Corredor Metropolitano do ABD é referência de transporte que satisfaz os usuários

quinta-feira, 21 de maio de 2015

O Corredor Metropolitano do ABD, operado pela concessionária Metra, possuí altos índices de satisfação dos usuários. Pesquisas recentes mostram que 75% dos entrevistados consideram como excelente e bom a operação dos ônibus. Em 2012, esse índice era de 67%. 

Mas em todos os 45 km de vias do corredor, dividido em dois segmentos sendo 33 km providos de rede elétrica para trólebus entre São Mateus e o Jabaquara, e outros 12 km entre Diadema e Brooklin, não possuem embarques com pagamentos antecipados. Esta é uma das principais caraterísticas que constitui o modelo “Bus Rapid Transit (BRT)”, que somado a outros fatores, poderiam aumentar a velocidade dos veículos.

Em 2012, a medida de instalação de bloqueios nas paradas chegou a ser anunciada, porém até agora não foi de fato implantada. (relembre aqui).

De acordo com a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, a EMTU, o projeto das paradas com embarque esta sendo desenvolvido pela Metra. No entanto, a EMTU não deu prazos para a instalação das estruturas.

Outra característica inexistente esta relacionado a prioridade de ônibus nos cruzamentos (para evitar a atraso em intersecções rodoviárias). A funcionalidade é presente no sistema de BRts de Curitiba. O corredor de trólebus do ABD opera desde 1988.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960