Apresentado plano de melhorias da mobilidade urbana na Região Central de BH

sábado, 17 de janeiro de 2015

Belo Horizonte está prestes a passar por uma reformulação em sua estrutura de mobilidade urbana no Hipercentro. A Operação Trânsito Melhor - Mobicentro, prevê melhorias no trânsito da cidade, que devem começar até o meio deste ano. Mudanças de circulação serão implantadas, assim como novas travessias para pedestres na Avenida Afonso Pena, Ruas Curitiba, Tupinambás, Espírito Santo, Tupis e Assis Chateaubriand. O objetivo é oferecer agilidade aos pedestre e motoristas que circulam diariamente pela região. 

A Prefeitura de Belo Horizonte informou por meio da BHTrans, que serão feitos ajustes na geometria das calçadas e áreas para travessia de pedestres. Também estão previstos novos semáforos, placas e faixas de pedestre. A previsão é de que as mudanças sejam concluídas até julho. As mudanças serão feitas em três etapas, sendo que a primeira delas será na Avenida Afonso Pena, no cruzamento com a Rua Espírito Santo.

De acordo com o projeto, a Rua Espírito Santo, entre Rua dos Tupis e Avenida Afonso Pena, atualmente mão única nesse sentido, passará a operar em mão dupla. Já a Rua dos Tupis, entre Avenida Afonso Pena e Rua Espirito Santo, atualmente mão única nesse sentido, vai operar em mão única no sentido contrário. Outra mudança acontece na Avenida Assis Chateaubriand (ao lado do Viaduto Santa Teresa), entre a Avenida dos Andradas e Rua da Bahia, atualmente mão única nesse sentido, que vai funcionar em mão única no sentido contrário. O período de implantação das alterações será informado previamente pela BHTrans.

A segunda fase de mudanças no trânsito da Capital será feita entre a Avenida Afonso Pena e Rua São Paulo. Após a conclusão das obras, a Rua Curitiba, entre a Avenida Afonso Pena e Rua dos Tupinambás, atualmente mão única nesse sentido, passará a operar em mão única no sentido contrário e a Rua dos Tupinambás.

atualmente mão única nesse sentido, passará a operar em mão única no sentido contrário e a Rua dos Tupinambás, entre a Rua Curitiba e a Avenida Afonso Pena, atualmente mão única nesse sentido, passar operar em mão única no sentido inverso. 

Com as alterações de circulação o cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua São Paulo deixa de ter a aproximação da Rua dos Tupinambás, reduzindo de três para dois estágios semafóricos, ampliando o tempo para a travessia dos pedestres. As mudanças ainda serão agendadas pela prefeitura. 

Na terceira fase das alterações, a Avenida Afonso Pena também estará presente, porém o trabalho será feito no cruzamento com a Avenida Amzonas, no coração da cidade. Serão proibidas as conversões à direita da Avenida Amazonas para Avenida Afonso Pena, em ambos os sentidos. Também será proibida a conversão à direita da Avenida Afonso Pena para a Avenida Amazonas, em ambos os sentidos.

TEMPO DOS SEMÁFOROS

O tempo dos semáforos localizados na Praça Sete de Belo Horizonte também vão sofrer mudanças. Atualmente o prazo de espera médio é de 55 segundos, tempo este que deve cair para 20 segundos até que o pedestre finalize a travessia.

Informações: Estado de Minas


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960