Governo de Pernambuco se reúne com ministros para discutir Melhorias no Transporte Público

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Ontem, em reunião realizada em Brasília, o governador Eduardo Campos, o prefeito do Recife, João da Costa e o presidente do Grande Recife, Dilson Peixoto, receberam a confirmação da liberação dos recursos necessários para iniciar os seguintes projetos: a construção da primeira etapa do Corredor Norte-Sul (com o sistema de Transporte Rápido por Ônibus – TRO); a implantação do TRO no corredor Leste-Oeste; a construção do de um corredor exclusivo para o transporte público na BR-101, no trecho entre o município de Paulista e Jaboatão, na Estrada da Batalha; a construção de um terminal integrado e da estação de Metrô de Cosme e Damião, em São Lourenço da Mata, além da aquisição de 15 trens para o Metrô. Os recursos foram obtidos através de financiamento com recursos do FGTS.

O projeto do Corredor Norte-Sul terá dois trechos. O primeiro trecho, cujos recursos já estão aprovados, será composto por duas vias: uma que liga o município de Igarassu, na zona Norte da RMR, ao Terminal Integrado Joana Bezerra, utilizando o corredor da Avenida Agamenon Magalhães; e outra rota com destino a área central do Recife, trafegando pela Avenida Cruz Cabugá. O segundo, que continua sendo negociado, fará a conexão do Terminal Integrado Joana Bezerra, ao Terminal Integrado de Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes, atendendo neste percurso os bairros de Boa Viagem, Setúbal, Piedade e Candeias, localizados na zona Sul da RMR. Esta primeira etapa do Norte-Sul terá início na BR-101, a partir do Terminal de Integração de Igarassu, seguindo pela PE-15, Complexo Salgadinho até a bifurcação com a Avenida Cruz Cabugá, centro do Recife e Avenida Agamenon Magalhães, encerrando-se no Terminal de Joana Bezerra.

A obra irá beneficiar diretamente os municípios de Recife, Olinda, Paulista, Abreu e Lima, Jaboatão, Igarassu, Araçoiaba, Itapissuma e Itamaracá, além de possibilitar a ligação dos os demais municípios da RMR interligados ao SEI. No próximo mês de dezembro, o urbanista Jaime Lerner, responsável pelo projeto básico, concluirá o material.

Em janeiro, o Grande Recife inicia a licitação da obra. A implantação do TRO no Corredor Leste-Oeste trará maior mobilidade, segurança e conforto para os usuários do Sistema de Transporte Público de Passageiros da RMR. Dentro do projeto, está incluída a ligação da Avenida Caxangá, através da UR-7, com a Cidade da Copa, em São Lourenço da Mata. Nesta região, o TRO fará o atendimento tanto ao Terminal Integrado e a estação do Metrô de Camaragibe, quanto ao futuro terminal e estação de Metrô de São Lourenço.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960