No Rio, Bilhete único não deve sofrer reajuste em 2011

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

O governador Sérgio Cabral determinou, nesta terça-feira, que o valor do Bilhete Único Intermunicipal permaneça R$ 4,40 em 2011, apesar do aumento das passagens dos coletivos. De acordo com o governo, a previsão é de que o subsídio para complementar o valor das passagens às empresas fique em torno de R$ 280 milhões neste ano, valor cerca de R$ 60 milhões maior que em 2010.
"O Bilhete Único é uma revolução econômica silenciosa nas 20 cidades da Região Metropolitana. Tem ajudado milhões de trabalhadores não só a conseguir emprego como também a economizar para investir na melhoria da sua qualidade de vida" afirmou em nota o governador.
No início do mês, o valor das passagens de ônibus intermunicipais foram reajustadas em 5,63%. A tarifa modal passou de R$ 2,35 para R$ 2,50. O percentual, concedido pelo Departamento de Transportes Rodoviários (Detro), foi menor que o solicitado pela Fetranspor, que reivindicava um índice de 9,42%.
O reajuste da tarifa intermunicipal acontece uma vez ao ano, atendendo a uma determinação do Ministério Público.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960