Greve dos ônibus em Blumenau pode terminar nesta quarta-feira, 30

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Pela primeira vez em 12 dias de greve e tantos mais de impasse no transporte coletivo, empresários e trabalhadores sentaram para conversar, sem intermediação oficial, apenas com a presença de dois observadores externos. A iniciativa teria partido dos proprietários das três empresas do Consórcio Siga, para buscar um acordo a partir da segunda liminar dada nesta segunda-feira, 28, pela Justiça do Trabalho. Pelo que apurei, houve avanços na proposta patronal, mas ainda insuficientes.

Teria sido apresentada para os trabalhadores uma proposta de subir o percentual do bloqueio dos créditos das empresas para 65%, para pagamento exclusivo do salário de dezembro e do vale alimentação. O 13º salário, em atraso desde o dia 15, teria ficado de fora da discussão, com o que o Sindetranscol não concorda. Outras simulações também foram discutidas.

Caso a greve prossiga, e assim a ação da Justiça do Trabalho,  a Prefeitura passará a integrar o processo, como observadora e apoiadora. O Município pediu judicialmente e conseguiu,  ser habilitado para integrar o processo, sem estar nele. Ajudará a Justiça com informações e subsídios, como parte interessada por ser um serviço público, mas ficando de fora das relações trabalhistas.

Informações: Informe Blumenau

READ MORE - Greve dos ônibus em Blumenau pode terminar nesta quarta-feira, 30

Grande Recife terá Expresso Réveillon, faixa exclusiva e mais táxis para a virada do ano

A Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) divulgou, nesta segunda-feira, o esquema especial de monitoramento de tráfego para o réveillon. Ao todo, 80 agentes serão mobilizados para o trabalho. Haverá Expresso Réveillon, pontos de táxi provisórios, convênio Táxi Metropolitano e faixa exclusiva para ônibus e táxis.

O trecho da orla compreendido entre as ruas Ribeiro de Brito e Padre Bernardino Pessoa será interditado das 6h do dia 31 até as 8h do dia 1º. O  trecho também terá o estacionamento proibido durante o horário. Os agentes de trânsito se revezarão em três turnos para monitorar as vias e orientar os condutores. 

Os acessos à Avenida Boa Viagem pelas ruas Ernesto de Paula Santos, Desembargador João Paes, Bruno Veloso, Félix de Brito Melo e Antônio Falcão serão interditados com blocos de concreto. Já as ruas do Atlântico, Vicência, Alcides Carneiro Leal, Ondina e Souto Filho serão fechadas com cavaletes no cruzamento com a Avenida Boa Viagem. A passagem só será liberada aos moradores da área.

TÁXIS
A CTTU vai implantar, a partir das 20h do dia 31, dois pontos de provisórios de táxi, conhecidos como “Táxi Evento”. O primeiro ficará em frente à Padaria Boa Viagem e o segundo entre a Rua Tomé Gibson e a Rua do Atlântico. Desde o dia 1º de dezembro, através do Convênio Táxi Metropolitano, os veículos cadastrados no município de Olinda estão autorizados a embarcar passageiros na cidade do Recife. Além disso, desde o dia 21 de dezembro, táxis dos municípios de Paulista, Jaboatão, Itapissuma, Camaragibe, São Lourenço da Mata e Abreu e Lima também estão autorizados a embarcar passageiros no Recife. A medida visa atender à alta demanda de passageiros durante as festividades de fim de ano, proporcionando o aumento de até 50% na frota de táxis. O convênio Táxi Metropolitano é válido até às 10h do dia 2 de janeiro, porém os veículos oriundos do município de Olinda estão autorizados a circular no Recife até o dia 10 de fevereiro, em virtude do carnaval.

FAIXA EXCLUSIVA
Os táxis e os ônibus poderão utilizar uma faixa exclusiva que será implantada na Avenida Conselheiro Aguiar, entre o trecho da  Rua Ernesto de Paula Santos e o bairro do Pina.  O corredor vai funcionar das 19h da quinta-feira (31) até as 5h da sexta-feira (1º).

EXPRESSO RÉVEILLON 
A Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife, em parceria com a Empresa Borborema e os shoppings RioMar e Recife, vai repetir a iniciativa do Expresso Réveillon. A ação, que será realizada das 20h do dia 31 de dezembro às 4h30 do dia 1º de janeiro vai funcionar de forma semelhante ao Expresso Folia, que já auxilia a mobilidade dos foliões durante o carnaval há 14 anos.

No Réveillon, serão 12 ônibus, que sairão dos shoppings RioMar e Recife, na Zona sul da cidade, levando os usuários até a Avenida Conselheiro Aguiar, nas proximidades do Polo Pina e do Polo Acaiaca, com mais conforto e facilidade. Além da Faixa Azul da Avenida Domingos Ferreira, os coletivos irão utilizar um corredor exclusivo criado especialmente para o evento, na Avenida Conselheiro Aguiar.

A passagem do Expresso Réveillon custará R$ 7 e vai dar direito à viagem de ida e volta. Os usuários receberão uma pulseira de identificação e, apresentando esta na cabine de pagamento do estacionamento dos shoppings, só será cobrada a tarifa simples de cada estabelecimento para todo o período de utilização. Os coletivos que vão sair do Shopping Recife terão duas paradas, localizadas na altura do Banco Bradesco, entre as ruas Félix de Brito e Antônio Falcão, e do supermercado Frutaria, entre as ruas Bruno Veloso e Padre Carapuceiro. Já os veículos que irão sair do Shopping RioMar além dessas duas paradas, também vão contar com a parada localizada nas proximidades do Bar Socaldinho, no número 85 da Avenida Conselheiro Aguiar.

Itinerário do Expresso Réveillon – RioMar Shopping

Ida - RioMar Shopping, Avenida República do Líbano, Rua Manoel de Brito, Avenida República Árabe Unida, Rua São Luiz, Avenida Herculano Bandeira, Avenida Engenheiro Domingos Ferreira (Faixa Azul).

Volta - Rua Dhália, Avenida Conselheiro Aguiar, Avenida Engenheiro Antônio de Góes (Pista Sul), Rua Manoel de Brito, Túnel do Pina, Avenida República Árabe Unida, Viaduto do RioMar Shopping.

Itinerário do Expresso Réveillon – Shopping Recife

Ida – Pátio do Shopping Center Recife (Parada 1), Rua Bruno Veloso, Avenida Conselheiro Aguiar e Rua Antônio Falcão.

Volta – Rua Antônio Falcão, Avenida Engenheiro Domingos Ferreira (Faixa Azul),  Rua Padre Carapuceiro, Avenida Fernando Simões Barbosa,  Rua Jack Ayres , Pátio do Shopping Recife (Parada 1).

Informações: Prefeitura do Recife

READ MORE - Grande Recife terá Expresso Réveillon, faixa exclusiva e mais táxis para a virada do ano

Porto Alegre já conta com 367 paradas seguras

A avenida Ipiranga recebeu, neste segundo semestre, 57 novas Paradas Seguras para maior conforto e segurança dos usuários do transporte coletivo em Porto Alegre. Os equipamentos possuem bancos, lixeira, iluminação protegida com grades e cobertura de aço pré-pintado, com a garantia de maior durabilidade.

As Paradas Seguras, implantadas nos mesmos locais dos pontos de paradas anteriores, atendem aos requisitos técnicos de segurança e acessibilidade, com piso em basalto e podotátil, com a função de orientar as pessoas com deficiência visual. O investimento é de 585 mil reais. Com os 57 novos equipamentos, a Capital já conta com 367 Paradas Seguras.

Os projetos das Paradas Seguras, assim como das Zonas 30, foram aprovados pela Caixa Econômica Federal e prefeitura. Em outubro do ano passado, houve a garantia de verba do Ministério das Cidades, por intermédio da Caixa Econômica Federal, no valor de 1,4 milhão de reais, além de aporte pela prefeitura.

Os modelos de Paradas Seguras seguem padrão técnico desenvolvido pela EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação). Na avenida Ipiranga, os equipamentos foram instalados entre as avenidas Praia de Belas e Antônio de Carvalho, nos dois lados da via. Porto Alegre possui, ao todo, 5.726 paradas, sendo 4.038 cobertas, 367 desenvolvidas no padrão de Parada Segura.

Informações: O Sul


READ MORE - Porto Alegre já conta com 367 paradas seguras

Estação da Luz da CPTM deve ser reaberta nesta quarta-feira (30)

Uma semana após o incêndio que destruiu parte do Museu da Língua Portuguesa, a Estação da Luz da CPTM deve ser reaberta nesta quarta-feira (30). A estimativa é do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).

Nesta segunda-feira (28), técnicos do IPT devem voltar ao local dos escombros para reavaliar a estrutura do prédio que pegou fogo. As causas das chamas ainda são desconhecidas, mas uma das hipóteses é a de que tenha ocorrido um curto circuito após troca de uma luminária. O bombeiro civil Ronaldo Pereira morreu no incêndio.

“Eu estou estimando que mais uns dois dias, acredito, pelas condições que eu encontrei”, disse no domingo (27) o José Teóphilo Leme de Moraes, engenheiro do IPT, sobre a previsão de quando a estação da Luz da CPTM deverá ser reaberta.

Apesar de a Estação da Luz seguir interditada, a de Metrô que leva o mesmo nome está funcionado. Só não circulam pelo trecho afetado trens da CPTM e de carga.

Moraes e demais técnicos do IPT localizaram novos pontos de fragilidade na estrutura da estação. Por isso, sugeriram mais obras de reforço. “Esse fortalecimento, a grosso modo, é amarrar um cabo de aço numa parte construtiva do lado de cá e no correspondente do lado de lá, para que eles sejam solidários e um ajude ao outro”, afirmou o engenheiro.

Além do IPT, membros da CPTM e da Defesa Civil acompanharam os trabalhos de vistoria no domingo.

Obras emergenciais

O governo de São Paulo iniciou na quarta-feira (23) obras emergenciais para dar estabilidade às ruínas e permitir a desinterdição da Estação da Luz da CPTM. Técnicos do IPT avaliam o impacto do incêndio e as obras necessárias.

Apesar da destruição do edifício, será possível recuperar o acervo virtual guardado em cópia de segurança.

O prédio onde fica o museu foi inaugurado em 1901. Já o Museu da Língua Portuguesa foi inaugurado oficialmente no dia 20 de março de 2006 e abriu suas portas ao público no dia 21 de março daquele ano. Em seus três primeiros anos de funcionamento mais de 1,6 milhão de pessoas já visitaram o espaço, consolidando-o como um dos museus mais visitados do Brasil e da América do Sul.

O Museu da Língua Portuguesa foi desenvolvido e implantado pela Fundação Roberto Marinho por meio de um convenio com o governo do estado de São Paulo. O museu é dedicado à valorização e difusão da língua portuguesa.

Informações: G1 SP

Leia também sobre:
READ MORE - Estação da Luz da CPTM deve ser reaberta nesta quarta-feira (30)

Terminais de Natal são vistoriados pela vigilância em saúde

O Setor de Vigilância em Saúde Ambiental e do Trabalhador (Visamt) do Departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (DVS/SMS) de Natal retoma nesta terça-feira (29) as vistorias aos terminais de ônibus urbanos de Natal. A ação tem o objetivo de avaliar as condições de trabalho de motoristas, cobradores e demais funcionários das empresas de transporte coletivo que atuam nestes locais. Nesta terça-feira, a equipe estará, a partir das 9h, no terminal de ônibus do bairro de Cidade da Esperança, zona Oeste de Natal.

O chefe do Visamt, Marcílio Xavier, explicou que o objetivo da pesquisa é traçar o perfil dos trabalhadores do sistema de transporte público municipal e que as vistorias foram definidas a partir de uma demanda apresentada pelo Setor de Vigilância Sanitária do município (Visa Natal).

“Será nosso foco de atuação durante o próximo ano, com o levantamento das condições de trabalho de motoristas, cobradores e dos funcionários que exercem suas atividades nos terminais das empresas de ônibus. E esse material deverá ser transformado em um relatório detalhado sobre o que encontrarmos nestes locais, que será encaminhado aos setores competentes, para que sejam tomadas as devidas providências”.

Participam da ação servidores da Visamt e da Visa Natal, que coletam informações sobre a situação no local com os presentes e inspecionam as condições sanitárias e ambientais.

Informações: PortalN10 

READ MORE - Terminais de Natal são vistoriados pela vigilância em saúde

Tarifa do ônibus passa para R$ 3,70 em Joinville

Em decreto a ser publicado nesta segunda-feira, a passagem de ônibus de Joinville passa de R$ 3,25 para R$ 3,70 a partir da zero hora de 4 de janeiro, o primeiro dia útil de 2016. A decisão foi tomada pela Prefeitura, após derrota na disputa judicial com as empresas de ônibus envolvendo a planilha de custos.
Foto: Rodrigo Philipps / Agencia RBS

No início de dezembro, em ação inédita na cidade, Gidion e Transtusa conseguiram liminar determinado que o índice de aumento atendesse ao valor previsto na planilha. A alegação das empresas foi de prejuízos históricos por conta de reajustes abaixo dos custos – na maioria das vezes, a tarifa era atualizada por índices em torno da inflação.

O município recorreu ao Tribunal de Justiça, com a alegação de evitar impactos maiores aos usuários. A argumentação não foi aceita e foi mantido o entendimento de necessidade de equilíbrio do contrato. Assim, foi adotado o valor previsto em planilha.

No cálculo inicial, a planilha elaborada pela Secretaria de Infraestrutura de Joinville apontava a tarifa técnica em R$ 3,78. No entanto, foi revisada para R$ 3,74, porque o fim da desoneração da folha dos funcionários não se confirmou. O valor da passagem comprada com antecedência foi fixada em R$ 3,70 em arredondamento para baixo. O reajuste ficou em 13,8% — nos últimos doze meses, a inflação foi de 10,48% (IPCA). A tarifa embarcada, comprada dentro do ônibus, passará de R$ 3,70 para R$ 4,50. Em Joinville, a antecipada responde por 95% da venda da passagens.

Planilha motiva outra disputa

A planilha motiva outra disputa judicial no transporte coletivo em Joinville. Desta vez, envolvendo a licitação. Em decisão da 1ª Vara da Fazenda Pública, mantida pelo Tribunal de Justiça, a Prefeitura está proibida de dar continuidade à concorrência enquanto não se decidir sobre a chamada dívida da planilha. Em perícia judicial realizada a pedido das empresas, foi apurado que Gidion e Transtusa deixaram de ganhar R$ 268 milhões entre 1998 e 2010 devido à defasagem da tarifa provocada por concessão de reajustes abaixo do indicado pela planilha.

Em valores atualizados, seriam R$ 375 milhões. No final do governo Carlito Merss, o débito foi reconhecido de forma parcial. A atual administração contesta a dívida e o reconhecimento. Uma das alegações é de que parte do montante está prescrita. Outro argumento é de que o reconhecimento do débito precisaria de aval dos vereadores, além de definição de previsão orçamentária.

Enquanto a pendenga continua na Justiça, a Prefeitura não adianta se esse débito pode ser usado para pagamento da outorga do sistema, como fez Curitiba, por exemplo. A atual permissão de Joinville, concedida em 1998 sem licitação, está vencida desde janeiro de 2014, com prorrogação até que seja a realizada a concorrência – que será a primeira da história de Joinville para o transporte coletivo.

Por Jefferson Saavedra
Informações: Agência RBS e Portal A Notícia

READ MORE - Tarifa do ônibus passa para R$ 3,70 em Joinville

Frota de ônibus de Petrolina é renovada

Foram entregues nesta segunda-feira (28), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, 22 ônibus para o transporte público de passageiros. A ação cumpre reivindicações de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado entre o Ministério Público e a gestão municipal. Os veículos começam a circular a partir da próxima segunda-feira (4).
Foto: Taisa Alencar
Dos 66 veículos da frota operante, 22 foram substituídos. “A gente fecha um compromisso assumido pelo Executivo, em relação a renovação da frota. Tínhamos um Termo de Ajustamento de Conduta e a gente está até superando em 50% o que foi ajustado. Esperamos com isso oferecer uma maior qualidade aos usuários, enquanto finalizamos o plano de mobilidade e consequentemente a licitação que vai vir para dar uma nova cara ao sistema de transporte coletivo de Petrolina”, explicou o diretor-presidente da Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (EPTTC), Paulo Valgueiro.

Ainda de acordo com Paulo, os ônibus já estão dentro dos padrões exigidos para cadeirantes. “Os 22 carros que estão sendo entregues, todos esses já estão preparados para acessibilidade, de forma padrão. A partir de agora, todo veículo para entrar no sistema tem que ter a acessibilidade”, disse Paulo.

Outras mudanças devem ser feitas nos próximos meses. “O Plano de Mobilidade já contempla as vias onde deverão ser utilizadas pelo sistema de transporte coletivo. Assim como os padrões mínimos de condições exigidas para circulação, esses veículos vão atender. Essa nova roupagem desses ônibus já é fruto do Plano de Mobilidade. A partir de agora vamos trabalhar o Mobi Petrolina, com os demais sistemas”, concluiu Paulo.

A gestora executiva do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do Vale do São Francisco (Setranvasf), Rosicleia Rodrigues, a entrega dos 22 ônibus representa um avanço. “Até o ano passado tínhamos apenas três ônibus adaptados. Já em 2015, com essa renovação, temos 42. A gente fica muito feliz com essa renovação porque era uma meta da Setravans trazes novos ônibus para a população e é importantíssimo porque vamos dar mais qualidade de vida para os novos usuários”, destacou.

TAC
O Termo de Ajustamento de Conduta foi firmado em outubro de 2014 com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para a renovação da frota de ônibus da cidade. De acordo com o TAC, a gestão municipal se comprometeu em exigir das empresas de transporte coletivo, Viva Petrolina e Joalina, que os veículos com mais de 10 anos de uso fossem substituídos de forma progressiva.

Segundo dados da Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (EPTTC), cerca de 31.600 pessoas dependem diariamente dos veículos da frota que atendem o município. São 21 linhas de ônibus para atender aos bairros da cidade. De acordo com a EPTTC, nos horários de pico, o tempo de parada nos veículos nos terminais são reduzidos, diminuindo os intervalos entre um ônibus e outro.

Por Taisa Alencar
Informações: G1 Petrolina

READ MORE - Frota de ônibus de Petrolina é renovada

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960