Tarifa de ônibus em Natal sofre reajuste neste sábado

sexta-feira, 31 de maio de 2013

As tarifas do transporte público de passageiros na Região Metropolitana de Natal vão sofrer reajuste. O aumento foi confirmado ontem pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Rio Grande do Norte (DER/RN) e entra em vigor a partir do próximo sábado, dia 1º de junho. Em média, o preço das passagens vai aumentar 8,21%, mas há casos onde o reajuste será de 13,63%. A portaria que autoriza o reajuste será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) juntamente com a planilha com os custos mensais das empresas.
Foto: Junior Santos
De acordo com o diretor geral do DER/RN, Demétrio Torres, o aumento foi autorizado após uma minuciosa análise de todas as planilhas apresentadas pelo Sindicato das Empresas de Transporte Intermunicipal de Passageiros do RN (Setrans-RN). “O último reajuste foi autorizado ainda no Governo passado. Analisamos todos os custos das empresas e chegamos a alguns percentuais de acordo com a quilometragem de cada linha”, explicou ele.


Reajuste salarial dos rodoviários, aumento no preço dos combustíveis, pneus e outras peças foram os principais itens, segundo Torres, que influenciaram na majoração das tarifas. “Levamos em conta também uma portaria de setembro de 2005 que regulamenta as linhas intermunicipais que são urbanizadas”, completou. O documento está no site do DER/RN e as planilhas fornecidas pelo Setrans/RN serão publicadas no DOE. 

O diretor geral explicou também que a desoneração do PIS/ Cofins nas passagens de ônibus, anunciada pelo Ministério da Fazenda – ainda sem regulamentação oficial – foi incluída na elaboração do novo reajuste. “Além das planilhas, analisamos essa variável. O aumento da tarifa é o único caminho que temos”, disse.

O reajuste das tarifas intermunicipais foi ponto de controvérsia entre empresários e Governo, desde o dia 18 de maio, quando a tarifa de ônibus de Natal passou de R$ 2,20 para R$ 2,40. Nesse dia, as empresas que fazem o transporte de passageiros entre municípios da RMN reajustaram as tarifas para R$ 2,50, sem autorização do DER/RN. O órgão determinou a redução do valor.

Por Roberto Lucena
Informações: Tribuna do Norte

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960