Passebus vai fixar listas sobre a cobrança indevida da tarifa nos terminais de Joinville

segunda-feira, 25 de maio de 2009

A Passebus vai fixar nesta sexta-feira, nos terminais de ônibus de Joinville, listas com os números do cartão de transporte coletivo de usuários que têm de ser ressarcidos pelas empresas de transporte coletivo. Também vai haver uma lista no prédio da empresa, no Centro. As empresas Gidion e Transtusa tentam achar 453 pessoas que pagaram, antes do prazo, a passagem com reajuste, devido a um erro no sistema de cobrança administrado pela Passebus. A passagem no valor de R$ 2,30 (ou seja, com reajuste de 12,2%) teria de ser cobrada apenas a partir da meia-noite de domingo. A Passebus garantiu que vai devolver aos usuários os valores cobrados de quarta-feira da semana passada até o domingo. Nesse período, a empresa cobrou indevidamente R$ 0,25 a mais de cerca de 7,5 mil passagens. Cerca de 590 empresas, que pagam o vale-transporte de funcionários, estão sendo avisados do erro por carta e email. A Passebus tem dado duas opções para receber a restituição do valor: o crédito na próxima compra do vale-transporte ou o reembolso do dinheiro. Mais informações: no serviço de atendimento ao cliente da Passebus (0800 47 5001). Para o usuário saber se teve cobrança indevida, basta informar o número do cartão. A empresa diz que vai compensar o custo da passagem de ônibus para quem precisa de transporte coletivo para ir até o Centro.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960