Prefeitura de Porto Alegre entrega trecho de ciclovia no Centro Histórico

sábado, 26 de janeiro de 2013

Transitar de bicicleta pelo centro de Porto Alegre agora é mais seguro e mais fácil. A ciclovia da rua Sete de Setembro, com 585 metros de extensão entre a avenida Borges de Medeiros e a rua Padre Thomé, foi entregue à população na manhã desta sexta-feira, 25. O prefeito em exercício, Sebastião Melo, e o diretor-presidente em exercício da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Carlos Pires, fizeram a inauguração do trecho e percorreram o trajeto de bicicleta. 

“Esta ciclovia, no Centro Histórico, representa um avanço para o dia-a-dia do cidadão de Porto Alegre, principalmente para os que utilizam a bicicleta para trabalhar. Mudar a cultura, mudar os hábitos, não é fácil. Mas a gente observa o aumento do número de ciclistas circulando pelas ruas da Capital. E a ciclovia serve de estímulo para que mais pessoas passem a utilizar esse meio de transporte, pois garante segurança e uma convivência mais harmônica com os outros veículos”, disse o prefeito em exercício. (fotos)

A via é separada por tachões e o asfalto foi pintado com tinta vermelha, no padrão das outras ciclovias mais recentes. Placas de sinalização e semáforos específicos para ciclistas foram instalados. Os contêineres da coleta seletiva foram deslocados para os espaços ao lado da ciclovia.

As Ciclovias de Porto Alegre – Hoje a Capital tem 12 quilômetros de ciclovias e ciclofaixas. No primeiro semestre deste ano, devem ser entregues à população outras 3. A ciclovia da rua Dona Adda Mascarenhas de Moraes, na zona Norte, deverá ter 1,2 quilômetros, entre as ruas Karl Iwers e a Vitório Francisco Giordani. A da avenida Chuí, na zona Sul, vai ligar as avenidas Icaraí e Diário de Notícias, com 650 metros de extensão. Na Cidade Baixa, a via terá um trecho de 2 quilômetros na rua José do Patrocínio e Avenida Loureiro da Silva.

Ciclovias já implantadas:

Ipiranga: Dos 9,4 quilômetros previstos para a avenida Ipiranga, 1,8 quilômetros já foram entregues, entre a Azenha e a Edvaldo Pereira Paiva.

Restinga: 4,6 quilômetros de extensão. Custo da obra foi de 1,1 milhão financiados pelo município. São 3 quilômetros na avenida João Antônio da Silveira, entre as avenidas Edgar Pires de Castro e Ignês Fagundes. Outros 500 metros conduzirão até as proximidades do Parque Industrial, e 1,1 quilômetro na Nilo Wulff, entre a avenida João Antônio da Silveira e o terminal de ônibus.

Diário de Notícias: Ao longo da Diário de Notícias, entre Wenceslau Escobar e Chuí, com 2,1 quilômetros de extensão. Obra concluída. Construída como contrapartida, pelo Barra Shopping.

Ipanema: Inicia na Coronel Marcos com Déa Cofal, segue pela Déa Cofal e avenida Guaíba até a avenida Osvaldo Cruz, com1,2 quilômetro de extensão. Foi revitalizada em 2012.

Icaraí: 1,7 quilômetro, entre as avenidas Chuí e Wenceslau Escobar, no sentido bairro-Centro, localizada ao lado direito da pista, junto ao meio-fio e sinalizada com tachões.

BikePoa – Quatro meses depois que o serviço de aluguel de bicicletas foi implantado em Porto Alegre, o BikePoa tem 25 mil usuários cadastrados e 49 mil viagens foram realizadas. A média é de 400 viagens por dia. O sistema conta com 17 estações e 170 bicicletas. Até abril, a capital terá 40 estações e 400 bicicletas disponíveis. Clique aqui para se cadastrar no BikePoa. 

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960