Ônibus que circulam na Região Metropolitana do Recife começam a ser monitorados por GPS

terça-feira, 20 de março de 2012

Sistema funciona através de GPS e vai permitir que os usuários do transporte público do Grande Recife recebam as informações dos horários dos seus coletivos por meio de SMS ou nos painéis de LCD instalados nos Terminais de Integração.

Os três mil ônibus que circulam na Região Metropolitana do Recife começam a ser monitorados pelo Grande Recife Consórcio de Transporte nesta terça-feira (20). Através do Sistema Inteligente de Monitoramento da Operação – SIMOP, os coletivos serão acompanhados, em tempo real, através da tecnologia GPS, permitindo aos técnicos do Consórcio, saber o tempo de viagem, a velocidade e o posicionamento de cada veículo.

O Centro de Monitoramento da Operação (CMO) está instalado na sede do Grande Recife e será responsável por fazer cumprir a programação das 385 linhas que circulam nos 14 municípios da Região Metropolitana. O CMO também terá a função de articular com os órgãos de trânsito municipais no sentido de minimizar os efeitos dos congestionamentos verificados ao longo do dia. A partir do momento em que a falha é detectada no sistema, as operadoras e os fiscais do Consórcio Grande Recife são acionados para verificar o que está ocorrendo e a partir daí, o Consórcio poderá agir com mais rapidez, cobrando e punindo as operadoras, de acordo com o manual do STPP/RMR, que está sendo finalizado para ser aprovado na próxima reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM), que acontece dia 27 de março.

O regulamento, após aprovado, será utilizado como instrumento de cobrança e fiscalização, onde a empresa poderá sofrer as penalidades que vão de multas até advertências, quando o operador, caso haja situações recorrentes, está sujeito a perder o direito de concessão daquela linha. As multas podem chegar até R$ 1.182,50 (no caso do descumprimento do itinerário ou a empresa estar com sua frota reduzida).
 Através do SIMOP, serão geradas informações aos usuários que estão nos Terminais de Integração ou que estão em uma das 6.238 paradas localizadas na RMR. Nos TIs, o Sistema disponibiliza painéis de LCD com os horários de chegada e partida dos coletivos.

O Sistema oferece ainda o serviço de SMS, onde o usuário que estiver em qualquer parada de ônibus do Grande Recife poderá mandar um torpedo para o número 49214 com o código da parada e o número da linha que deseja informação e receber, em poucos segundos, o horário dos próximos coletivos que passarão no local.

Segundo o secretário Danilo Cabral, a Central de Controle Operacional tem como meta aperfeiçoar a gestão do sistema, facilitando o planejamento, o controle e a fiscalização dos ônibus. Funcionará verificando se o quadro de horário estabelecido estará sendo cumprido, identificando algum desvio ou até mesmo queimas de paradas. “A partir do momento em que as informações chegam de forma mais rápida aos técnicos do Consórcio Grande Recife, é possível que a correção dos problemas seja feita com mais agilidade, fazendo com que o usuário possa ter mais confiabilidade no sistema de transporte coletivo”.

O novo sistema está sendo implantado por um Consórcio formado pelas empresas pernambucanas Cittati, Midiavox e Cerpap.

Painéis - Dos 13 terminais em operação, oito já contam com os painéis de informação aos usuários, são eles: Camaragibe, PE-15, Caxangá, PE-22 (Pelópidas Silveira), Cabo, Macaxeira, Igarassu e Recife. Ao todo, 56 painéis já foram implantados nesses terminais. A meta é implantar os 142 painéis em todos os terminais em operação. Os demais terminais do SEI que estão em construção, sendo três deles inaugurados ainda nesse semestre, também já serão entregues com os equipamentos em pleno funcionamento.

Consulta via SMS – Para saber a previsão do horário do ônibus que deseja, o usuário deve enviar uma mensagem para o número 49214 com a seguinte solicitação: PREV “ESPAÇO” NÚMERO DA PARADA (6 dígitos) “ESPAÇO” NÚMERO DA LINHA (3 dígitos). Em instantes, receberá de volta a informação com o horário dos três próximos ônibus da linha que solicitou os dados. O custo da mensagem é de R$0,31 + impostos. No Brasil, alguns Estados já utilizam sistemas semelhantes, como em Goiana e Belo Horizonte, que cobram R$0,31 (mais impostos) e R$ 0,33 (mais impostos), respectivamente.

O serviço, que começa a ser disponibilizado nesta terça-feira (20), estará em fase de teste por 30 dias e, neste período, os usuários poderão fazer suas reclamações e questionamentos pelo 0800.081.0158.

Fonte: GRCT

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960