Em Blumenau, Corredor da Rua São Paulo entra em operação neste domingo

sábado, 28 de janeiro de 2012

O primeiro trecho do quinto corredor de ônibus entrará em funcionamento à 0h deste domingo. A via exclusiva para transporte coletivo na Rua São Paulo começa na esquina com a Rua Antônio da Veiga, no Bairro Victor Konder, e vai até a ponte próxima à prefeitura. Por enquanto, os motoristas terão 15 dias para se adaptar à mudança e os veículos que foram flagrados circulando pelo corredor não serão multados, apenas orientados a trafegar de acordo com a nova sinalização.

A partir de 13 de fevereiro, passado o período de adaptação, a Guarda de Trânsito aplicará multa de R$ 53,20 e o motorista receberá três pontos na carteira, correspondente à infração leve, de acordo com o Artigo 184 do Código de Trânsito Brasileiro. Vans escolares, caminhões de carga e ônibus de excursão também não poderão usar o corredor.


Quatro linhas de ônibus usarão a faixa exclusiva da Rua São Paulo: 32 (Via Água Verde), 10 (Via Rua São Paulo), 15 (Via Ponte Tamarindo) e 704 (Passo Manso). Serão aproximadamente 400 viagens por dia.
A via exclusiva passar por 10 transversais, sendo que, nos pontos de  intersecção com as ruas à direita, a via é de uso preferencial dos ônibus, mas com áreas livres para conversão de veículos. Neste caso, se um ônibus estiver usando a via, ele terá a preferência e os veículos que quiserem entrar ou sair da transversal terão de esperar.

Corredor terá trechos de uso compartilhado
Em alguns pontos há semáforos para facilitar a entrada de carros no fluxo da via principal. As áreas em que o motorista pode trafegar na pista exclusiva de ônibus estão sinalizadas com pintura e sem tachões de separação. Para o diretor de Trânsito de Blumenau, José Carlos de Oliveira, os motoristas devem redobrar a atenção ao trafegar nos pontos em que a via é de uso compartilhado:

— Acredito que não haverá problemas com a ativação de mais este corredor de ônibus, já que os motoristas já estão acostumados às mudanças e já não trafegam mais pelas faixas, até mesmo aquelas que não foram ativadas ainda.

De acordo com o Seterb, a implantação dos corredores de ônibus trouxe ganho de tempo aos usuários, já que houve aumento da velocidade média dos veículos. Na Avenida Martin Luther, os ônibus, que antes trafegavam na média de 10 Km/h, agora transitam a 25km/h.

O financiamento dos seis corredores, feito com recursos do BNDES, é de R$ 10 milhões, incluindo obras de passeios e ciclovias.

Segunda-feira, começa a retirada do asfalto no trecho da Rua São Paulo, entre a Rua Engenheiro Paul Werner e a Furb. A obra faz parte da melhoria nas vias devido a implantação do corredor de ônibus. Os serviços, que devem ser concluídos em uma semana, deixarão o trânsito em meia-pista. A colocação do asfalto nas duas pistas deve ser finalizada até o início de março.

Fonte: clicrbs.com.br


READ MORE - Em Blumenau, Corredor da Rua São Paulo entra em operação neste domingo

São Paulo: EMTU testará mais três ônibus movidos a hidrogênio

O PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) e o Consórcio que desenvolve o Projeto Ônibus Brasileiro a Hidrogênio, coordenado pela EMTU/SP, firmaram contrato para aquisição de três novos veículos, a um custo unitário de cerca de US$ 1 milhão. Assim como o protótipo que vinha sendo testado desde 2009, os novos ônibus não emitirão qualquer poluição, liberando no meio ambiente apenas vapor de água.

O prazo de entrega é de 15 meses, o que significa que os ônibus estarão em testes na Região Metropolitana de São Paulo – incluindo o ABC – durante o segundo semestre de 2013. A previsão é de que em 2014, ano da Copa do Mundo no Brasil, eles já sejam integrados à operação da frota intermunicipal gerenciada pelo Governo do Estado.

Os novos ônibus a hidrogênio terão um índice de nacionalização superior ao protótipo já testado. O destaque é o motor elétrico de tração, que passará a ser fabricado no Brasil. Continuam importados as células a hidrogênio, as baterias auxiliares de tração e os tanques de armazenamento de hidrogênio a bordo.
Os veículos serão fabricados com portas dos dois lados, podendo operar tanto pela porta direita como pela esquerda, no caso de corredores onde as operações de embarque e desembarque são realizadas nas plataformas centrais (por exemplo, a extensão Diadema – São Paulo do Corredor ABD). Para o desenvolvimento de todo o projeto foram destinados US$ 16 milhões.
Tecnologia 
Os ônibus em aquisição funcionarão com o uso combinado entre célula a combustível hidrogênio e banco de baterias recarregáveis, com recuperação de energia. O sistema híbrido propicia mais economia de combustível e racionalização da energia gerada, pois é possível o reaproveitamento da energia de frenagem (regeneração) nas baterias de tração nos momentos em que o veículo aciona o freio. 



READ MORE - São Paulo: EMTU testará mais três ônibus movidos a hidrogênio

No Rio, Implantação da BRS Presidente Vargas é adiada por conta dos desabamentos

A implantação da BRS Presidente Vargas, prevista para o dia 8 de fevereiro, foi adiada para o dia 27 em função da continuidade dos trabalhos de resgate e remoção de escombros dos prédios que desabaram na Avenida Treze de Maio, no Centro. A Secretaria Municipal de Transportes informou que todas as informações relativas ao projeto estão mantidas.

Inicialmente, o corredor funcionará exclusivamente nas pistas centrais em toda a sua extensão, ou seja, no trecho compreendido entre a descida do Trevo das Forças Armadas e a Candelária. 

"Com mais este BRS, a cidade passa a contar com 24km de corredores preferenciais para transporte público", comentou o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão.

A partir do dia 27, 187 linhas circularão pelo corredor de 3,5 km de extensão por sentido e os pontos serão organizados da seguinte forma: BRS 1, BRS 2, BRS 3, BRS 4, BRS 5 e um exclusivo para as linhas intermunicipais.

Ao todo, 25 linhas terão os trajetos modificados. Haverá 17 pontos seletivados por sentido ao longo da Presidente Vargas.  




READ MORE - No Rio, Implantação da BRS Presidente Vargas é adiada por conta dos desabamentos

Venha "Curtir o Blog Meu Transporte" pelo Facebook

O Blog Meu Transporte vem se consolidando como um dos principais portais sobre o transporte público e mobilidade urbana em todo o Brasil, Já são três anos e meio de informações para que você fique sempre atualizado, seja um seguidor do Blog via Facebook, basta clicar em curtir e todas as novas notícias estarão ao seu alcance, por aqui, passam cerca de quatro mil leitores diariamente e queremos que você participe também deste espaço, através de elogios, criticas e denúncias.

Também o Blog Meu Transporte têm a postagem do leitor, onde você pode relatar sua insatisfação com o transporte de sua cidade, seu bairro com ou sem imagem e postamos da mesma forma, basta enviar as informações para o e mail abaixo, o Blog Meu Transporte é de todos, faça parte desta idéia, seja um colaborador, juntos seremos mais fortes nas informações. Curtar o Blog no Facebook, dê o primeiro passo.

Blog Meu Transporte
"Aqui somos Todos Usuários"


READ MORE - Venha "Curtir o Blog Meu Transporte" pelo Facebook

No Recife, Ação civil pública para forçar a licitação das linhas de ônibus

Um grupo de estudantes que têm participado dos protestos contra o aumento das passagens vai dar entrada,  na próxima semana, numa ação civil pública no Ministério Público de Pernambuco para forçar o governo do Estado a licitar as linhas de ônibus da Região Metropolitana do Recife. Desde sempre, o Sistema de Transporte Público de Passageiros (STPP) da RMR é operado por empresas que têm apenas permissões precárias para rodar. Ou seja, não operam legalmente, escolhidas a partir de concorrência pública para escolher quem oferece o melhor serviço. Além de ser uma obrigação legal, prevista na Lei das Licitações (8666), a concorrência pública é saudável porque estimula a prestação de um serviço melhor, de mais qualidade.

A licitação das linhas de ônibus é prometida pelo governo do Estado há pelo menos dez anos e recentemente o governador Eduardo Campos garantiu que irá realizá-la até o fim do primeiro semestre. Mas os estudantes não querem esperar. Vão tentar forçá-la judicialmente. O mesmo grupo também está elaborando uma representação para barrar o reajuste de 6,5% concedido às passagens desde o último domingo. O argumento é de que o trabalhador que ganha R$ 622 por mês não tem condições de arcar com o aumento e ainda sustentar família e garantir moradia. As ações estão sendo elaboradas pelos estudantes do DA da Faculdade de Direito do Recife.

Por Roberta Soares
Fonte: JC Online



READ MORE - No Recife, Ação civil pública para forçar a licitação das linhas de ônibus

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960