Em São Paulo, Futura linha 15-Branca, fará ligação entre a Vila Prudente até Dutra

terça-feira, 6 de setembro de 2011

O Metrô de São Paulo já está realizando sondagens para a caracterização do subsolo em áreas que deverão ser usadas para a futura construção da Linha 15-Branca, ligação entre a Vila Prudente até Dutra. O novo traçado prevê 13,5 quilômetros de extensão e chegará até a divisa do município de Guarulhos.

Atualmente, as prospecções estão sendo realizadas em Vila Prudente, Mooca, Aricanduva e Penha. O objetivo dessas perfurações é conhecer a geologia do subsolo para o desenvolvimento dos projetos.

Sempre que uma linha metroviária vai ser construída são realizados o projeto funcional e o projeto básico. O projeto funcional estabelece o traçado da futura linha, a localização das estações, se a linha será subterrânea ou elevada, a demanda de usuários prevista para as estações, os locais de integração com outros sistemas de transporte, a localização dos pátios, a frota de trens necessária, entre outros aspectos.
O projeto básico complementa as informações do funcional, assegurando sua viabilidade técnica e econômica, com o pré-dimensionamento das estruturas, a avaliação do custo da obra, a definição dos métodos construtivos e o prazo de execução.

Primeiros estudos
Uma das primeiras ações para viabilizar o desenvolvimento dos projetos é a entrada em campo das equipes de sondagem para a investigação do subsolo, com a realização de perfurações ao longo do trecho onde a futura linha vai passar. Até o momento, foram iniciadas 44 sondagens e concluídas 20. A previsão é de que, ao término desta etapa, sejam realizadas aproximadamente 500 sondagens, com espaçamento de 30 a 50 metros uma da outra.

Na prática, o procedimento é simples e pode ser feito de maneira mecânica ou manual. Uma haste de perfuração adentra o solo e faz o recolhimento de amostras. Nesse início de investigação foram encontradas areia, argila e rocha no subsolo.

São avaliados o tipo e a consistência de cada material, além da profundidade do lençol freático. Essas sondagens são feitas em ruas, calçadas e, se autorizado, em localidades privadas, como clubes e estacionamentos. A partir dos resultados obtidos é possível mensurar características decisivas para a adequação do traçado, localização e profundidade das estações e demais estruturas previstas para a linha metroviária.

Linha 15-Branca deverá transportar 900 mil usuários/dia
No estágio atual, o projeto de implantação da Linha 15-Branca prevê a adoção de sistema de metrô convencional, com extensão de 13,5 km e 12 estações, entre a região de Vila Prudente e Dutra, divisa com o município de Guarulhos. A linha atenderá os bairros paulistas Jardim Anália Franco, Vila Formosa, Vila Manchester, Aricanduva, Penha e Tiquatira.


Informações do Metrô SP

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960