Usuários reclamam do Terminal Campo Limpo

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010


O transporte público disponibilizado no Terminal Campo Limpo não está satisfazendo os usuários. Muitos reclamam das filas, de algumas linhas que segundo eles não estão mais operando, da quantidade de ônibus que precisam tomar para chegar ao destino e do gasto maior para a condução.

O usuário Thiago Francisco conta que a mudança das linhas foi pior para ele ir trabalhar, “moro próximo ao Céu, preciso pegar um ônibus de lá, para conseguir descer aqui e definitivamente depois de enfrentar fila pegar o ônibus que passe na Francisco Morato, são quatro conduções, duas de ida e duas de volta, antes eram somente duas passagens”.

Sandra Regina, 36 anos é psicóloga e explica que o terminal melhorou pelo aspecto de ter mais opções de ônibus, mas a questão de precisar pegar um ônibus para o terminal e depois pegar outro para o destino atrapalhou a vida dos passageiros, que antes dificilmente chegavam atrasados no trabalho.

Para a Enfermeira do Hospital Nossa Senhora das Lourdes, Maria Madalena, o Terminal facilitou a sua locomoção para o trabalho, “aqui dentro do terminal tenho três opções de ônibus para ir trabalhar e, além disso, não preciso enfrentar escadas, como acontece no terminal João dias”, afirmou ela. Ela fala sorridente que precisa tomar dois ônibus para ir trabalhar.

Ela afirma que muitas colegas que moram na cidade de Taboão da Serra precisam se deslocar até Santo Amaro para não chegar atrasadas no trabalho.Além de não terem direito a integração.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960