São Paulo será a primeira cidade do mundo a receber um monotrilho de alta capacidade

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

São Paulo será a primeira cidade do mundo a receber um monotrilho de alta capacidade. Cada trem terá sete carros e poderá transportar até mil pessoas. Ao todo, a linha atenderá a uma demanda de até meio milhão de pessoas todos os dias.
A previsão é de que o primeiro trecho, que ligará Vila Prudente ao Pátio Oratório, seja entregue em 2013. Quando a linha estiver totalmente implantada, o percurso entre Vila Prudente e Cidade Tiradentes, feito atualmente em mais de duas horas, será percorrido em apenas 50 minutos.

O monotrilho contará com itens para garantir a acessibilidade, como sinalização em braile, mapa dinâmico da linha, sistema automático de emissão de mensagens sonoras e intercomunicador para os usuários falarem diretamente com os operadores do Centro de Controle do Metrô, caso necessário.
 
 
 
 
O monotrilho já foi implantado, com sucesso, em diversos países, como China, Estados Unidos, Japão e Austrália. Atualmente, está sendo construída uma extensão em monotrilho do metrô de Washington, nos Estados Unidos, com 37 km de linha construída e que tem como objetivo impulsionar o desenvolvimento urbano da região, além de ligar o metrô a um dos aeroportos que servem a cidade. O infográfico interativo abaixo mostra os detalhes das linhas sendo construídas atualmente na capital, com um aplicativo de áudio que explica o que é esse novo sistema, e porque ele foi o escolhido nessas áreas em detrimento do metrô subterrâneo.

Do Portal do Governo do Estado
 





0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960