SPTrans altera itinerários para implantação da Ciclofaixa Guarapiranga

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Em razão da implantação da Ciclofaixa Guarapiranga, a São Paulo Transporte (SPTrans) informa alterações nos itinerários de cinco linhas aos domingos e feriados, das 7h às 16h, a partir deste domingo, 23 de dezembro.

Para informações sobre os trajetos de linhas de ônibus consulte itinerários ou ligue 156.

Linhas e Itinerários:

637V/10 Parque América - Terminal Santo Amaro
675R/10 Grajaú - Metrô Jabaquara
695D/10 Jd. Santa Barbara - Metrô Jabaquara
Ida: Normal até a Av. Rubens Montanaro de Borba, Av. Jacinto Júlio, R. Manoel de Teffe, Av. João Paulo da Silva, Av. Interlagos, prosseguindo normal.
Volta: Sem alteração

5652/10 Jd. IV Centenário – Pça. da Sé
Ida: Sem alteração.
Volta: Normal até a Av. Gregório Bezerra, Passagem Inferior (linha CPTM), R. Joao Baptista Cataldo, R. Djalma Pessolato e Pça. Automóvel Clube Paulista.

502J/10 Estação Autódromo - Metrô Santa Cruz (Circular)
Deverá operar com ponto inicial na baia existente na Av. Jair Ribeiro da Silva, sentido bairro (acesso a Estação Autódromo da CPTM).
Sentido Único: Av. Jair Ribeiro da Silva, Passagem Inferior (linha CPTM), R. Joao Baptista Cataldo, R. Djalma Pessolato, R. Fernando Mafra Moreira, R. Justino Nigro, R. Plinio Schmidt, Passagem Inferior (linha CPTM), Av. Jair Ribeiro da Silva, prosseguindo normalmente até Ponte Vitorino Goulart da Silva e Av. Jair Ribeiro da Silva (baia).

6071/10 Jd. Orion - Term. Santo Amaro
Ida e Volta: Sem alteração.

Informações: SPTrans

Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook
READ MORE - SPTrans altera itinerários para implantação da Ciclofaixa Guarapiranga

No Recife, Atual gestão da CTTU deixou a desejar

Pouca ou nenhuma saudade, assim é a visão da maioria da população em relação a atual presidente da CTTU, Maria de Pompéia.

Desde que que ela assumiu, pouca coisa foi feita pra melhorar de fato o trânsito na cidade do Recife, embora saibamos que o problema do trânsito hoje é uma epidemia nacional e até mundial, onde dezenas e centenas de carros entram nas ruas todos os dias nas principais metrópoles do Brasil, e aqui no Recife não foi diferente, hoje a região metropolitana do Recife está com cerca de 1 milhão de carros.

Já é sabido de todos nós que o problema só será solucionado com investimentos maciços em transporte público como por exemplo prioridades nos principais corredores da cidade, fato negativo da atual gestão que não construiu um sequer km de corredor nos últimos 04 anos.

Pelo contrário, os poucos corredores existentes são constantementes invadidos por carros sem nenhuma sequer fiscalização, outro ponto prometido e não cumprido, basta nos dirigirmos para o corredor da Av. Sul e veremos carros e mais carros na via destinada apenas aos ônibus.

E o que falar da faixa preferencial para ônibus da Av. Herculano Bandeira, onde a CTTU faz vista grossa quanto ao enfrentamento de priorizar o transporte naquela via.
Av. Dois Rios, Ibura
Má distribuição de agentes

Vias secundárias de bairros importantes da cidade como Nova Descoberta e Ibura não tiveram um olhar diferencial, onde engarrafamentos prejudicam e muito essas comunidades muito populosas sem nenhum agente de trânsito para fiscalizar o tráfego.

Um dos pontos importantes foi as mudanças no trânsito da Agamenon Magalhães, Av. Norte e recentemente no Binário de Casa Forte.

Enfrentamento, está é a palavra chave para quem quer resolver de fato o problema da mobilidade na região metropolitana do Recife, pois resolver de verdade o problema da mobilidade da cidade requer muita capacidade de enfrentar o transporte individual, resta saber se a próxima presidente terá essa capacidade, conhecimento a causa do transporte coletivo ela tem concerteza, ficamos na torcida.

Blog Meu Transporte
READ MORE - No Recife, Atual gestão da CTTU deixou a desejar

Em Uberaba, Empresas apresentam ônibus do sistema BRT de transporte coletivo

Ônibus que vão operar no sistema BRT nas linhas Leste-Oeste foram apresentados ontem pelas empresas concessionárias do transporte coletivo urbano ao prefeito Anderson Adauto. Apesar da aparência semelhante aos veículos que já circulam na cidade, as portas de acesso são mais altas, niveladas à altura dos terminais. Por outro lado, as obras para construção dos terminais não ficarão prontas nesta administração.

Foram entregues esta semana 14 veículos para as duas empresas do transporte que atuam na cidade. Os ônibus são chamados de metrorizados, por terem rampas na altura das estações de embarque, cujas portas são controladas e só abrem com sinal de sensor e controle de câmera. O prefeito Anderson Adauto destacou que esse modelo de ônibus, nos mesmos padrões do metrô, facilita a vida dos passageiros oferecendo mais conforto.

Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook

“Um ônibus parecido com um vagão de metrô, não tem escada, no intuito de trazer facilidades e conforto para o passageiro. São viagens curtas, em que a cada dois minutos e meio tem ônibus passando por qualquer subestação ao longo da av. Leopoldino, fazendo o traçado do terminal Leste e Oeste”, explica Anderson, ressaltando que o veículo diferenciado não exige uma massa asfáltica especializada, portanto, não serão necessárias mudanças nesse sentido.

Vale ressaltar que com o novo sistema terão apenas 14 ônibus circulando pela Leopoldino, além dos automóveis particulares. O que irá proporcionar fluidez ao trânsito. “E ainda, nos sistema que idealizamos, quando o ônibus passa, os semáforos são abertos, ou seja o sistema de trânsito é comandado pelo transporte coletivo”, explica Anderson, enfatizando que os ônibus dos bairros não passarão mais pelo centro.

Quanto às obras para construção dos terminais, Anderson explicou que o atraso foi por conta da chuva, mudanças no projeto e demandas judiciais dos terrenos. Mas garante que os recursos estão sendo deixados em caixa para a conclusão do terminal Oeste (R$4 milhões), próximo ao estádio Uberabão, e o terminal Leste (R$ 4,2 milhões), no bairro Manoel Mendes, está acertado com a Petrobras e a Vale.

Informações: JM Online

Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook
READ MORE - Em Uberaba, Empresas apresentam ônibus do sistema BRT de transporte coletivo

Micro-ônibus adaptados fazem transporte gratuito em Curitiba

Os nove micro-ônibus adaptados, que irão atender gratuitamente pessoas com dificuldade de locomoção por meio do transporte convencional, foram entregues nesta quinta-feira (20), em Curitiba. Os micro-ônibus são adaptados com elevador especial para cadeirantes e têm capacidade, cada um, para 17 lugares.

Os ônibus irão fazer o transporte de ida e volta da casa da pessoa com deficiência até os serviços de saúde, como hospitais, clínicas de reabilitação e laboratórios, com acompanhamento de um atendente capacitado. A previsão inicial é atender 60 pessoas por dia. O atendimento deverá ser ampliado gradativamente, conforme a demanda.

“O serviço é uma inovação no sistema de transporte público e está sendo ofertado sem ônus para a prefeitura, pois faz parte do compromisso firmado no processo licitatório do transporte coletivo da cidade”, disse o prefeito Luciano Ducci durante a entrega.

O usuário deve ter renda familiar que não ultrapasse  meio salário mínimo por pessoa para ter direito ao benefício. O serviço é voltado para pessoas sem autonomia relacionada às questões motora, emocional ou intelectual para utilizar os meios de transporte coletivos convencionais, mesmo com auxílio de um adulto.
Os ônibus irão circular de segunda a sexta-feira, excetos nos feriados, das 7h às 19h. 

Cadastro
Os beneficiários precisam se cadastrar no projeto “Acesso Transporte Especial” em um Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), onde será avaliada a condição socioeconômica. Depois, eles irão receber uma carteirinha de usuário fornecida pela Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Ela será obrigatória para a utilização do serviço. O usuário também deve estar acompanhado por um maior de idade.

Agendamento
O primeiro agendamento poderá ser feito no momento da emissão da carteirinha. Para agendar, é preciso ligar para a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência no telefone 3262-1314. O atendente anotará os dados do usuário e fará o agendamento para buscar a pessoa em casa no dia e horário solicitados.

O agendamento também poderá ser feito pela internet por e-mail: acessopcd@pmc.curitiba.pr.gov.br.

READ MORE - Micro-ônibus adaptados fazem transporte gratuito em Curitiba

Bilhete Único Carioca custará R$ 2,90 a partir de janeiro

A partir de 2 de janeiro de 2013, o preço do Bilhete Único Carioca – dos ônibus que circulam pelo município do Rio – passará de R$ 2,75 para R$ 2,90. O novo preço do Bilhete Único intermunicipal – dos ônibus que circulam na Região Metropolitana do Rio – também entrará em vigor em 2 de janeiro, passando de R$ 4,95 para R$ 5,20.

Já o preço do bilhete unitário dos trens da SuperVia que circulam pela Região Metropolitana do Rio passará de R$ 2,90 para R$ 3,10 a partir do dia 2 de fevereiro de 2013. O aumento foi aprovado nesta terça-feira (18), por unanimidade, em uma sessão regulatória pública da Agência Reguladora dos Transportes Públicos (Agetransp). A SuperVia vai avisar os passageiros a partir de 2 de janeiro sobre o novo valor da tarifa.

Na mesma sessão, o Conselho Diretor da Agência decidiu multar a SuperVia em cerca de R$ 36 mil devido ao incidente ocorrido em 19 de novembro de 2011. Na ocasião, por causa de um problema mecânico em uma composição, a concessionária não pôde seguir viagem e os passageiros tiveram que desembarcar na linha férrea na parte superior da Estação Coelho da Rocha, no subúrbio do Rio de Janeiro.

Metrô
A Agetransp também determinou que a Metrô Rio, concessionária responsável pelo metrô, terá o prazo de 120 dias para colocar um revestimento na porta dos armários dos disjuntores elétricos que elimine o risco de curto-circuito. Em muitos casos, o curto-circuito é responsável pela paralisação da circulação das composições. Caso não cumpra a deliberação, a concessionária também será multada em R$ 36 mil.

Informações: G1 Rio

Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook
READ MORE - Bilhete Único Carioca custará R$ 2,90 a partir de janeiro

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960