Biarticulados começam a circular com máscaras em Curitiba

segunda-feira, 1 de junho de 2020

Em uma iniciativa das empresas de ônibus de Curitiba, começaram a circular, nesta sexta-feira-feira (29/5), os primeiros biarticulados com “máscara”. O adesivo que simula a máscara de proteção é plotado na frente do veículo e tem como foco reforçar a prevenção contra a transmissão do novo coronavírus. Ao todo 60 biarticulados em operação na capital vão usar a máscara branca.

“É uma iniciativa para lembrar a população da importância do uso da máscara em todos os locais, incluindo nos ônibus. A campanha ressalta que estamos juntos, pensando na coletividade e em maneiras de evitar a propagação da covid-19”, diz o presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs), Ogeny Pedro Maia Neto.

Serão plotados os biarticulados das empresas Sorriso, Redentor e Gloria. Em um primeiro momento serão adesivados 46 biarticulados, a maioria do eixo Norte-Sul. Na segunda fase, mais 14 de outros modelos. A iniciativa das empresas de ônibus de Curitiba tem o apoio da Urbs e Prefeitura de Curitiba.

“Essa é uma contribuição das empresas de ônibus de Curitiba no sentido de dizer que estamos juntos nessa batalha contra o coronavírus e que vamos vencer. Mas, para isso, precisamos contar com a colaboração de todos, e usar máscara é uma das ações mais importantes”, disse o presidente do Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba (Setransp), Mauricio Gulin.

A campanha traz, em destaque, a frase Use Máscara e a hashtag #pensenocoletivo, em alguns ônibus, e #pensenasaúde, em outros.

Nesta quinta-feira, os semáforos para pedestres também passaram a reforçar a necessidade do uso de máscara contra o vírus.

Orientações aos passageiros
A obrigatoriedade do uso da máscara está prevista em Curitiba desde o dia 17 de abril, com a entrada em vigor da resolução municipal 1/2020. Desde então, a Urbs tem orientado os passageiros sobre a medida, com letreiros nos ônibus, cartazes e faixas nos terminais, além da orientação dos fiscais da Urbs em terminais e principais estações da região central, em parceria com a Guarda Municipal e, mais recentemente, com o Exército.

A recomendação para população é evitar pegar ônibus em horários de maior movimento, sobretudo a população idosa, que é considerada grupo de risco da covid-19.

Nos terminais, os ônibus só podem sair com 50% da lotação para evitar aglomeração e o passageiro tem que respeitar a marcação que exige distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas.

O sistema de transporte opera com folga em relação à demanda, que caiu muito com a pandemia. Desde segunda-feira (25/5), no entanto, a frota foi ampliada de 65% para 80% por conta da reabertura dos shoppings. Com a retomada dos estabelecimentos, o sistema está recebendo, em média, um adicional de 8,6 mil passageiros por dia. Ontem (27/5) foram 268.999 passageiros pagantes, contra 260.427 na quarta-feira da semana passada.

READ MORE - Biarticulados começam a circular com máscaras em Curitiba

Porto Alegre terá mais 9 quilômetros de faixa exclusiva

Começa nesta sexta-feira (29), mais uma etapa de liberação de faixas exclusivas para ônibus em Porto Alegre. Serão contemplados novos trechos nas Avenidas Mauá, João Goulart, Loureiro da Silva e Ipiranga, além da região do Túnel da Conceição.

Táxis também terão autorização para usar o espaço. Ao todo, 8,9 quilômetros terão faixa azul. O funcionamento delas ocorrerá no horário das 6h às 9h e das 16h às 20h, com exceção do Túnel da Conceição, que será das 6h às 20h.

– Sendo planejadas para dar um tempo menor de deslocamento aos ônibus, sim, é uma boa medida, pois serve de atrativo para utilização desta modalidade. O usuário valoriza muito o tempo. Quanto aos táxis, é uma forma de valorizar os mesmos frente aos veículos de aplicativos. Mas só elas (as faixas) não vão resolver os problemas – avalia o engenheiro civil e doutor em Transportes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) João Fortini Albano.

Na Avenida Ipiranga, o trecho que ganhará faixa específica está localizado no sentido do bairro ao Centro entre as avenidas Antônio de Carvalho e João Pessoa. Esse é o segundo trecho da via que está ganhando espaço exclusivo para ônibus. Em janeiro de 2019, 900 metros da Ipiranga no sentido do Centro ao bairro, entre as avenidas Elias Cirne Lima e Antônio de Carvalho, receberam a pintura que identifica o espaço.

"A implantação de faixas exclusivas para o transporte coletivo é uma das principais políticas públicas para o barateamento dos custos do transporte. A 'disputa' do ônibus com o automóvel, pelo mesmo metro quadrado de asfalto, acima de tudo, é antidemocrático", destaca a Associação dos Transportadores de Passageiros (ATP).

Até agora, o Programa de Priorização do Transporte Coletivo já entregou 17 quilômetros de faixa exclusiva para ônibus. A ideia da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) é ter mais 22 quilômetros em uso pela cidade.

Informações: Zero Hora
READ MORE - Porto Alegre terá mais 9 quilômetros de faixa exclusiva

No Recife, Avenida Conde da Boa Vista ganha duas novas paradas de ônibus

Duas novas paradas de ônibus entram em operação, a partir desta quinta-feira (28), na Avenida Conde da Boa Vista. Os equipamentos fazem parte das obras de requalificação da via e ficam na calçada, próximas ao Shopping Boa Vista. Os pontos são seletivos e deverão ser atendidos por 27 linhas, no sentido subúrbio/cidade da viagem. Com isso, a parada provisória instalada em frente ao Atacado dos Presentes, no mesmo sentido da via, será desativada. Confira, abaixo, como fica:

A parada nº 180321 fica em frente à loja Riachelo, logo após o cruzamento com a Rua José de Alencar, e será atendida pelas seguintes linhas:

411 – Plaza Shopping (Dantas Barreto)
414 – Torre
511 – Alto do Mandu
516 – Casa Amarela (Nova Torre)
521 – Alto Santa Isabel (Conde da Boa Vista)
524 – Sítio dos Pintos (Dois Irmãos)
531 – Casa Amarela (Rosa e Silva)
624 – Brejo (Conde da Boa Vista)
644 – Largo do Maracanã
721 – Água Fria
726 – Alto Santa Terezinha (Conde Boa Vista)
1977 – TI Pelópidas (Conde da Boa Vista)

Já a parada nº 180322 fica em frente ao Shopping Boa Vista, antes do cruzamento com a Rua Gervásio Pires. Este ponto de embarque e desembarque será atendido pelas linhas:

044 – Massangana (Boa Vista)
069 – Conjunto Catamarã
072 – Candeias (Opcional)
100 – Circular (Conde da Boa Vista/Prefeitura)
101 – Circular (Conde da Boa Vista/Rua do Sol)
243 – Vila Dois Carneiros – via Agamenon Magalhães
312 – Mustardinha
313 – San Martin (Abdias de Carvalho)
315 – Bongi
321 – Jardim São Paulo (Abdias de Carvalho)
324 – Jardim São Paulo (Piracicaba)
331 – Totó (Jardim Planalto)
332 – Totó (Abdias de Carvalho)
341 – Curado I
346 – TI TIP (Conde da Boa Vista)

Para tirar dúvidas ou enviar sugestões e reclamações, o usuário pode entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente (0800 081 0158) ou WhatsApp (99488.3999), exclusivo para reclamações.

Informações: GRCT
READ MORE - No Recife, Avenida Conde da Boa Vista ganha duas novas paradas de ônibus

No Rio, Ônibus do BRT seguem superlotados durante a pandemia do coronavírus

domingo, 31 de maio de 2020

Dois meses após a Prefeitura do Rio decretar a proibição de viagens com passageiros em pé nos ônibus do município como medida protetiva contra o coronavírus, cariocas relatam superlotação nas estações e dentro dos coletivos do sistema BRT.

A Secretaria Municipal de Transportes diz que tem realizado fiscalizações diárias, em diferentes turnos, para checar se há lotação indevida nos ônibus e se o consórcio BRT está cumprindo as alterações previstas na operação das linhas para evitar aglomerações.

O que diz a prefeitura
A Secretaria municipal de Transportes informou, em nota, que durante a pandemia já aplicou ao consórcio BRT 472 multas por lotação e outras irregularidades, como circulação com lotação acima e frota reduzida de determinadas linhas..

Ao contrário do que foi mostrado na reportagem, a pasta afirmou que desde o dia 22 de março agentes da Guarda Municipal orientam os passageiros nas estações para evitar aglomeração e coibir que as pessoas sejam transportadas em pé . Confira a nota na íntegra:

"Os fiscais da Secretaria Municipal de Transportes têm realizado fiscalizações diárias, em diferentes turnos, para checar se há lotação indevida nos ônibus e se o consórcio BRT está cumprindo as alterações previstas na operação das linhas para evitar aglomerações.

A Secretaria municipal de Transportes tem insistido junto ao consórcio BRT para que colabore e cumpra sua parte.

Durante a pandemia, a SMTR já aplicou 472 multas por lotação e outras irregularidades, como circulação com lotação e frota reduzida de determinadas linhas, o que não foi permitido pela secretaria.

As ações da SMTR para verificar o cumprimento das medidas de contenção da Covid-19 seguem intensificadas.

A Guarda Municipal realiza, desde o dia 22 de março, a orientação de passageiros nas estações do sistema BRT para evitar aglomeração e também coibir que as pessoas sejam transportadas em pé nos ônibus.

Durante o patrulhamento de rotina, os agentes distribuem máscaras de proteção e orientam passageiros sobre a importância da utilização do equipamento individual como forma de minimizar os riscos de transmissão e contaminação do novo coronavírus.

Além disso, as equipes utilizam os carros para transmitir mensagens sonoras de conscientização, a fim de reduzir o risco de disseminação do vírus na cidade."

READ MORE - No Rio, Ônibus do BRT seguem superlotados durante a pandemia do coronavírus

Trensurb lança painel no Centro de Porto Alegre alertando para uso de máscaras nos trens

Os acessos à Estação Mercado do metrô localizados na Praça Revolução Farroupilha receberam a instalação de adesivos da campanha de comunicação da Trensurb que busca contribuir na prevenção da propagação da Covid-19. 

As duas peças – uma medindo 2 metros de altura e 20 de largura e a outra, 2 metros de altura e 8 de largura – chamam a atenção de quem chega à estação, a mais movimentada do metrô, para a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção no transporte público. 

O Decreto Nº 55.220, de 30 de abril de 2020, do Governo do Estado, tornou o uso de máscaras obrigatório nos meios de transporte coletivo. Mais tarde, o Decreto Nº 55.240, de 10 de maio de 2020, estendeu a obrigatoriedade a todos os espaços de uso coletivo.

Desde a última semana de abril, antes dos decretos determinando a obrigatoriedade, a campanha da Trensurb já recomendava o uso de máscaras nos trens e estações. “O nosso papel tem que ser essencialmente de educadores”, afirma o diretor-presidente da Trensurb, Pedro Bisch Neto, reforçando que o objetivo da campanha é conscientizar os usuários para que tenham atitudes que contribuam com a segurança e a saúde de todos.

A utilização de máscaras caseiras em locais públicos é recomendada pelo Ministério da Saúde e tem sido adotada como medida preventiva à transmissão do novo coronavírus em várias partes do mundo, tendo como base estudos diversos sobre as formas de contágio da Covid e outras doenças respiratórias.

Vale lembrar, no entanto, que apesar do uso de máscaras contribuir, não garante que o contágio será evitado. Por isso, é importante seguir evitando sair de casa e, quando for necessário circular por outros locais, continuar adotando outras medidas de prevenção e higiene. As peças da campanha de comunicação da Trensurb são veiculadas por meio de avisos sonoros no metrô, na programação do Canal Você – que conta com monitores nos trens e estações –, nos perfis da Trensurb nas redes sociais e por meio de materiais impressos.

Informações: Trensurb
READ MORE - Trensurb lança painel no Centro de Porto Alegre alertando para uso de máscaras nos trens

Em Curitiba, Urbs passará a usar 80% da frota de ônibus a partir de segunda-feira

terça-feira, 26 de maio de 2020

Com o aumento de passageiros registrado nas últimas semanas e o possível incremento de usuários no transporte coletivo decorrente da possibilidade de reabertura de shopping centers, a Urbanização de Curitiba (Urbs) vai reforçar a frota de ônibus da capital.

A partir de segunda-feira (25/5), o sistema passará a operar com 80% da frota total de 1,5 mil ônibus, contra a média de 65% que vinha sendo usada. O número de passageiros transportados, no entanto, ainda está muito abaixo dos períodos de normalidade – cerca de 260 mil por dia, contra 756 mil ao dia de antes da pandemia.

Na última sexta-feira (22/5), a Secretaria de Estado da Saúde (SESA) publicou a nota orientativa 34/2020, estabelecendo as condições para regulamentar o funcionamento dos pontos comerciais que já estão abertos no Estado ou aqueles que pretendem retomar as atividades. O Município vai seguir essas orientações.

Linhas
Com o reforço, a linha Inter 2 vai funcionar com 100% da frota nos dias úteis. As linhas expressas Pinheirinho-Rui Barbosa, Santa Cândida-Capão Raso e Circular Sul vão operar com 90% da capacidade nos horários de maior movimento e as linhas alimentadoras, que atuam na região Sul da cidade, vão funcionar com 100% no horário de pico. Também será feito o reforço na linha Boqueirão-Centro Cívico nos picos da manhã e da noite.

“Vamos fazer essa adequação e monitorar diariamente o movimento, usando também a tecnologia das câmeras do Centro de Controle Operacional (CCO). Determinei que seja colocada uma frota reserva de prontidão, para caso de necessidade, e poderemos ampliar a frota até os 100%, com 1,5 mil ônibus”, disse o prefeito Rafael Greca.

Segundo o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto, é preciso que o comércio de rua e os shoppings trabalhem em horários alternativos para não sobrecarregar, principalmente nos horários de pico, o sistema de transporte, que precisa operar com folga para evitar aglomerações e obedecer a conduta de prevenção da transmissão do novo coronavírus.

A previsão inicial da Urbs é de um aumento de cerca de 20% no fluxo de pessoas no sistema de transporte da capital com a possível reabertura dos shoppings centers.

“Estamos nos antecipando e, com essa reorganização das linhas, tornamos mais eficiente o transporte para atender essa demanda”, afirmou Maia Neto.

“É uma fase de transição. Vamos passar de uma fase mais aguda da pandemia, com maior isolamento, para o chamado novo normal, com um número maior de pessoas circulando, mas ainda com restrições. Teremos que monitorar de perto como isso vai acontecer até a volta da normalidade”, disse Greca.

Escolas Fechadas
Apesar da abertura do comércio, as escolas permanecem fechadas, o que deve manter o movimento no transporte coletivo ainda abaixo da média normal, de acordo com a Urbs.

Um apelo que a Prefeitura tem reiterado é para que os idosos, que são grupo de risco da Covid-19, evitem usar os ônibus. O movimento diário de passageiros da terceira idade no sistema está em cerca de 17 mil. "Não queremos que os idosos se exponham ao risco de transmissão, então fiquem em casa", alertou o prefeito.

Orientação
Para evitar aglomeração, a Urbs já tomou uma série de medidas no transporte coletivo. Os ônibus das principais linhas só podem sair dos terminais com lotação máxima de 50%. Todos os terminais têm marcações para que os passageiros mantenham uma distância de, no mínimo, 1,5 metro entre si e há distribuição de folders com orientações sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras, necessidade de manter o distanciamento e as janelas abertas nos veículos. Cartazes, faixas e painéis eletrônicos nos ônibus também trazem informações sobre a prevenção da Covid-19.

Fiscais e agentes da Guarda Municipal fazem o trabalho de orientação, que ganhou também o apoio do Exército desde o último dia 14 de maio. O trabalho, que duraria 10 dias, vai ser prorrogado.

A força tarefa, que conta com a participação de 80 soldados, está concentrada – entre 5h30 e 8h30 – nos principais terminais (Pinheirinho, Santa Cândida, Cabral, Centenário de Boqueirão). No fim do dia, entre 16h30 e 19h30,  a cooperação entre Prefeitura e Exército será nas estações-tubo nas praças Carlos Gomes, Rui Barbosa e na estação Central.

Informações: URBS

Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Em Curitiba, Urbs passará a usar 80% da frota de ônibus a partir de segunda-feira

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960