Porto Alegre: EPTC vai realizar contagem de ciclistas nas vias

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Técnicos da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) vão realizar contagens de viagens de bicicleta em vias da Capital. O objetivo da ação é mapear o número de ciclistas e obter dados para a instalação de ciclovias futuras, além da qualificação das existentes. 

A medição ocorrerá por meio de um equipamento móvel, doado pelo Itaú (empresa patrocinadora do projeto BikePoa), que poderá ser instalado tanto em vias como em ciclovias. “Ele possui laços que são colocados no asfalto, não contando veículos automotores, só bicicletas. A partir disso, um software repassa os dados e nós poderemos avaliar o perfil, horários de maior e menor circulação, assim como a demanda, se há muitos ou poucos ciclistas no local”, afirma o gerente de Projetos Especiais da EPTC, Antônio Vigna. 

O primeiro teste do equipamento, realizado dia 22 de abril, na ciclovia da Ipiranga, próximo à Azenha, teve 280 ciclistas circulando, entre 15h e 19h. Os dados das pesquisas também serão disponibilizados a organizações não-governamentais, associações e aos interessados pelo tema. As primeiras vias que terão contagens de ciclistas, nos próximos dias, será a avenida Ipiranga e a rua José do Patrocínio (ambas possuem ciclovias). 

Ciclovias – Porto Alegre conta com 25 quilômetros de espaços exclusivos para quem utiliza bicicleta. As implantações das ciclovias tiveram início em 2009, com a criação do Plano Diretor Cicloviário. O ponto mais recente é a ciclovia da Érico Veríssimo, com 500 metros, que interliga as ciclovias da José do Patrocínio e da Ipiranga. Além disso, a cidade conta com 40 estações e 400 bicicletas compartilhadas no sistema BikePoa.  

Informações: EPTC


READ MORE - Porto Alegre: EPTC vai realizar contagem de ciclistas nas vias

Prefeitura de Fortaleza prorroga validade das carteiras de estudantes por 60 dias

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), informa que a carteira estudantil terá seu prazo de validade prorrogado por 60 dias. O prazo terminaria no dia 30 de abril, mas, para que as entidades estudantis distribuam todos os documentos nos estabelecimentos de ensino, a Etufor e as entidades decidiram pela prorrogação do prazo até 30 de junho.

No total, foram solicitadas 327 mil carteiras estudantis, sendo 208 mil de estudantes da rede pública (escolas e universidades públicas), 68 mil de estudantes secundaristas de escolas particulares e 51 mil de universidades particulares.

A Etufor alerta aos estudantes que, para ser considerada a solicitação concluída, o aluno deve cumprir as duas etapas do processo: fazer o pedido do documento na instituição de ensino ou através do site da Etufor e realizar o cadastro da biometria facial. Além disso, a instituição de ensino deve realizar a confirmação da matrícula no site da Etufor, para que os documentos sejam desbloqueados. As solicitações continuam sendo feitas durante todo o ano e o prazo de entrega é de 35 dias.

Os estudantes contam com mais este prazo para solicitar e receber as novas carteiras a tempo, utilizando o documento atual. Para quem já solicitou o documento, a carteira será entregue a partir de maio pelas entidades estudantis nas instituições de ensino (escolas e faculdades), desta forma, os alunos não precisarão fazer deslocamentos para recebê-lo. Os alunos que não possuíram carteira de estudante em 2014 já recebem a carteira habilitada para uso na rede de transporte público de Fortaleza.

Mais detalhes:

São três passos básicos:
- Solicitar a carteira de estudante na instituição de ensino ou internet;
- Entregar documentação na instituição de ensino ou Etufor;
- Realizar o cadastro da biometria facial (quem já possui não precisa repetir o procedimento).

Instituições de ensino (escola/universidade) particulares
Os alunos deverão solicitar seu boleto impresso na secretaria da instituição ou pela internet, entregar a documentação na instituição de ensino ou sede da Etufor e realizar o cadastro da biometria facial em um dos postos do Bilhete Único.
                
No caso dos alunos da Unifor, os veteranos poderão imprimir o boleto no site da Etufor, realizar o pagamento em uma casa lotérica, anexar a declaração de matrícula e cópia do RG do aluno e devolver toda documentação no Diretório Central dos Estudantes (DCE). Os alunos também devem possuir o cadastro da biometria facial.

Os valores das carteiras da rede particular variam entre R$16,00 e R$20,00, dependendo da entidade estudantil que lhe representa.

Alunos da rede pública municipal e estadual

A secretaria da instituição de ensino é encarregada de solicitar a carteira de estudante de 2015 no caso dos alunos de ensino fundamental e médio. O aluno deve procurar a secretaria para confirmar se a solicitação foi realizada e devem fazer o cadastro da biometria facial em um dos postos do Bilhete Único.

Alunos da UFC, UECE e IFCE podem fazer seu pedido através da internet. Basta imprimir a solicitação da gratuidade 2015, anexar os documentos exigidos e devolvê-los nos seus nos respectivos DCE´s ou Etufor. Os alunos também devem possuir o cadastro da biometria facial.

Postos de cadastro da biometria facial
- Etufor: Avenida dos Expedicionários, 5677 – Vila União (de segunda a sexta das 8h às 16h30).
- Sindiônibus: Avenida Borges de Melo, 60 – Aerolândia (de segunda a sexta das 8h às 17h).
- Terminais do Siqueira, Parangaba, Papicu e Antônio Bezerra (de segunda a sábado das 6h às 21h).
- Vapt-Vupt Messejana: de segunda a sexta, de 8h às 17h.
- Praças Coração de Jesus e José de Alencar (de segunda à sábado das 7h às 18h).

Informações: Etufor

READ MORE - Prefeitura de Fortaleza prorroga validade das carteiras de estudantes por 60 dias

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960