Recife: Projeto Via Mangue finalmente será licitado

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

O Diário Oficial do Recife traz hoje o edital de licitação para a construção do Projeto Via Mangue. O complexo viário com 4,5km de extensão vai interligar a Ponte Paulo Guerra, no Pina, à Avenida Antônio Falcão, em Boa Viagem. O investimento de R$ 430,7 milhões é mais uma etapa na preparação do sistema viário da cidade para a realização da Copa do Mundo em 2014.

A licitação contempla a última parte do projeto viário composto por diversas intervenções, desde a via em si, até a construção de pontes e elevados. O edital incluitambém, a alça que sairá da Ponte Paulo Guerra para quem quiser seguir para a zona Sul pela Via Mangue. A obra tem prazo previsto de 30 meses para sua conclusão.

Esta etapa se junta a outras intervenções do projeto, como a construção dos três habitacionais (um já entregue e dois em obras), ações de saneamento e a construção do Túnel Josué de Castro e da passarela do Pina (já concluídos). 

O sistema viário será composto por faixas de rolamento para veículos, calçadas para pedestres e ciclovia. No sentido Centro / Boa Viagem a via terá 4,5km; já no sentido Boa Viagem/Centro a extensão é de 4,37km. Esta obra engloba ainda a construção de dois elevados por sobre a Rua Antônio Falcão, em Boa Viagem; de oito pontes (sendo cinco para manutenção do mangue); uma alça de ligação (alargamento da Ponte Paulo Guerra), além de uma passagem semi enterrada.

Esta será a primeira via expressa do Recife, com velocidade média de 60km/h. Sem semáforos ou cruzamentos de tráfego, a pista contempla a acessibilidade para deficientes e idosos. A idéia é criar um cinturão de proteção do manguezal do Rio Pina, melhorar o tráfego nos bairros de Boa Viagem e do Pina e abrir a possibilidade de implantação de um corredor exclusivo de ônibus na Avenida Domingos Ferreira, viabilizando o Corredor Norte-Sul.

Fonte: Pernambuco.com

Share |

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960