Série Transporte pelo Mundo em Buenos Aires

domingo, 30 de maio de 2010


A cidade possui uma grande quantidade de linha de ônibus (colectivo), definido por um número, que se conectam todos os pontos da cidade. O preço do bilhete dentro dos limites da cidade (Capital) é cerca de US $ 1 peso AR, e é maior quando se passa a Grande Buenos Aires, quando as mudanças de secção tarifário. Na Grande Buenos Aires, tendo seção tarifa quando várias alterações nas etapas de diferentes municípios, as empresas de transporte que não têm muito interesse também para o interesses dos seus passageiros, tirar partido desta para cobrar taxas subiram em distâncias curtas, sempre prejudicar as pessoas de poucos recursos.
Nos últimos tempos o Estado exigiu às empresas a alteração de seus veículos mais segura para os outros, como aqueles de baixa chão, ea colocação de máquinas de bilhetes, razão pela qual uma pessoa só pode viajar com moedas. Em alguns momentos do dia, o ônibus para ir cheio e eles são capturados em várias jams, mas no entanto eles são a melhor forma de ver a cidade sem gastar muito.
Rotas e números pode ser confuso, por isso consultar um mapa e pedir o conselho de moradores. Colectivos podem ser identificados pelo número de rota e destino principal exibida acima do pára-brisa.

Os ônibus de Buenos Aires são um meio de transporte econômico (bilhetes a A$ 0,90), embora possa ser menos eficiente nos dias de engarrafamento no centro. No entanto, a malha de ônibus é extensa e serve a toda a cidade. Os ônibus circulam durante todo o dia, diminuindo de frequencia depois das meia-noite.


O transporte de ónibus urbanos ou simplesmente chamados "Colectivos" conta com uma rede de mais de 150 linhas distintas e mais de 15.000 ônibus que circulan por cada região da cidade. Bom numero desses ônibus estão acondicionados para receber pasageiros deficientes fisicos, chamadas "Unidades de Piso Baixo", e dispõe de maquinas eletrónicas para subir passageiros em cadeira para deficientes.
Desde faz 10 anos conta com um sistema de self- service para ticket no interior do onibus, deve colocar moedas na maquina para recever seu ticket e poder viajar. O onibus ou colectivo é um serviço com"paradas" ( Lugar onde espera o pasageiro para subir , ou descer ) distribuidas em todo o trajeto, localizada um da outra aprox cada 400 mts .

Trem é um dos mais antigos do mundo
Para escapar do trânsito da cidade, os habitantes da capital argentina contam com 6 linhas de metrô. O metrô de Buenos Aires é um dos mais antigos do mundo, e é conhecido pelos locais como subte, abreviação de subterrâneo. As linhas convergem no centro da cidade e chegam a vários pontos turísticos e áreas importantes da cidade, além de terem uma constante programação cultural. A linha A mantém em circulação os antigos vagões de madeira, que são uma atração à parte.

O Metro de Buenos Aires (localmente conhecido como el subte, de "subterrâneos", que significa "underground") é um amplo sistema de acesso a várias partes da cidade. Inaugurado em 1913, é o metrô mais antigo do Hemisfério Sul e no mundo de língua espanhola. O sistema possui seis linhas (A, B, C, D, E e H), 80 estações e 52 km de trilha. No âmbito de um programa de expansão, a expectativa é expandir para 89 km em 2011. O metro é o meio mais rápido para se deslocar dentro Capital Federal. O sistema abrange actualmente cerca de 46 km, com 80 estações e transporta, anualmente, 250 passangers Millon. Tem um preço fixo que é pago nos escritórios do bilhete de qualquer uma das suas estações. Cada símbolo permite-lhe ir a qualquer parte da cidade, até mesmo para fazer longas viagens de linhas de mudança. O preço do bilhete é de R $ 1,10 e os serviços de metrô operam 06h00-23:00 pensamento sábado e segunda-feira 08h00 - 22:00 aos domingos. Tickets ou subtepass são comprados nas estações do metrô. O subte funciona de segunda a sábado, das 5 às 22h30, e nos domingos e feriados das 8 às 22h. Mapas das linhas são vendidos nas estações e o bilhete custa AR$ 1,10. É possível fazer conexões entre as linhas, sinalizadas com a palavra combinación.
O sistema funciona muito bem, mas turistas precisam ter atenção contra batedores de carteira, principalmente em vagões cheios.


O trem é o meio mais rápido e mais utilizado para entrar ou sair da cidade. Desde a terminal de Retiro até o norte do Gran Bs As, desde Plaza Constitución até o sul do conurbano e desde a estação Lacroze até noroeste. Em 1917 começou circular o primeiro serviço elétrico, Tigre - Retiro. O mesmo , hoje denominado TBA, é o serviço menos longo em extensão ( 45 minutos até a cidade de Tigre, o Delta ) o trem conta com ar acondicionado em cada wagon. O bilhete mais caro : 0,95 $.
Outro trem é o "Tren de la Costa" de perfil turístico que chega até o "Delta del Tigre" ( o Gran Bs As), indo por toda a costa do Rio de la Plata. Muito demandado pelos tours ao Delta. Para abordar este trem, debe viajar com trem TBA ( Estação Retiro, "anden" Mitre ) e logo traspassar no fim do viagem na estação Maipú, são aprox 30 minutos.De Seg a Sexta , $ 1,50. e os Sab e Dom, $3,00 com avaliação de poder descer em todas as estaçoes com atrativos diversos .

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960