Linha Laranja do Metrô de SP ganha licença ambiental e obra deve iniciar em 2014

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

São Paulo vai contar com mais 15,9 quilômetros de linhas de metrô. O edital da concorrência internacional para a licitação das obras de implantação, operação e manutenção da Linha 6-Laranja, que serão realizadas por meio de parceria público-privada (PPP), foi anunciado nesta quarta-feira (30/01) pelo governador Geraldo Alckmin. O vencedor da licitação será a empresa ou consórcio de empresas que apresentar a proposta comercial mais vantajosa para a concessão patrocinada do projeto.

A expectativa é de que as obras sejam iniciadas em 2014 e concluídas em 2020. Além da construção (incluindo o pátio de manobra e a aquisição de  sistemas operacionais e a compra da frota de trens), o edital da Linha 6-Laranja também envolve a operação e a manutenção do trecho Vila Brasilândia - São Joaquim por um período de 19 anos de concessão. O investimento estimado é de R$ 7,8 bilhões, com a previsão de 50% por parte do Tesouro do Estado na fase de implantação do trecho.

A Linha 6-Laranja vai ligar a Vila Brasilândia (na zona norte da capital) à estação São Joaquim (Linha 1 - Azul) com 15,9 quilômetros de extensão e 15 estações, atendendo os bairros de Brasilândia, Freguesia do Ó, Pompeia, Perdizes, Sumaré e Bela Vista. Vai se integrar com as linhas 7-Rubi e 8-Diamante da CPTM, na futura estação Água Branca; Linha 4, na futura estação Higienópolis-Mackenzie; e Linha 1-Azul, na estação São Joaquim.

A demanda prevista é de 633,6 mil passageiros/dia, beneficiando ainda grandes centros educacionais, como Unip (Universidade Paulista), Uninove (Universidade Nove de Julho), PUC (Pontifícia Universidade Católica), Faap (Fundação Armando Álvares Penteado), Mackenzie e FMU (Faculdade Metropolitanas Unidas). Por esta razão, já é conhecida como a "linha das universidades".

O edital ainda prevê a eventual expansão da linha entre Vila Brasilândia-Bandeirantes (estações Morro Grande, Velha Campinas, Centro de Convenções Pirituba, Vila Clarice e Bandeirantes).

READ MORE - Linha Laranja do Metrô de SP ganha licença ambiental e obra deve iniciar em 2014

125 mil pessoas devem sair de Salvador pela rodoviária no carnaval, diz Agerba

Com destino ao interior baiano, 125 mil pessoas devem deixar Salvador pela rodoviária, durante o Carnaval, segundo a Agerba.

Estão previstos 750 horários extras para atender aos usuários no período de 4 a 13 de fevereiro, além dos 540 horários regulares que são cumpridos diariamente. A procura por passagens deve se intensificar a partir desta sexta-feira (1º).
Foto: creative commons
Os destinos mais procurados são as cidades de Itacaré, Porto Seguro, Lençóis, Vitória da Conquista e Juazeiro, além das localidades compreendidas ao longo da Estrada do Coco, Litoral Norte e Recôncavo.

A Agerba recomenda aos usuários do Sistema de Transporte Intermunicipal de Passageiros que procurem antecipar a compra das passagens, buscando evitar filas nos guichês.

É importante também que cheguem à rodoviária com antecedência mínima de 20 minutos do horário marcado para a viagem, evitando possíveis transtornos no momento do embarque.

As reclamações poderão ser feitas nos terminais rodoviários onde há postos de fiscalização da agência ou pelo telefone 0800-071-0080, da Ouvidoria da Agerba, das 7h às 19h, de segunda a sábado.  

READ MORE - 125 mil pessoas devem sair de Salvador pela rodoviária no carnaval, diz Agerba

No Recife, Obras do Corredor Leste-Oeste chegam na Av. Joaquim Ribeiro e alteram 15 linhas de ônibus

A partir do próximo sábado (02/02), o Grande Recife Consórcio de Transporte (GRCT) relocará quatro pontos de parada, por onde passam 15 linhas de ônibus na Avenida Joaquim Ribeiro, em Recife. As paradas localizadas entre a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Caxangá, em Recife, e a Academia das Cidades, em Camaragibe, vão dar lugar ao Corredor Exclusivo de Ônibus Leste/Oeste, obra que faz parte do Programa Estadual de Mobilidade Urbana (Promob) e executada pela Secretaria das Cidades. 

Todas as paradas serão transferidas do canteiro central, para o lado direito das calçadas, próximas ao local atual. Ou seja, quatro paradas serão colocadas no sentido cidade/subúrbio e quatro no sentido subúrbio/cidade. A mudança irá acontecer até o término das obras do Corredor Leste/Oeste, que está previsto para fevereiro de 2014. 

Detalhes do projeto do Corredor Leste-Oeste - Será responsável pelo transporte dos passageiros que vai da Praça do Derby até o Terminal Integrado de Camaragibe, atravessando a Avenida Caxangá, onde as paradas serão substituídas por estações. Com 12,5 km de extensão, o corredor vai passar por 22 estações e atender aos Terminais Integrados de Camaragibe, da Caxangá, da Terceira Perimetral, que será construído no cruzamento da Avenida Caxangá com a General San Martin; de Camaragibe; e da Quarta Perimetral, na BR-101. 

Também será construído um elevado próximo ao Engenho do Meio. E na Praça João Alfredo, ao lado do Museu da Abolição, na Segunda Perimetral, será construído um túnel. Com uma demanda de 126 mil passageiros/dia, a obra tem um valor estimado de R$ 145 milhões. Estima-se que a obra tenha duração de 18 meses. 

Os usuários do Corredor Leste/Oeste terão um ganho de 30 minutos em cada viagem, o que significa que o trabalhador terá economizado um dia de seu tempo ao final de cada mês. As obras desse corredor são gerenciadas pelas empresas consorciadas Mendes Júnior–Servix. 

Informações - O Consórcio está informando as mudanças aos usuários através de cartazes fixados nas paradas desativadas. Outras informações sobre o itinerário das linhas podem ser obtidas com a Central de Atendimento ao Cliente, pelo telefone 0800 081 0158, ou no site www.granderecife.pe.gov.br. 

Detalhamento das mudanças de parada: 
*Ao todo, 15 linhas serão afetadas: 
402 – Parque Capibaribe/Caxangá 
442 – Jardim Primavera (Vale das Pedreiras) 
445 –Tabatinga 
450 –Camaragibe (Conde da Boa Vista) 
457 – São Lourenço (Bacurau) 
459 –Loteamento Santos Cosme e Damião 
460 –Camaragibe (Príncipe) 
462 –Loteamento Santos Cosme e Damião (Bacurau) 
464 – Jardim Teresópolis/Caxangá 
469 –Camaragibe (CDU) 
480 – Camaragibe/Derby 
481 – Timbi/Derby 
488 – Vila da Fábrica/Caxangá 
489 – Bairro dos Estados/Caxangá 
490 –Camaragibe/Macaxeira

READ MORE - No Recife, Obras do Corredor Leste-Oeste chegam na Av. Joaquim Ribeiro e alteram 15 linhas de ônibus

Sindicato pede aumento da tarifa do transporte público, em Aracaju

Nesta terça-feira (29), foi entregue a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) ofício que solicita o aumento da tarifa de ônibus, em Aracaju. O documento foi entregue pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setransp).

Setransp quer que o valor suba R$ 2,52. No ano passado o governo municipal não concedeu o reajuste. “Nesses últimos dois anos já houve aproximadamente18% de aumento de reajuste de salário que representa hoje algo entorno de 44% dos custos do setor e nós temos que anualmente está colocando mais 5% da nossa frota em operação. O que gera um custo anual de entorno de R$ 9 milhões por ano”, explica José Amâncio, presidente do sindicato.

Segundo a assessoria da SMTT, o superintendente Nelson Felipe da Silva, junto com uma equipe do órgão, vai analisar o ofício do Setransp e encaminhar o estudo ao prefeito João Alves Filho.

Caberá ao prefeito decidir se haverá reajuste e qual a porcentagem. A expectativa da SMTT é que o anúncio seja feito nos próximos quinze dias.

READ MORE - Sindicato pede aumento da tarifa do transporte público, em Aracaju

Rodoviária de Curitiba passa por novas mudanças

A prefeitura de Curitiba anunciou novas mudanças no funcionamento da rodoviária em decorrência das obras, carros particulares não tem mais acesso aos estacionamentos públicos e, de quarta-feira em diante, os guichês de venda de passagens das linhas interestaduais mudam de lugar: ficarão também na ala estadual – eles foram construídos onde antes havia estacionamentos públicos.
Daniel Castellano/Gazeta do Povo
As pessoas que quiserem acessar a rodoviária de carro tem de deixar o veículo nos estacionamentos privados do entorno ou nos dois estacionamentos particulares que existem na própria rodoviária: um está localizado em frente ao terminal e outro atrás dele (a permanência de 30 minutos custa R$ 3 e a de uma hora fica por R$ 4).

Qualquer acesso à rodoviária (a pé ou de táxi), a partir de quarta (30), terá de ser feito pela ala estadual, pois a interestadual ficará interditada. Os desembarques (das linhas estaduais e interestaduais) passam a ser feitos apenas nas plataformas interestaduais, em um espaço que ganhou nova cobertura. Para chegar a ala estadual e ir embora, os passageiros terão acesso a uma passarela interna que ficará liberada.

Os embarques serão feitos normalmente, só que o acesso será apenas pela ala estadual. Apenas os embarques da Viação Catarinense passam para a ala estadual (antes eram feitos na ala interestadual). Faixas e painéis devem orientar os usuários.

READ MORE - Rodoviária de Curitiba passa por novas mudanças

Prefeitura de Santos irá ampliar a malha cicloviária da cidade

A Prefeitura de Santos irá ampliar a malha cicloviária da cidade e construir novas pistas no Canal 6 (Avenida Joaquim Montenegro) e na Rua João Pessoa (Centro), além de concluir a via em implantação na Av. Nossa Senhora de Fátima (Zona Noroeste). As três obras estão entre os 11 projetos do município que contarão com recursos provenientes do Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Turismo, totalizando R$ 6,1 milhões.

A nova ciclovia do Canal 6 será interligada às existentes na orla e porto, cruzando a faixa da Avenida Afonso Pena. A pista terá 1.800 m de extensão, com 1,80 m de largura, e ficará na calçada lateral ao canal no sentido Praia-Centro.

Também está previsto o plantio de 3 mil m² de grama no entorno, o que contribuirá para absorção da água da chuva e paisagismo. O projeto da obra será analisado pelos órgãos de defesa de patrimônio Condepasa (municipal) e Condephaat (estadual), além do Dade. “Após a aprovação destes órgãos será realizado o processo licitatório da obra, a qual deve ter início no segundo semestre deste ano”, explica Raquel de Melo Ribeiro, chefe do Departamento de Planejamento de Obras da Secretaria de Infraestrutura e Edificações.

Expansão da malha beneficia Centro e Zona Noroeste
A ciclovia da João Pessoa terá 1.700 m de extensão e interligará a ciclovia da Praça dos Andradas à futura ciclovia da avenida Perimetral (Porto), no lado esquerdo da via (contrafluxo do tráfego). 

Já a ciclovia da Nossa Senhora de Fátima (ZNO), em construção no canteiro central da avenida, terá 3.200 metros de extensão e será interligada com a pista exclusiva para bicicletas da avenida Martins Fontes. Atualmente, a malha cicloviária de Santos conta com 30,9 Km.

Informações: Prefeitura de Santos
READ MORE - Prefeitura de Santos irá ampliar a malha cicloviária da cidade

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960