No Recife, Metroviários cancelam greve e Carnaval contará com metrô funcionando

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

O metrô permanece em funcionamento no Sábado de Zé Pereira, dia do desfile do Galo da Madrugada, e nos outros dias do Carnaval. Após assembleia realizada nesta quinta (27), o Sindicato dos Metroviários de Pernambuco (Sindmetro-PE) decidiu suspender a greve que seria deflagrada no dia 1º de março.

De acordo com o diretor do Sindmetro, Carlos Mota, os metroviários não querem dificultar a mobilidade dos foliões, mas permanecem em estado de alerta. "Seguimos em greve. A trégua se deu por conta da interferência do vice-presidente do TRT (o desembargador Pedro Paulo Pereira Nóbrega), que nos passou credibilidade", conta. O Tribunal Regional do Trabalho intermediou o acordo entre os profissionais e a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).


Cerca de 300 pessoas participaram da assembleia realizada na Estação Central do Recife, no bairro de São José. Após reunião no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 6ª Região, no bairro da Tamarineira, a categoria conseguiu entrar em acordo com a CBTU e a paralisação foi suspensa. Entre as pautas reinvidicadas pelos trabalhadores, estão as exigências de melhores condições de segurança nas estações e trens, o pedido de revisão do Plano de Cargos e Salário e a melhoria da Assistência Médico Odontológica.

Questões pautadas já foram acordadas desde o ano passado, porém não cumpridas pela empresa. Na última sexta-feira (21), os metroviários realizaram uma parada de advertência, de 24 horas. No entanto, um esquema especial de trens foi montado pela empresa para driblar a paralisação.

No próximo dia 3 de abril, a categoria tem encontro marcado com a CBTU local e com o TRT para discutir as decisões tomadas no Rio de Janeiro. Logo depois desse encontro, no dia 4 de abril, será realizada nova assembleia para avaliar, junto aos trabalhadores do Metrô do Recife, se o acordo está sendo cumprido.

DO NE10

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960