novo código, segundo a secretaria, as empresas devem assumir "inteira responsabilidade pela atuação de todos os seus empregados”. A secretaria afirmou que, ao mesmo tempo, pode punir motoristas e cobradores que contrariem as determinações do código, através de denúncias dos passageiros e em fiscalizações.

No dia 17 de setembro, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, assinou o contrato com os quatro consórcios vencedores da licitação para operar os ônibus municipais nos próximos 20 anos. A capital foi dividida em quatro áreas e os veículos terão cores diferentes, representando cada uma delas. Outras mudanças estão previstas, como a implantação de câmeras de vídeo e o uso do rastreador GPS para acompanhar a movimentação da frota.


Fonte: G1.com
READ MORE - No Rio, Passageiros reclamam de motoristas de ônibus que param fora da hora

Metro de Teresina ganha novo trem


A Companhia Metropolitana de Transporte Público (CMTP) ganha nesta sexta-feira um novo trem para se somar aos que estão em funcionamento. "Agora, vamos poder transportar mais de 4 mil pessoas por dia", conta o presidente do Metrô, Marcos Silva. Ele afirma que o vagão é todo verde, em homenagem aos 158 anos de Teresina.
Ele acrescenta que a CMTP está concluindo o estudo de viabilidade técnica do trecho de expansão da linha do metrô compreendido entre as cidades de Teresina e Altos. A expansão faz parte do projeto Trens Regionais lançado em Teresina pelo então Ministro dos Transportes, Márcio Fortes, quando inaugurou a estação Engenheiro Alberto Silva, na Praça da Bandeira.
De acordo com o diretor administrativo da Companhia, Antonio Luiz Sobral, o projeto lançado pelo Governo Federal através do Ministério dos Transportes elegeu 35 trechos ferroviários em todo o país, dentre eles os trechos Teresina/Altos, Teresina/Timon e Timon/Caxias.
Sobral diz que o Ministério determinou que fossem iniciados levantamentos de campo da linha ferroviária para encaminhar ao Ministério e ter liberação dos recursos. “Estamos fechando orçamento no valor de R$ 4 milhões para recuperar a linha, trocar 28 mil dormentes, fazer reposição de lastro, além da construção de mais duas estações ao longo da linha para atender as comunidades no longo do trecho”, explicou Sobral. Ele explicou ainda que, além disso, o estudo contempla sinalização e recuperação da drenagem.
“A cidade de Altos faz parte da região da grande Teresina e oferecer a população um transporte barato e de qualidade como o metrô é um ganho para todos”. É o que garante Antonio Sobral. No que se refere a valor da passagem, Sobral lembra que ainda precisa ser feito um estudo de demandas, mas que o valor pode variar de R$ 0,50 a 1,00. “Há um fluxo muito grande de pessoas que moram em Altos, mas trabalham e estudam em Teresina. Muitas pessoas vão e voltam diariamente. E é preciso fazer esse levantamento de quantas pessoas, horários de maior movimento, quais os destinos para fazer a integração com o metrô que entra em funcionamento agora em 2011”, reforça.

Fonte: Meio Norte
READ MORE - Metro de Teresina ganha novo trem

Tarifa máxima para trem-bala está mantida em R$ 0,49 por quilômetro

A tarifa do Trem de Alta Velocidade (TAV) não poderá ultrapassar R$ 0,49 por quilômetro. A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) definiu o valor em edital publicado na quarta-feira (27), que obriga as empresas interessadas em participar da licitação para construção da obra a determinarem este como o valor máximo a ser cobrado dos passageiros.
Para o trajeto completo, com extensão total de 511 quilômetros, a tarifa na classe econômica ficaria em aproximadamente R$ 250. Vencerá a licitação a empresa que apresentar a proposta com o menor valor de tarifa.
De acordo com o edital, a concessionária vencedora terá como remuneração, além da tarifa cobrada, a exploração econômica das estações e receitas extraordinárias, caso ocorram.
As propostas e demais documentos necessários à participação no leilão serão recebidos até o dia 29 de novembro de 2010. A abertura das propostas será realizada em sessão pública no dia 16 de dezembro, quando a vencedora deve ser conhecida.

TAV
O TAV deve passar por ao menos oito estações, ligando as cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas e percorrendo os aeroportos do Galeão (RJ), Cumbica (Guarulhos, SP) e Viracopos (Campinas, SP). Somente o tempo do percurso do trecho entre as capitais paulista e carioca deve ser de 1 hora e 33 minutos. O trem deve rodar à velocidade de 350 quilômetros por hora.
De acordo com o relatório da ANTT, aprovado pelo TCU, a receita operacional bruta do empreendimento será de R$ 192,7 bilhões durante os 40 anos de vigência da concessão. Por ano, estima-se que 18 milhões de pessoas poderão circular anualmente nessa ferrovia.

READ MORE - Tarifa máxima para trem-bala está mantida em R$ 0,49 por quilômetro

Metrô Rio terá horários especiais no Dia de Finados

Na próxima terça-feira, feriado do Dia de Finados, o metrô vai funcionar das 7h às 23h, em horário especial. No feriado, os trens da Linha 2 vão circular de Pavuna a Estácio, como já ocorre nos finais de semana e feriados. Quem quiser pegar das estações da Linha 1 terá que fazer a transferência na estação Estácio. Os ônibus "Metrô Na Superfície", que saem das estações Botafogo e Ipanema/General Osório em direção à Gávea, funcionarão seguindo o horário das Linhas 1 e 2. As linhas de integração expressas também irão adotar o mesmo esquema de horário do metrô.
Na segunda-feira, o metrô opera normalmente de 5h até meia-noite com a conexão direta da Linha 2 até Botafogo.

Fonte: O Globo
READ MORE - Metrô Rio terá horários especiais no Dia de Finados

Em Blumenau, Paradas do Shopping Neumarkt e do Sagrada Família mudam de lugar com as faixas exclusivas

A partir de segunda-feira a rotina dos usuários do ponto de ônibus em frente ao Shopping Neumarkt vai mudar. Como parte do projeto de implantação do corredor de ônibus da Rua 7 de Setembro, os ônibus farão o embarque e o desembarque de passageiros para a frente do prédio da Volpato. É para lá que a parada será deslocada permanentemente. Também na segunda, o calçamento em frente ao shopping passará por restruturação. A partir do dia 15, será a vez da remoção da parada em frente ao Colégio Sagrada Família, que será realocada para frente do Banco Safra.

Os dois pontos de ônibus são os mais movimentados da Rua 7 de Setembro e passarão a funcionar como paradas de pré-embarque, com guichês para o pagamento antecipado da passagem e leitores de Cartão Siga. De acordo com o presidente do Consórcio Siga, Humberto Sackl, o objetivo é permitir que o usuário embarque no ônibus com a passagem paga e evite a formação de filas nas catracas.

O início das operações de pré-embarque, no entanto, ainda não foi definido. O Consórcio Siga depende da finalização das estruturas metálicas que sustentarão o abrigo dos pontos. A expectativa de Sackl é que as paradas de pré-embarque comecem a operar até o início do próximo ano letivo.

A implantação da faixa exclusiva para ônibus da Rua 7 começou em maio. Os trabalhos haviam sido interrompidos durante a Oktoberfest para evitar confusão no trânsito do Centro com a circulação de mais veículos. A aplicação da nova camada asfáltica do trecho, entre a Rua São José e a Praça da Fonte Luminosa, já foi concluída. O próximo passo agora é completar a sinalização vertical, que está sendo executada à noite. Por último, tachões serão colocados ao longo da pista para delimitar a faixa dos ônibus. Nos cruzamentos, a faixa será delimitada apenas pelo traçado pintado no asfalto.

A previsão do Secretário de Obras, Alexandre Brollo, é de que o corredor comece a funcionar até 1º de dezembro. Há ainda a revitalização do calçamento direito da Rua 7 e a delimitação das ciclofaixas, que serão ligadas até o terminal da Fonte.

Fonte: Jornal de Santa Catarina
READ MORE - Em Blumenau, Paradas do Shopping Neumarkt e do Sagrada Família mudam de lugar com as faixas exclusivas

ANTP formula documento sobre Mobilidade Urbana para o proximo presidente do Brasil

O presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Transporte Público e do Grande Recife Consórcio de Transporte, Dílson Peixoto, foi um dos dirigentes do setor a manifestar apoio ao documento Os Desafios da Mobilidade Urbana - Contribuição para o Debate Eleitoral de 2010 enviado pela ANTP a todos os partidos e candidatos que concorrem à eleições de 2010.
EM JOINVILLE

Outros secretários municipais, dirigentes públicos e lideranças do setor também patentearam apoio ao texto. "A Fundação IPPUJ (Fundação Instituto de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville), apoia o documento da ANTP que visa garantir um compromisso com a construção de uma política nacional de apoio ao transporte urbano de qualidade aos candidatos nas eleições de 2010", escreveu Luiz Alberto Souza, presidente da Fundação IPPUJ, de Joinville, Santa Catarina. O manifesto foi publicado nos portais do IPPUJ e da prefeitura de Joinville.

NA FOLHA DE S. PAULO

No domingo, 26 de setembro, a matéria da Folha de S. Paulo intitulada Copa de 2014 é vista como oportundiade para impulsionar investimentos em transporte coletivo, assinalada pelo jornalista especializado Alencar Isidoro, destaca o manifesto da ANTP e sua rcomendação para que o transporte público seja considerado juntamente com o trânsito e com a ocupação do solo urbano. Eis um trecho do texto: “Um manifesto da ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos) menciona que além do metrô, uma outra alternativa merece ser difundida: os corredores de ônibus conhecidos como BRTs, mais baratos que os metrôs”. Mais adiante, a reportagem afirma: "O manifesto lançado este ano pela ANTP com diretrizes do transporte cita a importância de construir sistemas de transporte ligados à política de habitação e de ocupaão urbana”.

O presidente da ANTP, Ailton Brasiliense Pires, foi ouvido para a mesma matéria: “Brasiliense diz que não adianta espalhar novas redes de metrô sem definir estratégias para que as pessoas morem mais perto dos empregos – sob risco de elevar o custo inclusive das tarifas, além da perda de tempo nos deslocamentos". Uma passagem do doumento é citada literalmente: “É urgente implementar políticas de adensamento das áreas urbanas e diversificação do uso do solo, instalando moradias, comércio e serviços ao longo de corredores de transporte público”, relata trecho do documento.

Fonte: ANTP
READ MORE - ANTP formula documento sobre Mobilidade Urbana para o proximo presidente do Brasil

Agecopa e prefeitura de Cuiabá discutem obras de mobilidade urbana


Diretores e técnicos da Agecopa se reuniram nesta quinta-feira (28.10) com o prefeito de Cuiabá, Francisco Galindo e secretários municipais para discutir os projetos de mobilidade urbana que preparam Cuiabá para a Copa 2014. O diretor presidente interino da Agecopa, Yenes Magalhães, o diretor de Relações Interinstitucionais Agripino Bonilha Filho e o Assessor Técnico Rafael Detoni fizeram uma explanação sobre as mudanças propostas no sistema viário e de transporte coletivo.
O Plano de Mobilidade Urbana pretende adequar a Capital não só às necessidades geradas pela Copa, mas também considerando o crescimento populacional e imobiliário, que gerou problemas crônicos como as deficiências do transporte coletivo e os congestionamentos. O objetivo destas intervenções (corredores exclusivos para ônibus, duplicação de pistas, trincheiras e viadutos) é melhorar significativamente o trânsito e os sistemas de transporte coletivo e individual, um legado permanente que a Copa trará para toda a população.

BRT's

O foco inicial das discussões é a implantação dos dois corredores exclusivos para ônibus (BRTs), ligando o aeroporto ao CPA e a avenida da Prainha ao Coxipó. Este novo sistema exigirá intervenções nos canteiros centrais e redimensionamento dos estacionamentos públicos, além de desapropriações de imóveis considerando o interesse público.
Participaram da reunião os secretários municipais de Trânsito e Transportes Urbanos,Infra-estrutura, Finanças e de Meio Ambiente, além dos presidentes do IPDU, Sílvio Fidélis e da Sanecap, Antonio Carlos Ventura. Num segundo momento, os 28 projetos da Agecopa serão apresentados a todo o secretariado. “Será a oportunidade de compartilhar informações e iniciar o planejamento de ações na área de Saúde, Educação, Turismo e Voluntariado, por exemplo. O objetivo é discutir e encaminhar medidas que melhorem a qualidade dos serviços prestados pelo Município, tendo em vista o grande fluxo de turistas previsto para 2014”, ressaltou o diretor de Articulação Interinstitucional da Agecopa, Agripino Bonilha Filho.
No dia 19 de novembro será realizada a Audiência Pública na Assembleia Legislativa para que a comunidade tome conhecimento e se manifeste sobre as obras que vão melhorar a mobilidade, o trânsito e os transportes coletivos em Cuiabá e Várzea Grande.


READ MORE - Agecopa e prefeitura de Cuiabá discutem obras de mobilidade urbana

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960