Transalvador define esquema de transporte no Réveillon

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Para promover a melhor locomoção dos soteropolitanos e turistas que passarão o Réveillon na capital baiana, a Prefeitura, através da Transalvador, montou um esquema especial de transporte coletivo para a sexta-feira, 31, e o sábado 1º. Entre as 19 horas da sexta e 5 horas do primeiro dia de 2011, 49 linhas do Sistema de Transporte Coletivo irão operar com frota máxima dos dias úteis com destino à Lapa, Barra, Ondina e Campo Grande, somando 345 veículos. Já no sábado, as mesmas linhas operarão também com frota máxima até as 18 horas.

Nas estações de transbordo de Pirajá e Mussurunga haverá regime especial para a virada do ano. Em Pirajá, 164 veículos de 52 linhas do Subsistema de Transporte Especial Complementar com destino à Barra oriundas da Suburbana, Cajazeiras, Brasilgás, Itapuã Ceasa, São Cristovão irão operar das 19 horas do dia 31 às 5 horas do dia 1º. Serão disponibilizados ainda dez veículos reguladores, até as 2 horas da madrugada, preparados para atender à população, caso haja algum imprevisto com os ônibus da frota especial.

Na Estação de Mussurunga, 140 veículos, com mais dois regulares, atenderão a população até as 2 horas do primeiro dia do ano-novo. Entre os bairros da Ribeira e Boa Viagem haverá reforço de frota em 14 linhas do transporte complementar, a partir das 20 horas, somando 74 veículos. Também haverá reforço de 18 linhas complementares, entre as 19 horas do dia 31 e 18 horas do dia 1º, fazendo os roteiros de Periperi e Paripe.

Através do Projeto Operação Praia, nove linhas, que somam 24 veículos, irão atuar na Orla Atlântica até as 19 horas do dia 1º. Ainda na operação, 40 veículos que fazem as linhas de área Itapuã, Praia do Flamengo, Aeroporto e Parque São Cristóvão irão operar entre as 16 horas do dia 31 e 5 horas do dia primeiro. Outros cinco veículos reguladores ficarão na Estação da Lapa com destino à orla, na madrugada da virada de ano.

Operação Réveillon - Todas as linhas do Sistema de Transporte Complementar deverão operar com frota de dias úteis até as 12 horas; Entre 12 e 19 horas as linhas irão operar com frota de sábado; das19 horas do dia 31 às 5 horas do dia 1º, 49 linhas complementares irão operar com frota máxima de dias úteis com destino à Lapa, Barra, Ondina e Campo Grande, somando 345 veículos. No sábado (1º), as mesmas linhas irão operar com frota máxima até as 18 horas.

Estação Pirajá - Prolongamento de itinerário de 52 linhas com destino à Barra oriundas da Suburbana, Cajazeiras, Brasilgás, Itapuã Ceasa, São Cristovão, com 164 veículos, e apoio de dez veículos reguladores até as 2 horas.

Estação Mussurunga – Operação com frota de dias úteis até as 2 horas, somando um total de 140 veículos, com apoio de mais dois reguladores; Boa Viagem/ Ribeira – Reforço de frota em 14 linhas complementares a partir das 20 horas com frota máxima de dias úteis (total de 74 veículos) e reforço de 18 linhas, entre 19 horas do dia 31 e 18 horas do dia 1º, fazendo os roteiros de Periperi e Paripe com um total de 30 veículos.

Orla marítima - Ativação de nove linhas da Operação Praia, das 21 horas às 6 horas, com um total de 24 veículos, encerrando-se às 19 horas do dia 1º. Quatro linhas de área de Itapuã, Praia do Flamengo, Aeroporto e Parque São Cristóvão irão operar entre as 16 horas do dia 31 e 5 horas do dia 1º (total de 40 veículos). Ativação de cinco veículos reguladores na Estação da Lapa, das 22 horas às 5 horas.

Fonte: Jornal da Mídia

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960