Guarulhos: Novo sistema de transporte público entra em vigor com mudança de 10 linhas

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Neste sábado entra em vigor o novo sistema de transporte coletivo, com a mudança de dez linhas de ônibus da cidade (relação no quadro abaixo). A ação faz parte da primeira fase do processo de implementação do modelo no município.
O diretor da Secretaria de Transporte e Trânsito (STT), Arnaldo Caputo, disse que inicialmente haverá a troca de algumas linhas de ônibus entre as empresas, devido a uma estratégia de remanejamento para readequar as áreas de atendimento para cada uma das empresas.
Ele explicou que no modelo anterior, uma mesma empresa dispunha de linhas em diversas regiões, por exemplo, São João, Bonsucesso e Centro e que, a partir de agora, cada empresa atenderá apenas uma determinada área integrada do município.
Ele afirmou que não haverá mudança no trajeto dos ônibus, apenas a alteração das empresas que operam as linhas.
Como exemplo, Caputo citou a Empresa de Ônibus Guarulhos, que atenderá uma área compreendida desde o Cabuçu, Parque Continental, Vila Galvão até a Vila Augusta. Já a Empresa de Ônibus Vila Galvão, atenderá o Jardim Fortaleza, São João e Cecap. Para a Viação Campo dos Ouros, caberá a região de Bonsucesso, Pimentas, Vila Any até a Cidade Satélite de Cumbica.
Segundo ele, a mudança está prevista para ser concluída em dezembro deste ano, data provável para implementação do Bilhete Único no munícipio. A operação será dividida em cinco fases, obedecendo um intervalo de 15 dias entre cada uma das regiões (Norte, Sul. Leste, Oeste e Centro).
As mudanças incluem ainda a divisão dessas áreas entre as cooperativas de lotação – Cooper Transguaru, Cooper Brasil e Cooper Latina – que atenderão por meio do sistema alimentador, com microônibus que circularão apenas nos bairros. O novo sistema deixará de operar com 516 lotações para ter 301 microônibus, adaptados para pessoas com deficiência, circulando durante o dia todo.
O diretor afirma que as mudanças não vão prejudicar os passageiros e que a ação foi planejada priorizando a qualidade na prestação de serviços à população.
Para assegurar o sucesso do processo, a STT tem acompanhado o treinamento fornecido pelas empresas de ônibus para garantir que nos primeiros dias os trajetos sejam realizados normalmente. Já as cooperativas, também foram acompanhadas pela secretaria no trabalho de capacitação de seus colaboradores para atender a demanda de portadores de deficiências, cadeirantes e idosos.
A secretaria disse que foram fixados avisos nos ônibus há uma semana para orientar a população e minimizar o impacto das mudanças que iniciarão neste sábado.

Fonte: olhão.com

Share |

1 comentários:

Gislaine disse...

como usuaria do transporte publico,estou indignada com as novas mudanças no transporte.pois tenho uma filha pequena e um filho especial que precisa fazer tratamento 2 vezes na semana,e para mim ter que fazer baldiaçao torna se cansativo e desgastante....sem contar que os transportes estao sempre lotados e o tempo da viagem aumentou...

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960