Grande Recife: Moradores de Caetés III reclamam da demora em linha ônibus

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Os moradores de Caetés III estão insatisfeitos com o número de ônibus que atende o bairro de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife. Os usuários da linha Caetés III, que vai para o Terminal Pelópidas Silveira, em Paulista, reclamam da demora. “É muito difícil, porque a gente que precisa ir para Olinda só tem essa opção. A gente passa um bom tempo esperando. Eu trabalho em Olinda, sempre chego atrasada, porque ainda tenho que descer em Paulista”, conta a auxiliar administrativo Cristiane de Souza.

A equipe do NETV 1ª edição mostrou no dia 20 de agosto de 2010 que o antigo Terminal de Caetés III estava desativado e abandonado. No dia 14 de dezembro, uma parada nova havia sido instalada, mas permanecia a reclamação dos moradores quanto à demora dos ônibus.

De acordo com os moradores, a nova parada de ônibus, instalada há menos de dois meses no lugar onde era o antigo Terminal de ônibus de Caetés III, está sem uso. “Os ônibus entram e retornam para Paulista. Ele vem de Paulista e passa direto. Essa parada só serve de enfeite e para gastar o dinheiro da gente”, critica o mecânico André Targino.

As pessoas que precisam pegar um transporte para Olinda têm dificuldades. “São 40, 50 minutos esperando. A gente acaba perdendo a hora do trabalho”, conta a dona de casa Alda de Andrade Lima.

A presidente em exercício do Grande Recife Consórcio de Transportes, Taciana Ferreira, reafirmou que quem usa o cartão VEM, pode pagar apenas uma passagem para ir para Olinda. “A pessoa tem a opção de pegar o Caetés III/Olinda indo até o terminal de Abreu e Lima e de lá pegar o Abreu e Lima/Olinda.  Vai inserir o cartão e verificar que não será descontado. Só quem paga em espécie terá que pagar uma nova tarifa”, diz.

Em relação à parada de ônibus abandonada, Taciana garantiu que até o dia 27 de janeiro, o Grande Recife terá uma resposta para os usuários. “Vamos verificar se a parada pode ser inserida no itinerário da linha”, diz.


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960