Prefeitura de Fortaleza inicia entrega do Bilhetinho para crianças até 7 anos, veja como se cadastrar:

domingo, 15 de dezembro de 2013

A Prefeitura de Fortaleza começa a entrega dos Bilhetinhos, os cartões que irão garantir passe livre para crianças com até sete anos de idade no sistema de transporte urbano. Os primeiros cartões solicitados pelos pais chegaram nesta segunda-feira (09/12) na sede da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e as crianças que receberem já podem sair utilizando o serviço, pois todos os ônibus e vans estão aptos a passar o Bilhetinho.
O cadastro é gratuito e o prazo de entrega é de 15 dias úteis (Foto: Kaio Machado)
De acordo com o censo do IBGE de 2010, Fortaleza tem cerca de 238 mil crianças na faixa etária que pode solicitar o cartão e usufruir do benefício. O cadastro é gratuito e o prazo de entrega é de 15 dias úteis. Até a manhã desta segunda-feira (9/12), 431 cadastros foram realizados, a maioria deles na sede da Etufor, que atende todos os tipos de casos. Os postos do Bilhete Único localizados nos sete terminais de integração, nas praças José de Alencar e Coração de Jesus e na sede do Sindiônibus também estão realizando cadastro, mas apenas para crianças que possuem carteira de estudante.

Segundo a primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra, o Bilhetinho é mais uma ação da Prefeitura em prol da infância. “Vamos trabalhar sempre para garantir os direitos das crianças. Neste caso, o direito de ir e vir com dignidade no transporte público, sem precisar passar por baixo da catraca, reafirmando o nosso compromisso de Fortaleza, Cidade Amiga da Criança”. 


Essa é uma vantagem do Bilhetinho: permitir a passagem da criança pela catraca e não mais por baixo dela, como acontecia antes, garantindo mais dignidade aos pequenos. Além disso, o Bilhetinho evitará dúvidas ou questionamentos por parte dos cobradores, pois todo o serviço de checagem de idade e de estatura terá sido realizado no ato do cadastramento. Isso porque o projeto conta com o sistema de segurança da biometria facial, que evitará que o cartão seja utilizado por terceiros e outros tipos de fraudes.

Quem tem direito à gratuidade:

- Crianças com até 7 anos.
- Crianças com altura até 1,10m (um metro e dez centímetros de altura).

Onde fazer o cadastro e a documentação necessária:

- Crianças que possuem carteira de estudante de 2012 ou 2013
Local de cadastro: Postos do Bilhete Único.
Documentação: carteira de estudante e comprovante de residência com CEP.

- Crianças que estudam, mas não tem carteira de estudante
Local de cadastro: Etufor.
Documentação: Declaração de matrícula, fotos 3x4, RG e CPF do responsável, certidão de nascimento do beneficiário e comprovante de residência com CEP.

- Crianças que não estudam
Local de cadastro: Etufor.
Documentação: RG e CPF do responsável, certidão de nascimento do beneficiário e comprovante de residência com CEP.

- Crianças acima de 7 anos, mas com altura até 1,10m
Local de cadastro: Etufor.
Documentação: ver documentação de acordo com as opções acima.

Informações: Pref. de Fortaleza
READ MORE - Prefeitura de Fortaleza inicia entrega do Bilhetinho para crianças até 7 anos, veja como se cadastrar:

SuperVia é a Melhor Operadora de Passageiros de 2013

Operadora de Passageiros pelo Conselho Editorial da Revista Ferroviária. A concessionária de trens do Rio de Janeiro ampliou o número de passageiros transportados e de carros de passageiros ativos; e melhorou o desempenho em relação aos indicadores de Número de Passageiros Transportados por Funcionário e Número de Carros Ativos por Quilômetro de Malha.

A empresa será homenageada durante o Prêmio Revista Ferroviária 2014, que será realizado em São Paulo, em março de 2014.

Como parte da ampliação do prazo de concessão, a SuperVia está realizando em parceria com o Governo do Estado do Rio de Janeiro investimentos em sua malha. A operadora está adquirindo novos trens, revitalizando ramais e estações. No ano passado, a concessionária inaugurar seu novo Centro de Controle Operacional e neste ano iniciou o uso do sistema de proteção automática o Automatic Train Protection (ATP) no ramal entre a Central e Deodoro, onde circulam 60% de seus passageiros. O sistema permitirá a redução do intervalo entre trens e trará mais segurança para a operação.

Em agosto, foi inaugurado um novo centro de simulação ferroviária, com dois simuladores de condução de trens para realizar o treinamento de 320 maquinistas e um simulador para treinamento no novo sistema de sinalização.

A SuperVia tem 270 quilômetros de malha dividida em cinco linhas, com 100 estações, que atendem o Rio de Janeiro e as cidades do entorno. No ano passado, a SuperVia transportou  143,6 milhões de passageiros e investiu R$ 245,2 milhões no sistema.

Informações: Revista Ferroviária

READ MORE - SuperVia é a Melhor Operadora de Passageiros de 2013

No Recife, Linha 411 – Estrada dos Remédios tem itinerário alterado

Para melhor atender aos usuários que circulam no corredor de ônibus da Av. Sul, o Grande Recife Consórcio de transporte modificou o itinerário da linha 411 – Estrada dos Remédios. Os passageiros deste linha devem ficar atentos quanto as mudanças que entrarão em vigor a partir deste sábado (14). 

Com a alteração, os ônibus dessa linha voltarão a atender o Terminal de Passageiros de Santa Rita, com isso não farão mais o trajeto passando pelo IMIP e circularão no seguinte itinerário: Rua Motocolombó, Av. Sul (pista exclusiva), Terminal Cais de Santa Rita, Av. Martins de Barros, Rua Siqueira Campos, Rua do Sol, Rua Floriano Peixoto, Rua do Peixoto, Av. Dantas Barreto, Av. Sul (pista exclusiva)... 


Já os veículos dessa linha que atendem a Prefeitura do Recife terá o seguinte trajeto: Rua Motocolombó, Av. Sul (pista exclusiva), Terminal Cais de Santa Rita, Av. Martins de Barros, Ponte Buarque de Macedo, Av. Rio Branco, Av. Alfredo Lisboa, Av. Militar, Av. Cais do Apolo, Ponte Maurício de Nassau, Av. Martins de Barros, Rua Siqueira Campos, Rua do Sol, Rua Floriano Peixoto, Rua do Peixoto, Av. Dantas Barreto, Av. Sul (pista exclusiva)... 

Para mais informações, os usuários devem entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente, no 0800 081 0158.

Informações: GRCT
READ MORE - No Recife, Linha 411 – Estrada dos Remédios tem itinerário alterado

Adiada licitação de radares para o BRT de BH

A BHTrans adiou a licitação para instalar radares em sistema de rodízio em 178 pontos espalhados pelas pistas por onde passarão os coletivos do transporte rápido por ônibus (BRT, da sigla em inglês). O adiamento vai atrasar a colocação dos equipamentos que fiscalizarão avanço de semáforo, excesso de velocidade e invasão das pistas exclusivas para os ônibus do BRT. Como não há previsão de quando a licitação será retomada, é grande a chance de a largada do BRT ser dada sem a presença dos fiscais eletrônicos, já que o corredores Cristiano Machado e Central começam a funcionar em 15 de fevereiro. 

Nesse caso, de acordo com a concorrência pública 05/2013, a tecnologia escolhida pela empresa vencedora não pode prever obras no pavimento. O adiamento foi publicado ontem no Diário Oficial do Município (DOM), em razão de “impugnações e questionamentos apresentados aos termos do edital” pelos interessados. Além do certame para vigiar o comportamento dos ônibus e, eventualmente, de invasores das novas faixas exclusivas, o outro edital destinado à ampliação dos radares de Belo Horizonte já havia sido adiado, no fim de novembro, pelas mesmas razões.


Junto com a operação dos ônibus do BRT, batizado de Move, a BHTrans apostava no funcionamento dos novos radares, divididos em dois blocos. Na concorrência pública 05/2013, lançada em 13 de novembro e adiada ontem, estavam previstos olhos eletrônicos em sistema de rodízio nas avenidas Pedro I, Antônio Carlos, Cristiano Machado, Paraná e Santos Dumont. Desse total, são 93 endereços fiscalizados ao mesmo tempo e outros 85 pontos com infraestrutura necessária para a mobilidade dos radares e mudança dos equipamentos quando for interesse dos gestores. 

Na ocasião em que o edital foi publicado, a BHTrans informou que “a detecção dos veículos infratores deverá ser feita por meio de equipamentos com tecnologia que registre a infração por radiofrequência, emissão de frequência luminosa e videomonitoramento”, ou usando outras estratégias que não representem obras no pavimento. Ninguém da empresa foi encontrado para comentar se os questionamentos apresentados têm relação com essa exigência, uma vez que o órgão gestor do trânsito na capital não pretende quebrar novamente as pistas de concreto recém-construídas. Todos os 94 ra dares fixos que operam hoje na capital usam o sistema de sensores no asfalto. Há ainda três aparelhos móveis em funcionamento na cidade. 

SEGUNDO ADIAMENTO 
Já na concorrência pública 04/2013, lançada em 18 de outubro e adiada em 20 de novembro, está prevista a instalação de equipamentos para fiscalizar 293 pontos, também no sistema de rodízio, na área de influência do BRT ou em avenidas importantes para o desempenho de todo o sistema integrado, como a Avenida Pedro II. Porém, nesse lote nenhum equipamento vai fiscalizar pontos nas pistas exclusivas de concreto. Os aparelhos são destinados às faixas normais, de circulação dos demais veículos, e também às pistas exclusivas criadas sem divisão física, a exemplo do que já existe na Avenida Nossa Senhora do Carmo e será expandido para outros corredores da cidade.

Como normalmente um processo licitatório desse tipo leva em torno de 90 dias para ser concluído, não será possível começar a multar os infratores ao mesmo tempo em que o BRT for inaugurado. Segundo a Secretaria Municipal de Obras da capital, o cronograma do novo sistema prevê que os corredores da Paraná, Santos Dumont e Cristiano Machado comecem a funcionar em 15 de fevereiro. O funcionamento na Avenida Antônio Carlos e na Estação Pampulha começa até 15 de março. Já as estações Vilarinho e Venda Nova vão operar a partir de 15 de abril, quando todo o sistema estará pronto. 

Por Guilherme Paranaiba
Informações: Estado de Minas
READ MORE - Adiada licitação de radares para o BRT de BH

Capital Paulista terá mais 94 km de corredores de ônibus

São Paulo vai ganhar mais de 37 km de faixas exclusivas de ônibus na próxima semana, segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). Com isso, a cidade vai superar a meta de 300 km de faixas estabelecida para este ano. 

No início da semana, a prefeitura afirmou que pretende continuar ampliando a medida mesmo após ultrapassar a marca. Para a próxima semana, a CET aponta novas faixas em todas as regiões da cidade.
Na zona leste, serão 8,6 km de faixa na avenida Dr. Assis Ribeiro, na região de Cangaíba, em ambos os sentidos. A faixa estará entre a av. Gabriela Mistral e a rua Reverendo José de Azevedo Guerra, e vai funcionar de segunda a sexta-feira das 6h às 20h e, aos sábados, das 6h às 14h. 

Na zona oeste, serão inauguradas novas faixas exclusivas nas ruas Monteiro de Melo, Jeroaquara e Trajano, na região da Lapa, e mais 300 metros na avenida Marquês de São Vicente, entre a rua Quirino dos Santos e a praça Luís Carlos Mesquita, o que complementará complemento o corredor Inajar de Souza/Rio Branco/centro. 

Na região central da capital paulista, as novas faixas estarão entre avenida da Liberdade e rua Vergueiro. No sentido centro, ela estará entre a av. Bernardino de Campos e a rua Barão de Iguape. Já rumo à região da av. Paulista, a nova faixa estará no trecho entre a rua Álvares Machado e a av. Bernardino de Campos. 

Na zona norte, os ônibus terão prioridade à direita pelas avenidas Miguel Conejo, Santa Marina e Nossa Senhora do Ó, no sentido centro. As novas faixas estarão em funcionamento de segunda a sexta-feira das 6h às 20h e, aos sábados, das 6h às 14h. 

O desrespeito à sinalização pode resultar em multa que varia de R$ 53,20 (faixas à direita) a R$ 127,69 (à esquerda). A prefeitura aponta que até o final do ano, a cidade deverá ter 220 km de faixas exclusivas de ônibus.  

Informações: R7.com



Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP
READ MORE - Capital Paulista terá mais 94 km de corredores de ônibus

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960