Em Campinas, Motoristas de ônibus cancelam greve após acordo salarial

terça-feira, 31 de maio de 2011

Os motoristas e cobradores de ônibus de Campinas decidiram suspender a greve, que deveria se iniciar nesta quarta-feira (1º). O sindicato da categoria aceitou a proposta da Transurc (Associação das Empresas de Transporte Coletivo de Campinas) que estabeleceu um reajuste de 9% nos salários e 20% no vale-refeição, o que representa um adicional de R$ 300. De acordo com o sindicato, o percentual é o maior conseguido por uma categoria este ano na região. O salário reajustado será pago no mês de junho.
Os motoristas e cobradores de ônibus da cidade também vão receber mais duas folhas no talão de tickets para os dias de folga, aumentando de 24 para 26 folhas, além de R$ 420 de Participação dos Lucros e Resultados (PRL). Os motoristas de ônibus da cidade ganham R$ 1.481,95 e os cobradores R$ 658,05.
De acordo com a Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas), circulam no transporte público cerca de 650 mil pessoas.


Fonte: EPTV

1 comentários:

Anônimo disse...

nao foi os motoristas e cobradores que aceitaram o aumento o sindicato nao perguntou para ninguem foi logo aceitando pessoas que tiveram na sede do sindicato sao seguranças e algumas pessoas que nao faz parte do sindicato que colocaram camisas do sistemas mas estavam com calsas normais e alguns com tenes

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960