Rodoviários fizeram operação tartaruga em Porto Alegre

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Por volta das 8h desta quinta-feira (21), os motoristas de ônibus do transporte público de Porto Alegre iniciaram uma operação tartaruga nos corredores das Avenidas João Pessoa, Osvaldo Aranha e Farrapos. O protesto da categoria é por reajuste de salários.

Todas as linhas de ônibus estão em circulação, porém com as tabelas horárias atrasadas. Os rodoviários fizeram uma caminhada em direção à rodoviária de Porto Alegre, onde foi encerrado o protesto.

A categoria pede reajuste de 15% nos salários, contra os 8% oferecidos pela patronal. 
Os rodoviários alegam que o reajuste oferecido é abaixo da inflação. Eles também pedem aumento do vale-refeição de R$ 21 para R$ 25, enquanto a empresa oferece aumento de R$ 0,50. Na tarde de hoje, o sindicato dos funcionários e as empresas de ônibus se reúnem para mais uma negociação.

Informações: Jornal do Comércio


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Rodoviários fizeram operação tartaruga em Porto Alegre

Tarifa do metrô Recife deve ser reajustada em 2016

Depois do aumento nas passagens de ônibus, a tarifa do metrô do Recife também poderá ser reajustada em 2016. A informação foi da através de comunicado da companhia brasileira de trens urbanos, a CBTU, que opera o sistema na região metropolitana. 

Segundo a companhia, o aumento será necessário caso o governo do estado não quite uma dívida no valor de 50 milhões de reais que tem com a CBTU. A passagem do metrô do Recife é a mais barata do país e não passa por reajuste desde 2012.

O metrô do Recife trabalha com déficit de mais de 70% no orçamento anual. O serviço é bancado pelo governo federal, que aplica por ano cerca de R$ 300 milhões. A única fonte de renda vem da venda de bilhetes. A receita anual com passagens é de cerca de R$ 66 milhões e representa pouco mais de 24% na cobertura das despesas.

READ MORE - Tarifa do metrô Recife deve ser reajustada em 2016

VLT de Cuiabá pode consumir R$ 1 bilhão e ficar pronto só em 2020, diz consultoria

A KPMG, uma das maiores empresas de consultoria do mundo, protocolou ontem no governo do Estado, mais precisamente na Secretaria de Cidades, a 1ª fase dos estudos que envolvem as obras do Veículo Leve sobre Trilhos – VLT, que deveria ser a maior obra da Matriz de Responsabilidade da Copa do Mundo de 2014 a um custo de R$ 1.477 bilhões, mas que está incompleta e não existe a garantia de que antes de 2020 a mesmas esteja pronta. 

A KPMG foi contratada pelo governo estadual por R$ 3,8 milhões para realização de um completo levantamento do VLT, sendo que o governador Pedro Taques declarou que gostaria de concluir a obra, mas somente colocará recursos públicos na obra quando tiver a certeza do montante e das responsabilidades do Consórcio VLT Cuiabá/Várzea Grande. 

“A primeira fase da consultoria contratada pelo governo do Estado já foi entregue ontem e se trata do custo para conclusão dos 23 km em dois ramais inicialmente projetados, mas não executados”, disse o secretário de Estado das Cidades, Eduardo Chilleto. 

Segundo Chilleto, ainda faltam duas fases da consultoria, sendo a 2ª o custo e a execução para operação do modal de transporte que é um dos mais modernos do mundo e demanda não apenas capacitação de trabalhadores, mas toda uma engenharia e logística que envolvem inclusive o sistema alternativo para abastecimento dos dois ramais do VLT por outros sistemas de transporte coletivo de massa, como ônibus e alternativos. Já a 3ª etapa é relativa ao custo da tarifa e o potencial das mesmas em relação a uma série de benefícios concedidos, como vale transporte para estudantes e para os idosos que viajam de forma gratuita, mas com o impacto dessas medidas diluídas no valor cobrado dos passageiros que pagam suas tarifas públicas. 

“Amanhã mesmo encaminharei para a Justiça Federal, que autorizou a contratação da consultoria, o resultado da 1ª Fase, reafirmando ainda que até março todas as três fases estarão concluídas para que o governador Pedro Taques possa então divulgar os resultados que nada mais são do que levar luz à falta de transparência que resultou na paralisação das obras pela administração passada, que foi quem contratou e não deu conta de executar as obras”, disse o secretário de Cidades. A complexidade da obra, segundo o governador Pedro Taques, decorre do fato da mesma ter sido orçada em R$ 1.477 bilhão dos quais mais de R$ 1.066 bilhão já foram consumidos e, por causa de custos adicionais não-previstos quando da contratação da mesma, pode importar na necessidade de ter que colocar mais R$ 1 bilhão e esperar até 2019 ou 2020 para conclusão do referido modal de transporte. 

Além da correção dos valores do contrato pela inflação, a licitação do VLT feita pela modalidade de Regime Diferenciado de Contratação – RDC não poderia definir reajustes ou reposições, mas quanto maior for o prazo de execução maiores são as chances do custo se alterar, até mesmo porque parte dos materiais adquiridos como vagões, material rodante e parte informatizada foram todos adquiridos em moeda estrangeira que sofreu uma disparada nos últimos meses com a consequente correção dos valores para o total da obra do VLT.

Por: Marcos Lemos
Informações: O Documento



Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - VLT de Cuiabá pode consumir R$ 1 bilhão e ficar pronto só em 2020, diz consultoria

Maceió recebe prêmio pelo aplicativo Citta Mobi

A cidade de Maceió atingiu a marca de 500 mil usuários do aplicativo Citta Mobi. Em reconhecimento, nesta quarta-feira (20), o prefeito de Maceió Rui Palmeira e o superintendente municipal de Transportes e Trânsito, Tácio Melo, serão homenageados pela empresa Cittati Tecnologia, responsável pela ferramenta. A premiação acontece às 9h no Gabinete do Prefeito, em Pajuçara.

O número atingido pela capital alagoana representa um marco histórico para a Cittati Tecnologia. A entrega da homenagem de reconhecimento será feita pelo Gerente Nacional de Vendas da empresa, Carlos Sampaio.

O Cittamobi é um aplicativo lançado pela Prefeitura de Maceió para download gratuito em celulares smartphones e também visualização no computador. O aplicativo auxilia no acompanhamento, em tempo real, de toda a frota de ônibus coletivos de Maceió. Com ele, o usuário pode programar a saída para o ponto ou terminal de ônibus mais próximo sem precisar aguardar por mais tempo.

Além de informar aos passageiros sobre o horário em que o ônibus passará no ponto, o Cittamobi conta com ferramentas para que o usuário possa relatar problemas e enviar feedbacks a respeito do sistema de transporte público. O aplicativo passa por atualização para se adequar a mudanças recentes na operacionalização de 23 linhas.

Informações: Aqui Acontece


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Maceió recebe prêmio pelo aplicativo Citta Mobi

No Recife, Faixa Azul da Conselheiro Aguiar será implantada segunda-feira

Com o adiamento da abertura da pista leste da Via Mangue para esta quinta-feira (21), com a presença da presidente Dilma Rousseff (PT), ficou para segunda (25) a implantação da Faixa Azul na Avenida Conselheiro Aguiar, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. A sinalização deve ser colocada na avenida no fim da semana.

O espaço exclusivo para o transporte coletivo será desde o cruzamento com a Rua Barão de Souza Leão até a Avenida Antônio de Góes, na altura do Túnel do Pina, um trecho de 5,8 quilômetros. Trinta e nove linhas de ônibus passam por lá, transportando 145 mil passageiros.

Apenas ônibus e táxis podem usar a faixa de segunda a sexta-feira, das 6h às 22h. A multa para quem desrespeita a regra é de R$ 191,54, referente à infração gravíssima, além de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Não haverá fiscalização eletrônica inicialmente.

A Avenida Domingos Ferreira, paralela à Conselheiro mas com fluxo no sentido contrário, ganhou a Faixa Azul um ano e meio antes, com a inauguração da pista oeste da Via Mangue. Lá, segundo a CTTU, a velocidade os ônibus em 118% - saiu de 11,5 km/h para 24 km/h. Recife tem hoje 44,5 quilômetros de faixas azuis.

Informações: JC Trânsito e NE 10
READ MORE - No Recife, Faixa Azul da Conselheiro Aguiar será implantada segunda-feira

Estudantes já podem cadastrar ou recadastrar o cartão Mais Aracaju

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) infomou na segunda-feira (18) que o prazo de cadastramento e recadastramento do cartão Mais Aracaju Escolar começou. Todo estudante pode fazer uso do seu direito à meia passagem no pagamento da tarifa do transporte coletivo urbano através do uso do seu cartão.

Destinado a estudantes com idade igual ou superior a sete anos, o Mais Aracaju Escolar atende alunos regularmente matriculados nas instituições de ensino credenciadas na Aracajucard e residentes em Aracaju e região metropolitana – Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Barra dos Coqueiros -, conforme Lei 1.071/85 art. 1°. 

De acordo com o Setransp, a utilização do cartão é pessoal e intransferível e deve ser feita no validador de desconto e reconhecimento da digital cadastrada. Em caso de perda, roubo ou dano, a segunda via pode ser solicitada.

Para o recadastramento, não há necessidade de substituição periódica do cartão, mas o recadastramento deve ser realizado uma ou duas vezes ao ano, dependendo do tipo de matrícula do aluno. Somente assim, ele permanecerá válido durante todo o período letivo. Para realizar tanto o cadastramento quanto o recastramento, o estudante deve acessar o site aracajucard.com.br/portaldousuario criar ou efetuar seu login e seguir as instruções.

*Com informações do Setransp
Informações: G1 SE



Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Estudantes já podem cadastrar ou recadastrar o cartão Mais Aracaju

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960