Meia passagem será paga em dinheiro durante greve em Teresina

sábado, 18 de maio de 2013

A Prefeitura de Teresina já realizou o cadastro de 86 veículos alternativos para tentar amenizar a greve de motoristas e cobradores que terá início nesta segunda-feira (20). De acordo com o superintendente de Transporte Público da Strans, Ricardo Freitas, todas as pessoas que têm veículos de característica coletiva pode ir à sede do órgão para fazer o cadastro.

"Isso inclui vans, ônibus, peruas e outros, que tenham condições de trafegar com segurança. Estaremos de plantão sábado e domingo, para tentar amenizar os transtornos da greve. Além dos veículos que estão sendo cadastrados, 30% da frota regular continuará operando", informou o superintendente, em entrevista ao Jornal do Piauí.

Os veículos autorizados pela Strans devem fixar em local visível o cartaz assinado pela Superintendência. Os condutores devem portar a Ordem de Serviço e a população terá direito à meia passagem, "mas, como não há sistema de bilhetagem eletrônica nesses veículos, a meia deverá ser paga em dinheiro, mediante apresentação da carteira", acrescentou o gestor.

Ricardo Freitas ressaltou que será implantado um forte esquema de fiscalização para evitar fraudes e riscos à população. "Mesmo assim, estamos aconselhando as pessoas a evitarem viagens desnecessárias e situações de risco. Os coletivos irão circular das 5h à 00 e o Corujão continuará circulando normalmente", finalizou.

Por Jordana Cury

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960