População de Salvador condena aumento da tarifa de ônibus

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Os usuários do sistema de transporte coletivo de Salvador condenaram o reajuste de 8,7% no preço da passagem de ônibus anunciado nesta terça-feira (28) pela Secretaria Municipal de Transporte e Infra Estrutura (Setin). O Bahia Notícias foi às ruas da capital baiana para ouvir a população e constatou que, além do reajuste, existe também a habitual insatisfação com os serviços prestados que não melhoram com os seguidos aumentos de tarifa. Para o aposentado Olivaldo Matos, 54, o aumento de R$ 2,30 para R$ 2,50 é irrelevante, mas, de acordo com ele, causa revolta pela precariedade do serviço. “Fico indignado com isso (reajuste), aumenta sempre e nunca melhora. Espero todos os dias, meia hora, em média, aqui no ponto por um ônibus”, reclamou. O micro empresário Marcelo Soares, que passou a utilizar o transporte público há três meses, após vender o carro para investir nos negócios, também acha que o valor seria insignificante desde que se oferecesse um serviço de qualidade. “Se o aumento da passagem fosse acompanhado das melhorias, seria justo. Mas a frota é reduzida, os pontos só vivem lotados. Além disso, os ônibus são velhos e sujos”, criticou. Para ele, a prefeitura poderia dar uma maior atenção à população, principalmente nos horários considerados de maior pico.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960