Na Grande Vitória, Operação Tudo pelo Coletivo intensifica fiscalização nos pontos de ônibus

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

A Operação Tudo pelo Coletivo reforça a fiscalização dos agentes municipais de trânsito nos pontos de ônibus, visando aumentar a segurança dos usuários do transporte público e melhorar a fluidez dos coletivos em Vitória.

No primeiro dia da ação, 23 multas foram aplicadas e quatro veículos foram guinchados por estacionamento indevido em pontos de ônibus. Os bairros em que essa infração foi mais comum foram Enseada do Suá, Praia do Canto e São Pedro.

A operação Tudo pelo Coletivo é uma ação da Secretaria Municipal de Segurança Urbana (Semsu) em parceira com a Secretaria Municipal de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana (Setran), que indicou, por meio da Gerência de Transporte Coletivo, os pontos onde há mais registros de veículos estacionados em pontos de ônibus.

O gerente de Operação e Fiscalização de Trânsito da Guarda Civil Municipal de Vitória, José Roque Nascimento, reitera a importância da conscientização dos condutores e do respeito ao espaço destinado aos coletivos. “Deixar livre o espaço reservado aos ônibus diminui a possibilidade de retenções no tráfego, já que os coletivos não precisarão parar no meio das vias”, enfatizou.

Os condutores devem ficar atentos ao estacionar nas vias públicas. Além de observar a placa que indica a existência do ponto de ônibus, é preciso respeitar a sinalização horizontal que irá definir a dimensão da área de embarque/desembarque dos coletivos, além da existência de baias específicas, com pavimento de concreto em muitos casos.

Quando não houver marca no pavimento nem baia, é necessário verificar se não há placa ou abrigo indicando a presença do ponto de ônibus. Nesse caso, deverá ser respeitada a distância de 10 metros antes e depois da placa representando o local de parada dos coletivos.

Estacionar em ponto de ônibus é uma infração de natureza média, com multa no valor de R$ 85,13 e perda de quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Além disso, o veículo poderá ser guinchado.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960