Salvador não terá Corredor BRT e nem Metrô para a Copa do Mundo de 2014

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

E quem perde é a população, pois um dos maiores legados que a copa do mundo pode deixar nas cidades sedes é a questão da mobilidade urbana, mas infelizmente a cidade de Salvador através de seus governantes pecaram e muito na escolha dos modais, onde a briga entre Metrô e BRT parecia mais importante, e no final das contas, nenhum dos dois modais será implantado na cidade para a copa.
Foto: Portal 2014 - Trilhos sem trens em cima do trânsito intenso de Salvador
E o que dizer do famoso Metrô onde há cerca de quatro anos, Salvador  recebeu seis trens para usar no metrô, e até hoje nenhum serviu a população, onde três composições chegaram em Salvador em novembro de 2008 e outras três em janeiro de 2009. Em agosto de 2010 todos foram colocados nos trilhos. Reforçando que a construção teve início em 1999 e estava previsto para entrar em operação em 2003, mas até hoje não entrou em operação.

Os vagões permanecem adormecidos sobre os trilhos enferrujados.

Em Salvador, por exemplo, em vez de um corredor do ônibus ligando o Aeroporto Internacional ao norte da cidade, serão feitas duas pequenas intervenções no entorno da Arena Fonte Nova, o estádio da Copa na Bahia, com custo de R$ 35,7 milhões, o que representa R$ 532 milhões de redução do investimento previsto. 

Nem o governo municipal – que queria o corredor de ônibus previsto – nem o governo do estado da Bahia, que pretendia incluir na Matriz o metrô de Salvador, em vez do corredor, tiveram os projetos contemplados. 

Por enquanto a população ficou sem corredor de ônibus e sem metrô – depois de uma negociação com o governo federal, o governo estadual conseguiu incluir o metrô, com orçamento de 3,5 bilhões de reais, no PAC de Mobilidade Urbana. Que nada tem a ver com a Copa.

Informações: Blog Meu Transporte e Portal da Copa

Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook

Videos exibidos em 2010 no programa CQC da Band, vejam os absurdos desta construção.
Parte 01

Parte 02

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960