RBTrans promove mudança na linha de ônibus do Amapá

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010


Satélite Amapá ligará os dois distritos sem passar pelo centro da Capital. Os usuários do transporte coletivo da Estrada do Amapá e Sobral têm novidades esta semana. Após algumas reuniões com a comunidade, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (RBTrans) está efetuando algumas modificações na linha do bairro Amapá.
Com o intuito de agilizar os deslocamentos foi colocada em prática uma linha satélite que faz o percurso do Amapá até a Sobral.
Em reunião realizada na sede na Associação de Moradores do Amapá, no último dia 16, a comunidade pôde discutir os problemas e possíveis soluções com os técnicos da RBTrans.
Na ocasião, os moradores reclamaram das condições dos veículos que circulam na linha e solicitaram aumento no número de viagens para a região. De acordo com o diretor de Transportes da RBTrans, Ítalo César, “esses problemas evidenciados pela comunidade são de nosso conhecimento e já foram tomadas ações nesse sentido, com o Termo de Ajustamento de Conduta assinado pelas empresas, que prevê a renovação da frota nos próximos 90 dias. Quanto ao número de viagens, a proposta da RBTrans é a implantação de uma linha satélite, pois tem baixo impacto no valor da tarifa”, explica o diretor.

Mais opções para os usuários
A nova linha satélite compreende o trecho entre a parada final da Sobral e o posto de Policiamento de Trânsito, antiga “Corrente”, na Via Chico Mendes. Como o Satélite Universidade, esse ônibus não vai até o Terminal Urbano. RBTrans promove mudança na linha de ônibus do Amapá. Os moradores dessa área poderão embarcar no satélite gratuitamente, pois durante a fase inicial de testes não será cobrada a passagem, desse modo o usuário poderá deslocar-se de um distrito a outro sem ter que ir até o centro e sem custos.
O usuário da região que optar pelo satélite Amapá, terá a sua disposição para integração cerca de 10 linhas de ônibus, que são:
101 – Norte Sul,
103 –Santa Maria,
104 – Liberdade,
107 – Recanto dos Buritis,
108 – Belo Jardim,
109 – Pólo Benfica,
110 – Parque Industrial,
403 – Floresta,
603 – Sobral e
604 – Colégio Agrícola.
“No retorno ao bairro o usuário tem a opção de embarcar em uma dessas linhas e depois fazer a integração com o satélite, será um aumento percentual de 223% na oferta de viagens”, ressalta César.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960