São Paulo: Trecho Sul do Rodoanel é aberto ao tráfego

quinta-feira, 1 de abril de 2010


O Trecho Sul do Rodoanel Mario Covas foi aberto à circulação de veículos às 6h40 desta quinta-feira (1º). O primeiro carro a passar pela via era dirigido pelo vice-governador paulista, Alberto Goldman. O vice-governador iniciou o trajeto em seu carro particular, acompanhado dos secretários de Economia e Planejamento, Francisco Luna, e de Transportes, Mauro Arce. Goldman percorrerá todo o Trecho Sul, partindo da Rodovia Régis Bittencourt até a Via Anchieta. Antes mesmo da liberação, já havia carros e caminhões esperando para estrear a nova rodovia paulista.

Pouco antes da liberação, Goldman afirmou que faltam poucos detalhes para serem finalizados na nova pista, mas que isso não compromete o tráfego no local. “Nós temos alguns viadutos para serem terminados, isso pode levar de 30 a 60 dias. No entanto, os que já existem permitem perfeitamente a ligação do Trecho Oeste até a saída para a Anchieta. Quanto a isso não há nenhum problema”, afirmou.

Goldman assume interinamente o governo de São Paulo na sexta-feira (2) e oficialmente na próxima terça-feira (6), às 15h, em cerimônia na Assembleia Legislativa. Na quarta-feira (31), o governador José Serra deixou o cargo para possivelmente disputar a presidência da República, nas eleições deste ano.

Informalmente, o Trecho Sul foi inaugurado por Serra na terça-feira (30). Minutos antes da abertura das pistas da via nesta quinta-feira, faixas ainda eram pintadas.
A inauguração do Trecho Sul do Rodoanel traz para os motoristas de São Paulo a expectativa de alívio em duas das principais vias da cidade – a Marginal Pinheiros e a Avenida dos Bandeirantes. Com 61,4 km de extensão e custo total previsto de R$ 5,03 bilhões, ele ligará Mauá, no ABC, ao Trecho Oeste do anel viário – passando pelas Rodovias Anchieta e Imigrantes, acesso para o litoral paulista.

Enquanto os trechos Leste e Norte – que ainda não começaram a ser construídos – não ficam prontos, pegar a via para seguir para o litoral é vantajoso para os motoristas que estão nas zonas Norte e Oeste de São Paulo. Para isso, é preciso seguir pela Marginal Tietê ou Pinheiros até uma das cinco rodovias cortadas pelo Trecho Oeste do Rodoanel, já em operação – Bandeirantes, Anhanguera, Castello Branco, Raposo Tavares e Régis Bittencourt.

O mesmo poderá ser feito para quem sai do litoral e quer acessar as zonas Oeste ou Norte de São Paulo – basta seguir pelo Rodoanel desde as rodovias Anchieta e Imigrantes até uma das cinco rodovias do trecho oeste. Para quem está na região central ou nas zonas Leste e Sul da cidade, entretanto, acessar o Rodoanel representa um desvio muito grande. Por isso, seguir por dentro da cidade até as rodovias que acessam o litoral deverá ser o caminho mais vantajoso.

Melhorias na capital
Além da Marginal Pinheiros e da Avenida dos Bandeirantes, a Secretaria de Transportes também prevê melhorias nos índices de lentidão de outras vias da cidade. Entre elas estão a Marginal Tietê, Avenida Jornalista Roberto Marinho, Avenida Hélio Pellegrino, Eixo Norte/Sul, Avenida Marquês de São Vicente, Avenida Gastão Vidigal, Avenida Pedroso de Morais e corredor das avenidas Ricardo Jafet e Abraão de Morais. De acordo com o secretário de Transportes, Alexandre de Moraes, a necessidade de novas medidas restritivas a caminhões na cidade será definida em 90 dias, quando os motoristas já estiverem mais habituados a utilizar o novo trecho do Rodoanel.


Fonte: G1

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960