No Recife, Motoristas de ônibus da Vera Cruz param os serviços e deixam mais de 250 mil usuários sem transporte

terça-feira, 1 de novembro de 2011

A população da zona Sul do Recife está sendo pega de surpresa nesta manhã com uma greve de ônibus da empresa Vera Cruz, onde os motoristas da empresa pararam os serviços por motivos trabalhistas, a paralisação começou já de madrugada na garagem onde parte dos ônibus foram impedidos de sair pelos próprios funcionários.

Com esta paralisação, cerca de 250 mil usuários estão sem ônibus nesta manhã e sem previsão nenhuma por enquanto do retorno dos coletivos.

A empresa Verra Cruz opera hoje com mais de 200 ônibus em 35 linhas espalhadas pela cidade.

As informações de que o terminal integrado do Barro e de Afogados estão cheios de passageiros nos poucos ônibus de outras empresas.

Outras linhas com grande demanda como 132 UR-02/Ibura (Conde da Boa Vista) e 152 Jordão Baixo está sem ônibus e a população totalmente prejudicada.

O Consórcio Grande Recife de Transportes também parece que foi pego de surpresa, pois não montou nenhum serviço de emergência nas comunidades atendidas.

As linhas operadas pela empresa são:
102 Ibura/Santa Luzia

106 Parque Aeronáutica/Santa Luzia

111 Pinheiros

115 Afogados/Aeroporto

118 Prazeres/Boa Viagem

120 IPSEP/Shopping Recife

121 Vila da Sudene

122 Vila do IPSEP

123 Três Carneiros Baixo (Monte Verde)

124 Vila do SESI

125 Córrego da Gameleira

126 UR-03 (Pantanal)

128 UR-03/Barro (Milagres)

130 Conj. Marcos Freire/Boa Viagem

131 UR-02 (Bacurau)

132 UR-02/Ibura (Conde da Boa Vista)

133 Três Carneiros (IMIP)

141 Jardim Monte Verde

142 Alto Dois Carneiros

145 Alto Dois Carneiros (Bacurau)

151 Jardim Jordão

152 Jordão Baixo

153 Jordão Alto

154 Jordão (Bacurau)

155 Jordão Baixo/Boa Viagem

162 Muribeca

163 Cajueiro Seco

164 Conjunto Marcos Freire

165 Muribeca dos Guararapes

166 Cajueiro Seco/Afogados

170 Três Carneiros/CEASA

172 Conjunto Marcos Freire (Bacurau)

180 Dois Carneiros/Boa Viagem

206 Barro/Prazeres

216 Barro/Prazeres (BR-101)




3 comentários:

Wilson disse...

E quem se ferra com isso como sempre??? O povão!!!!! Que não tem nada,nada à ver com essa situação,mas sempre paga o pato,quer dizer,paga passagem mais cara,por um serviço que deixa e muito,à desejar....Respeito o direito de lutar por seus ideais, salários,etc...Agora,aquela pessoa que depende exclusivamente de transporte público para ir trabalhar,se chegar atrasado,ou até mesmo não conseguir ir ao trabalho,vai ser descontado do seu já pequeno salario,o patrão não quer saber se tem greve,e aí,como fica??? Infelizmente quem se lasca,é sempre,quem depende de transporte público,o POVÃO!!!!!

Julio disse...

Pow galera vamos fazer greve ok mas pelo menos avisem primeiro para que as pessoas possam se organizar de alguma forma !!!

Meu Transporte disse...

Olá pessoal, este espaço é para comentários criticos, mas com respeito entre os leitores, pois todos somos usuários na luta por um transporte público de qualidade.

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960