Fortaleza: Sem acordo para fim da greve, Justiça aumenta horário de pico de circulação dos ônibus

terça-feira, 15 de junho de 2010


A Justiça ampliou os horários de pico para circulação de ônibus durante a greve dos trabalhadores do transporte rodoviário de Fortaleza.
A mudança ameniza os problemas dos usuários do serviço, que enfrentam problemas para se deslocar na Capital. Por enquanto, não há sinalização de acordo entre trabalhadores e empresariado.
O sétimo dia de greve não resultou em nenhum avanço nas negociações. Em assembleia realizada durante a tarde desta segunda-feira (14), o reajuste salarial foi firmado em 33%, mas o Sindionibus só oferece 5,5%.

Porém, uma ordem judical alterou o contingente de ônibus que deve circular nos horários de pico. Agora, 70% da frota deve funcionar das 5h às 9h e das 17h às 21h.
Durante o dia não houve paralisação surpresa nas empresas, como as realizadas na semana passada. Mas a movimentação normal não amenizou os problemas de quem precisou do serviço.

Luizianne Lins comenta a greve
A prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, fez, nesta segunda-feira (14), duras críticas à greve dos motoristas, cobradores e fiscais de ônibus. Ela disse que o movimento é político e não vai ceder à pressões para aumentar o preço das passagens dos coletivos.

Fonte: Portal Verdesmares

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960