Em Pernambuco, Sistema VLT poderá chegar à Suape

terça-feira, 18 de outubro de 2011

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) começou a testar o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Ele deverá substituir os trens antigos, que fazem o trajeto entre Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes, e o Cabo de Santo Agostinho. Porém a outra linha Curado/Cabo continuará sendo operada pelos trens a diesel, segundo a CBTU, os trens a diesel que hoje operam na linha do Cabo serão remanejados para a linha Curado.
O Metrorec também informou que já existem estudos de uma futura ampliação dos serviços do VLT, onde a intenção é fazer que o trajeto se estenda até Suape, devido ao grande pólo de emprego diretos que se dará num futuro próximo. Segundo a CBTU, O VLT para SUAPE demandará um novo projeto, com um aporte de novos investimentos. O Governo do Estado de Pernambuco já solicitou à SUAPE um projeto para implantação de um sistema de VLT até o Complexo Portuário, a partir de um ramal no trecho compreendido entre as estações de Cajueiro Seco e do Cabo. Desta forma, será necessária a compra de novos VLTs, além dos 07 que estão sendo adquiridos pela CBTU.
Os testes ainda estão em curso. A instalação do sistema nas demais estações continua sendo executada. Até o final do mês de dezembro deste ano o sistema deverá estar implantado em sua totalidade com a utilização dos novos cartões.

Blog Meu Transporte

READ MORE - Em Pernambuco, Sistema VLT poderá chegar à Suape

Rio recebe ônibus Mega BRT da Neobus

A Neobus participa de 18 a 21 de outubro do 18º Congresso Brasileiro de Transporte e Trânsito no Rio de Janeiro. O tradicional evento carioca é promovido pela Associação Nacional de Transportes Públicos e visa centrar o debate em torno da Mobilidade Urbana como fator decisivo para o desenvolvimento sustentável do Brasil neste momento especial de preparativos para Copa Mundial de Futebol de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

Desta forma, a Neobus – tradicional encarroçadora de Caxias do Sul (RS) responsável pelo maior ônibus do mundo lançado recentemente – apresenta para o mercado carioca mais uma novidade. Trata-se de um exclusivo modelo Mega BRT articulado de 18,60m direcionado para circular na Transoeste – corredor expresso de ligará a Barra da Tijuca a Campo Grande e Santa Cruz, na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. A Transoeste vai contar com várias estações de BRTs (sigla em inglês para Transporte Rápido por ônibus) em uma estrutura viária com características específicas, de vias exclusivas para ônibus com configuração para rápido embarque e desembarque.

O Mega BRT da Neobus é um projeto que expressa a evolução do mundo do ônibus no Brasil e oferece um novo conceito em transporte coletivo urbano focado no conforto e prazer de viajar. Com design “100% exclusivo”, aposta na aerodinâmica e no efeito de percepção visual “trem bala”. O veículo da Neobus é produzido para circular no transporte público – e como o nome deixa bem claro – diretamente no sistema BRT.


Fonte: Web Transport

READ MORE - Rio recebe ônibus Mega BRT da Neobus

Goiânia: Motoristas de ônibus receberão treinamento para evitar acidentes

Motoristas de ônibus em Goiânia receberão aulas de qualificação a partir do próximo de novembro. Depois de cobrança do Ministério Público, a Rede Metropolitana de Transporte Coletivo, RMTC, fará os cursos com todos os 2.552 motoristas da grande Goiânia.

De acordo com o promotor Érico de Pina, a grande quantidade de acidentes envolvendo veículos do transporte público é o que motivou o processo de qualificação dos funcionários.

“O Ministério Público quer que as empresas passem os motoristas por um plano de requalificação pra que eles reaprendam normas de segurança e qualidade para evitar o número de acidentes que já ocorreram este anos. Está faltando orientação para os motoristas e as empresas não têm feito esta orientação. A RMTC nos apresentou um projeto em que serão ministradas muitas horas de aula para todos os 2.552 motoristas que operam o transporte de Goiânia”, disse.

O curso que será ministrado pela RMTC aos motoristas segue um roteiro com três passos. Em primeiro lugar a situação atual será analisada, depois, serão explicados quais são os fatores de risco que podem causar acidentes. Em último lugar é implantado um programa chamado Transporte Consciente – Vida Segura.

O promotor Érico de Pina destaca que a efetivação do curso de maneira permanente deve aumentar a segurança dos usuários do transporte coletivo em Goiânia.

“Esse curso, de forma permanente, dá novas orientações de segurança e qualidade e vai melhorar a segurança do consumidor nos terminais. Porque hoje o motorista recebe lá umas regras, como economizar combustível, mas as normas de segurança como não fechar a porta com o ônibus em movimento, estacionar o ônibus adequadamente no ponto, fazer a verificação pelo retrovisor das condições de segurança pra colocar o veículo em movimento, não frear bruscamente, tratar o consumidor com cortesia, além da implantação de câmeras de filmagem dentro do veículo”, afirmou o promotor.

Os cursos serão ministrados aos motoristas da grande Goiânia durante 16 meses, a partir do próximo mês de novembro. Ao todo, serão investidos quase quatro milhões de reais para os treinamentos.


Fonte: Portal 730

READ MORE - Goiânia: Motoristas de ônibus receberão treinamento para evitar acidentes

Em Manaus, Sindicato quer ônibus novos de volta às garagens

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram) quer “guardar” nas garagens os 531 novos ônibus que já estão circulando até que o valor da tarifa volte a R$ 2,75, como estipula o contrato com a prefeitura, na cláusula que exige a renovação da frota.

Na noite de ontem, o diretor jurídico do Sinetram, Fernando Borges de Moraes, informou que a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) deve ser notificada hoje pelas empresas, que pretendem pedir “autorização” à prefeitura para não cumprir a parte delas no contrato. Na prática, essa medida resulta na retirada dos novos veículos de circulação, sendo substituídos pelos antigos, que já haviam sido “encostados”, explicou Moraes.

Para o advogado dos empresários, como a prefeitura não está cumprindo a parte dela no contrato, que é o reajuste - mesmo que por força judicial -, as empresas também ficam livres da obrigação de colocar os veículos novos em circulação. “É uma decisão judicial recente essa que suspendeu o reajuste da tarifa e criou essa situação, de não cumprimento do contrato pela prefeitura. Sabemos que a prefeitura não gerou isso, mas dentro dessa possibilidade (da permanência da tarifa em R$ 2,25), temos que arrumar uma forma de manter o serviço, mas sem arcar com investimentos novos.

O que estamos pedindo à prefeitura é autorização para, também, não cumprir nossa parte no contrato e, aí sim, guardar os novos veículos para evitar acidentes e desgastes excessivos.” De acordo com Moraes, a medida está sendo tomada pelas empresas de forma preventiva, para evitar prejuízos, caso não consigam pagar o financiamento dos veículos por falta de receita e tenham que devolvê-los aos bancos que financiaram as compras. “Estamos solicitando da prefeitura providências para viabilizar a operação e manutenção desses novos ônibus. Com esse valor (R$ 2,25) não vai ser possível pagar os investimentos nos ônibus novos, pois os financiamentos dependem da receita das empresas.

Os veículos estão alienados e já recebemos ligações dos bancos preocupados com os pagamentos. Se não pagarmos, elas podem tomar os ônibus.” ‘Criminosas’ Em discurso na manhã de ontem, durante a cerimônia de formatura dos novos agentes de trânsito, o prefeito Amazonino Mendes classificou como “criminosa” a suspensão do reajuste da tarifa do transporte coletivo para R$ 2,75, solicitada pelo Ministério Público Estadual (MPE) e acatada pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), na noite do último dia 11 de outubro.

Amazonino informou ainda que os bancos que financiaram a compra desses novos ônibus estariam “pressionando” as empresas para que vendessem os veículos, que já estão rodando, para quitar a dívida. O motivo da “preocupação” dos bancos, segundo ele, é justamente a suspensão do reajuste da tarifa. Para Amazonino, a suspensão do reajuste inviabiliza a permanência desses novos veículos na frota circulante. “Quando você dá uma tarifa menor, está criminosamente acabando com o sistema, que não vai ter dinheiro para renovar a frota. E os ônibus vão virando calhambeques, caindo aos pedaços. Então não tem saída: é matemática. (...) A gente sabe que tem forças ocultas, que isso não é de graça. A gente não pode acusar, mas a gente sabe.”



READ MORE - Em Manaus, Sindicato quer ônibus novos de volta às garagens

Em Teresina, Prefeitura abre inscrições para concurso de agente de trânsito

A Prefeitura de Teresina abriu ontem (17) inscrições para concurso público destinado a provimento de 30 vagas e cadastro de reserva para agentes de trânsito da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans). As inscrições vão até o dia 10 de novembro e devem ser efetivadas por meio do endereço eletrônico da Coordenadoria Permanente de Seleção (Copese) - www.ufpi.br/copese - da Universidade Federal do Piauí (UFPI), executora do concurso.

Os novos agentes vão ganhar salário de R$ 1.863,31, com carga horária de 36 horas semanais. Para participar do concurso é preciso que o candidato tenha concluído o Ensino Médio e seja portador da Carteira de Habilitação nas categorias A e B. Os interessados devem acessar o endereço eletrônico da Copese, preencher o formulário e efetuar o pagamento da taxa de R$ 80 até o dia 11 de novembro, em qualquer agência bancária ou em seus correspondentes.

O concurso será composto por três etapas. A primeira consta de uma prova escrita objetiva de conhecimentos gerais e específico de caráter eliminatório e classificatório, com 60 questões, valendo dois pontos cada. A segunda fase será um exame psicológico, também de caráter eliminatório. E a terceira etapa consistirá em um curso de formação de agentes de trânsito, de caráter eliminatório.

De acordo com a superintendente da Strans, Alzenir Porto, a concurso é mais uma medida no prefeito Elmano Férrer para a melhoria do trânsito em Teresina. "O concurso será para 30 vagas e mais dez agentes para o cadastro de reserva. Assim, estaremos ampliando o nosso quadro de agentes de trânsito para oferecer um trânsito mais seguro para a cidade", finalizou.


READ MORE - Em Teresina, Prefeitura abre inscrições para concurso de agente de trânsito

Dilma Rousseff anuncia R$ 30 bi em obras de transporte urbano

A presidente Dilma Rousseff afirmou na manhã desta segunda-feira (17) que o governo vai investir R$ 30 bilhões em obras para ampliação de metrôs, corredores de ônibus e veículos leves sobre trilhos (VLTs). O anúncio foi feito durante o programa "Café com a presidenta".

O foco principal do investimento deverá ser em metrô, tido pela presidente como um meio de transporte "rápido, moderno, [que] transporta muita gente, com qualidade e conforto". As cidades de Curitiba e Porto Alegre vão receber, cada uma, R$ 1,75 bilhão para a construção de metrôs.

Na capital gaúcha, quando as obras estiverem prontas, o metrô local deverá transportar até 300 mil passageiros por dia, afirmou Dilma Rousseff. Já no caso de Curitiba, o repasse de verbas deverá dar conta de 80% do total necessário para construir a primeira linha de metrô da cidade.


Belo Horizonte também vai receber R$ 1,75 bilhão para expandir o sistema com as novas linhas 2 e 3 e a modernização da linha 1. A presidente ainda anunciou o desejo de usar recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para acelerar as obras de metrô em Recife e em Fortaleza.

A cidade de Belo Horizonte deve receber 11 terminais de integração de ônibus, em sete municípios da região metropolitana da capital mineira. Em Porto Alegre, serão oito corredores de ônibus para ligar a capital gaúcha a outras cidades ao redor.

Dilma ainda defendeu o fim da ideia de transporte coletivo como uma exclusividade de pobres, mas disse que as pessoas têm o direito de ter acesso ao seu próprio carro. A presidente acredita que a solução para o transporte nas grandes cidades passa por investimento em transporte público de qualidade.

Fonte: G1.com.br

READ MORE - Dilma Rousseff anuncia R$ 30 bi em obras de transporte urbano

Prefeitura de Salvador quer mais dinheiro para o metrô

A Prefeitura de Salvador está tentando conseguir mais dinheiro do governo federal para as obras do metrô e outros itens de mobilidade urbana na capital baiana, garantiu o chefe da Casa Civil, João Leão, do Rio de Janeiro (RJ), onde, informou, consolidava, com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), a liberação de R$ 41 milhões para conclusão das obras do primeiro tramo do metrô (Estação da Lapa até Estação Acesso Norte, na Rótula do Abacaxi) e R$ 35 milhões para os trens do subúrbio, incluindo a ponte sobre o Rio São João.

Segundo ele, os R$ 76 milhões deverão chegar à Companhia de Trens de Salvador (CTS, estatal municipal) já na próxima semana – mas esse recurso já estava dentro da programação.
PAC Mobilidade - A prefeitura tenta agora negociar uma complementação de mais R$ 600 milhões no âmbito do PAC Mobilidade Urbana, e outros R$ 400 milhões a serem levantados, por empréstimo, junto ao Ministério das Cidades via Caixa Econômica Federal (CEF): o assunto será tratado hoje de manhã em Brasília por Leão e pelo secretário municipal de Infraestrutura, José Matos, com o ministro Mário Negromonte.

“Se conseguirmos mais R$ 600 milhões no PAC Mobilidade Urbana, Salvador ficará com uma fatia de R$ 3 bilhões, ou seja, 10% dos R$ 30 bilhões que estão previstos para capitais do País inteiro”, explica Leão. Os R$ 30 bilhões a serem investidos em mobilidade foram reiterados ontem de manhã por Dilma Rousseff em entrevista ao programa Café com a Presidenta.

Salvador tem até agora previsão de receber R$ 2,4 bilhões, a maior parte para ser aplicada no novo trecho do metrô, que vai do aeroporto (Lauro de Freitas) até a Estação Bonocô.

De acordo com João Leão, no mês passado foram repassados pelo governo federal R$ 22 milhões para a conclusão do primeiro trecho do metrô (uma obra iniciada em 1999), e foram empenhados outros R$ 245 milhões a serem investidos no início do segundo trecho (Estação Acesso Norte até Pirajá).
Mais dinheiro - Outros R$ 315 milhões para o segundo trecho têm previsão de serem liberados no próximo ano. Para a finalização do primeiro trecho, observa Leão, faltam ainda duas parcelas: uma de R$ 105 milhões, para conclusão da Estação Acesso Norte, e outros serviços, e outra de R$ 42 milhões, para aquisição de ferramentas e material de operação do metrô.

Dentro da programação esperada pela prefeitura, o governo federal ainda tem a liberar R$ 1,6 bilhão para o metrô da Paralela, R$ 150 mi para os trens do subúrbio, R$ 415 mi para o BRT (Bus Rapid Transit) que passará pela Pituba, e outros R$ 130 mi para construção da Av. 29 de Março, um novo acesso ligando Cajazeiras à BR-324, passando pela rota do metrô e Itapuã.

Share |
READ MORE - Prefeitura de Salvador quer mais dinheiro para o metrô

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960