GPS poderá ser item de segurança obrigatório em ônibus interestaduais

sexta-feira, 5 de março de 2010

Nesta quinta-feira, 04, a Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), em reunião marcada para às 8h30, deverá examinar projeto (PLS 711/07) que torna obrigatório o uso de dispositivo de rastreamento por satélite (GPS) como item obrigatório em ônibus interestaduais.
A proposta recebeu voto favorável do relator, senador Wellington Salgado (PMDB-MG). O objetivo do projeto, apresentado em 2007 pelo então senador Expedito Júnior é dar mais segurança aos veículos, cujos passageiros têm sido vítimas frequentes de assaltos em viagens interestaduais, especialmente nas madrugadas. Caso aprovado na CI, o projeto segue para exame da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde será votado em decisão terminativa.
Também consta da pauta da CI proposta (PLS 380/09) que isenta do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) os veículos de carga de transportadores autônomos. Já há isenção desse imposto para aquisição de táxis e também para carros de pessoas portadoras de deficiência física.
A autora da proposta é a senadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN), que destacou a importância da iniciativa uma vez que a maior parte do transporte de mercadorias no Brasil é feita em caminhões. O relator, que apresentou voto favorável, é o senador Jayme Campos (DEM-MT). Caso aprovada, a proposta ainda será examinada pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), em decisão terminativa.
Fonte: Senado

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960