Em BH, Sistema eletrônico no transporte coletivo é testado

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da BHTRANS, realiza na capital testes do Sistema Inteligente de Transporte Coletivo (SITBUS). Entre as 120 funcionalidades do sistema que serão testadas, salienta-se a implantação de painéis de LCD em 50 ônibus das linhas 8207 e 9206 e em 20 pontos de embarque e desembarque com objetivo de informar passageiros e motoristas.

Dentro dos ônibus das linhas em teste o usuário saberá em que ponto está e qual será o próximo. Já nos pontos, ele terá informação de quanto tempo falta para a chegada de sua linha. O motorista também tem um monitor próximo ao painel do veículo, na qual irão trocar informações com uma central de operações.

O SITBUS é um sistema integrado de gestão, monitoramento e informação do transporte coletivo que, por meio de ferramentas e equipamentos tecnológicos,
tem como objetivo a melhoria da segurança, regularidade, pontualidade e confiabilidade do serviço de transporte coletivo de Belo Horizonte. Foram implantados nos 50 veículos em teste, computadores de bordo, GPS, comunicação via telefonia celular (GRPS), botão para situações de emergência e monitores de informações para os motoristas e passageiros. No itinerário das duas linhas, 20 pontos de ônibus foram equipados com totens informativos, dotados de câmeras para preservar os mobiliários e inibir o vandalismo.

De acordo com o Diretor de Desenvolvimento e Implantação de Projetos, Daniel Marx, essas informações disponibilizadas pelos painéis irão possibilitar uma maior comodidade aos passageiros, dando a eles um maior poder de decisão. Por exemplo, se faltam aproximadamente 15 minutos para que o ônibus passe no ponto, o usuário pode decidir se espera ou se vai fazer outra atividade nesse tempo. Daniel explica que os testes visam ajustar esses sistemas, proporcionando confiabilidade dessas informações aos usuários, e assim, criar uma maior atratividade para o transporte coletivo. “A previsão é que, até o fim do ano, 150 pontos de ônibus estejam equipados com os painéis informativos e, em julho de 2013, esse número chegue a 1500 pontos”, salientou Daniel.

O desenvolvimento dos projetos e a implantação do SITBUS são de responsabilidade contratual das Concessionárias do Transporte Coletivo Municipal, já prevista na licitação realizada em 2008.

Objetivos do SITBUS

Ampliar a capacidade de gestão/regulação da BHTRANS sobre a prestação do Serviço de Transporte Coletivo de Belo Horizonte;
Ampliar a capacidade de gestão das concessionárias;
Permitir a operacionalização de mais políticas tarifárias;
Aumentar a confiabilidade dos serviços;
Disponibilizar informações sobre serviços para os usuários por diferentes meios e em diferentes momentos (antes, durante e após deslocamentos);
Contribuir para a ampliação da segurança;                                                                 Reduzir custos operacionais por meio da racionalização dos serviços;
Melhorar a avaliação pela população dos serviços de transporte coletivo.

Informação ao usuário dentro do ônibus – O painel informa o ponto atual em que o ônibus está e qual será o próximo. Essa informação também é fornecida em áudio, viabilizando também a orientação de pessoas com algum grau de dificuldade visual. A tela ainda possibilita que a central de operações comunique algum problema ou informação ao passageiro durante a viagem.

Informações ao usuário no ponto de ônibus – O painel informa quanto tempo falta para que uma linha de ônibus chegue até aquele ponto. Com essa informação o usuário tem como decidir melhor, se aguarda o ônibus ou se realiza alguma outra atividade. Isso viabilizará além de maior comodidade para o passageiro uma maior regularidade do serviço.

Informações para o motorista – Um pequeno monitor possibilita a troca de informações entre a central de operações e o motorista. Por meio dele o condutor será informado sobre algum problema ao longo do itinerário, por exemplo, uma passeata ou manifestação. O monitor irá orientar o motorista sobre o andamento da viagem, se está atrasado, adiantado ou dentro do tempo programado. O motorista também poderá transmitir informações à central de operações.



Informações da BHTrans

Share |

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960