Estudantes fazem manifestação na Capital por melhorias no transporte coletivo

sábado, 25 de abril de 2009


Eles reivindicam fim do monopólio do transporte coletivo, mais qualidade dos serviços prestados aos usuários, e protestam contra aumento da tarifa.


Estudantes universitários e secundaristas de escolas públicas realizam grande manifestação na manhã desta quinta-feira (23), seguindo em passeata por principais avenidas de Porto Velho. Eles reivindicam fim do monopólio do transporte coletivo, mais qualidade dos serviços prestados aos usuários, e protestam contra aumento da tarifa.Segundo o acadêmico de Matemática da Unir, Cleidson Moura, que integra o Comando Estudantil de Luta (CEL), a passeata é pacífica segue pelas avenidas Farquar, Sete de Setembro, Carlos Gomes, e, encerra em frente à Prefeitura, onde será protocolizado a Pauta de Reivindicações, contendo 14 pontos reivindicativos. "Protestamos contra esse monopólio existente na nossa cidade, que compromete a qualidade dos serviços, por falta de uma concorrência justa.
Quem perde com isso são os usuários que ficam à mercê de serviços sem qualidade", declarou Cledson. Por volta das 9 horas da manhã os estudantes já começavam a se ajuntar na Praça das Caixas D'água. De acordo com a liderança do movimento, a mobilização foi feita na universidade federal, nas faculdades particulares, e em escolas públicas e particulares.
Muitos participantes chegaram tendo em punho fachas e cartazes com protestos contra sistema de transporte coletivo na cidade. "Passe livre já! 2,30 não!", é a frase escrita em um dos cartazes exibidos por estudantes secundaristas.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960