VLT do Rio começa a cobrar passagem na terça (26)

domingo, 24 de julho de 2016

A gratuidade do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) do Rio de Janeiro está com dias contados. Inaugurado com oito estações e horários restritos no último dia 5 de junho, o serviço vai começar a operar comercialmente a partir de terça-feira (26), apesar de ainda contar com 16 das 32 estações previstas para o trajeto final e trechos ainda em obras.

O valor da passagem será de R$ 3,80, mesmo preço da tarifa de ônibus. O usuário que tiver o cartão Bilhete Único Carioca terá direito a fazer até duas viagens de ônibus municipais e uma de VLT no intervalo de duas horas e meia.

Atualmente, o modal liga a Rodoviária Novo Rio ao Aeroporto Santos Dumont, no centro da cidade, e faz conexão com ônibus intermunicipais, metrô e terminal de cruzeiros. A partir de segunda (25), o horário de operação será ampliado e passa a ser das 7h às 21h.

Como o trem não possui catracas ou cobradores, o usuário deve validar o cartão em um dos 28 equipamentos instalados no interior do veículo. Quem não possuir Bilhete Único pode adquirir o bilhete expresso nas paradas do VLT, que possuem terminais de autoatendimento.

Pagamento
Na aquisição do Bilhete Único Carioca Pré-Pago, será cobrado o valor de R$ 3 referente ao custo unitário do cartão recarregável. A carga inicial mínima é de R$ 3,80. As máquinas aceitarão cédulas e moedas.

Segundo a Prefeitura do Rio, a previsão é que até o dia 5 de agosto, dia de início dos Jogos Olímpicos, as máquinas também passem a aceitar cartão de débito. Os terminais, no entanto, não dão troco --todo o valor carregado será revertido em créditos. O cartão RioCard Jogos Olímpicos 2016, específico para os traslados durante o evento, também poderá ser utilizado no modal.

Na primeira semana de cobrança, haverá equipes de fiscalização em todos os trens para checar o pagamento da passagem em caráter educativo. Já a partir do dia 2 de agosto, uma terça-feira, começa a valer a multa de R$ 170 aplicada por guardas municipais que acompanharão agentes da concessionária. Em caso de reincidência, o valor da punição aumenta 50%, para R$ 255.

Mas nem todos os passageiros terão que começar a pagar pelo serviço. A gratuidade no VLT Carioca está assegurada para alunos da rede pública de ensinos fundamental e médio do Rio uniformizados e portadores do cartão de gratuidade para estudante; estudantes de universidades portadores do Passe Livre Universitário; maiores de 65 anos; pessoas com deficiência e acompanhantes legalmente autorizados; e doentes crônicos e acompanhantes legalmente autorizados.

Mesmo assim, os passageiros nestas condições devem obrigatoriamente validar o cartão. Apenas menores de cinco anos acompanhados de adulto portador de cartão com passagem validada não precisam do procedimento.

Informações: Portal Uol
READ MORE - VLT do Rio começa a cobrar passagem na terça (26)

ANPTrilhos lança aplicativo de mobilidade urbana

Os secretários de Transportes, Rodrigo Vieira, e de Turismo, Nilo Sergio Felix, e o presidente da Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos), Joubert Flores, lançaram nesta sexta-feira (22/7) o aplicativo de mobilidade urbana Metro Mapper Turismo Brasil, que alia o transporte sobre trilhos aos deslocamentos nas cidades.

O app disponibiliza mapas de metrô, trens urbanos e Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs) das cidades brasileiras, além dos centros urbanos e os principais pontos turísticos, permitindo, ainda, personalizar as rotas.

– Desenvolvemos um aplicativo que possa ser usado por qualquer pessoa, permitindo que ela se localize, encontre o ponto turístico a que quer se dirigir e saiba a rota que vai percorrer. De preferência, utilizando o sistema de transporte sobre trilhos, inclusive o VLT e a Linha 4, para chegar nos pontos turísticos tradicionais e também nos novos, inclusive as arenas dos Jogos Olímpicos – explicou Joubert Flores.

Com o auxílio da ferramenta, brasileiros e visitantes poderão traçar os melhores caminhos para conhecer as principais atrações.

– Esse vai ser o guia de bolso de quem vier ao Rio. Vamos trabalhar para que se torne uma referência, porque esse aplicativo permite que o passageiro se decida pelo meio de transporte mais eficiente – afirmou Rodrigo Vieira.

Descrições sumárias, trazendo informações como horário de funcionamento, endereço, telefone de contato e a estação de metrô ou trem mais próxima são listadas ao lado da foto de cada um dos pontos turísticos.

– Estamos na expectativa pelos Jogos, quando vamos receber 540 mil turistas, e os transportes são fundamentais para o sucesso do evento – disse Felix. 

Informações: Jornal do Brasil
READ MORE - ANPTrilhos lança aplicativo de mobilidade urbana

No Recife, Trânsito muda em dois importantes corredores

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Uma série de intervenções viárias vai beneficiar a circulação, sobre­­­tudo do transporte público, em dois importantes corredores do Recife nas próximas sema­­­nas. Na avenida Norte, gi­­­ros à esquerda serão extintos em três pontos. Um deles é o cruzamento com a Cruz Ca­­­bu­­­gá, em Santo Amaro.

Já na avenida Marechal Mascarenhas de Morais, na Imbiribeira, será o contrário - a cria­­­ção de um giro à esquerda - que vai facilitar o acesso de ônibus ao Terminal Integrado (TI) Tancredo Neves, beneficiando 10,6 mil passageiros por dia. As ações vêm sendo feitas de forma conjunta pela Empre­­sa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) e pela Companhia de Trânsito e Trans­­porte Urbano (CTTU).

Na Cruz Cabugá, a proibição será nos dois sentidos. Nesta quinta-feira (21), quem vem de Olinda pode convergir à esquerda na avenida Norte rumo à Ponte do Li­­­moeiro. Agora, terá que seguir em frente pela Cabugá e entrar à direita na rua Frei Casimiro, fazendo o giro de quadra pela rua 13 de Maio até a avenida Norte (ver arte). Já quem sai do Centro pela Cabugá terá que fazer a conversão à direita na rua 24 de Agosto e fazer o looping de quadra até a avenida Norte.

Para permitir o cruzamento, o canteiro central foi aberto, perto da Contax. A intersecção Norte-Cruz Cabugá recebeu nova sinalização e foi recapeada. Até setembro, giros também serão extintos nos cruzamentos da avenida Norte com a Praça Cas­­tro Al­­ves (Encruzilhada) e com a avenida Professor José dos Anjos (Casa Amarela).

“No caso da Cruz Cabugá, existe o terceiro tempo sema­­­fórico. Em breve, passará a ser feito um giro de quadra, beneficiando linhas de ônibus e, sobretudo, o BRT Norte-Sul”, ex­­­plica a presidente da CTTU, Taciana Ferreira. É nesse trecho que o modal tem a menor velocidade média ao longo do corredor: 4 km/h. A medida antecede planos de implantação de uma faixa exclu­­­siva na avenida. “Para a opera­­­ção do BRT, será uma inter­­­ven­­ção fantástica. O transpor­­­te pú­­­blico agradece”, diz o diretor de operações do Grande Recife Consórcio, André Melibeu.

Tancredo Neves
No acesso ao TI Tancredo Neves, é o oposto. Ôni­­­bus de três linhas que seguem para o Centro (avenida Conde da Boa Vista, rua do Príncipe e Imip) perdem tempo fazendo giros de quadra para retornar ao terminal, mesmo passando praticamente ao lado dele. São 2,1 km que serão con­­­vertidos em menos de 600 metros com a abertura de um giro à esquerda na altura da rua Coro­­­nel Fabri­­­ciano, que dá acesso ao TI. 

Para isso, um trecho do canteiro central da Mascarenhas de Morais está sendo aberto pela Emlurb desde o dia 11 e tem conclusão prevista para a primeira quinzena de agosto. Um semáforo foi implantado. Além dos ônibus, que terão uma redução entre cinco e se­­­te minutos no tempo de viagem, veículos menores poderão usar a nova estrutura. Devido à mu­­­dança, um ponto de retorno me­­­tros antes será desativado.

“Isso vai trazer mais rapidez ao transporte público. Era uma demanda antiga de moradores do Ibura, que integram naquele terminal e vêm sendo beneficiados com a Faixa Azul da Mascarenhas e da avenida Recife”, diz Taciana.

André Melibeu, do Grande Re­­­cife, afirma que a mudança terá impacto direto no atendi­­­mento aos passageiros. “Essas linhas terão uma redução em torno de 10% em sua extensão, o que significa, já de saída, um ganho de até sete minutos no tempo de viagem. Para a operação, é algo bastante expressivo”, declara. 

Informações: Folha de PE
READ MORE - No Recife, Trânsito muda em dois importantes corredores

Bilhete Único agora pode ser recarregado pelo aplicativo CittaMobi

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Os milhões de usuários de ônibus, metrô e trem em São Paulo passam a contar nesta segunda-feira, 25 de julho, com duas novas opções para recarga do Bilhete Único. Em parceria com a Prefeitura de São Paulo (via SPTRANS), a Cittati, empresa de soluções tecnológicas com foco em sistemas de transporte, lança a recarga via aplicativo CittaMobi e por canal de voz (ligação telefônica), 24 horas por dia.

Em 2015 o CittaMobi chegou a São Paulo como um aplicativo para smartphones que monitora em tempo real os horários de chegada e partida de ônibus.

As novas funcionalidades, desenvolvidas pela Cittati e pelo Recarga Fácil, permitem que os cidadãos tenham a facilidade de realizar a recarga 24 horas por dia, de qualquer lugar, com comodidade e segurança. Elas ainda oferecem mais segurança aos passageiros de ônibus pela ausência e diminuição de dinheiro em espécie a bordo, pois vincula o uso do Bilhete Único.

Para alcançar tais inovações, a Cittati desenvolveu o CittaPag, plataforma de retaguarda flexível que permite a conexão do usuário aos diversos fornecedores de sistemas de bilhetagem e emissão de créditos em cada cidade. Funcionando nos bastidores das operações de recarga, assegura o controle e a liberação da compra de créditos, agilizando esse processo aos usuários, permitindo que as recargas sejam realizadas a qualquer hora do dia.

Recarga por telefone, canal de voz – Recarga Fácil
Para os usuários que não dispõem de um smartphone ou um celular com acesso à internet, está sendo disponibilizado um canal de voz para fazer a recarga de maneira ágil, prática e segura, bastando para isso digitar *32245 ou *FACIL no celular. A ligação é gratuita. Uma mensagem de voz orienta o usuário, passo a passo, de forma didática e simples o processo de recarga. É possível realizar recargas do cartão COMUM e ESTUDANTE. Após a confirmação do pagamento pelo sistema, que chega ao usuário via SMS, a validação pode ser efetivada, na mesma hora, em qualquer terminal de recarga.

Recarga pelo CittaMobi
O aplicativo CittaMobi, disponível gratuitamente nas lojas da Google e da Apple, permite recarregar créditos para o Bilhete Único de um jeito rápido, fácil e seguro. Após baixar o aplicativo e realizar um cadastro básico prévio, é possível fazer recargas para o Bilhete Único. A funcionalidade já está disponível para os cartões COMUM e ESTUDANTE, e as formas de pagamento são: débito (sem taxa de conveniência) e crédito (com taxa de conveniência de R$3,80).

Após a confirmação do pagamento pelo sistema, que envia uma mensagem de confirmação via “push” para aplicativo e por e-mail, a validação pode ser efetivada em qualquer terminal de recarga.

Informações: Cittamobi
READ MORE - Bilhete Único agora pode ser recarregado pelo aplicativo CittaMobi

Em Teresina, Mais de 200 mil usuários foram pegos de surpresa com greve de motoristas

Após reunião entre empresários e representantes do Sindicato dos Trabalhadores de Empresas de Transportes Rodoviários (Sintetro), motoristas e cobradores decidiram voltar ao trabalho no início da tarde desta quinta-feira (21) e pôr fim à greve. A paralisação da categoria pegou de surpresa mais de 200 mil passageiros durante a manhã.
Foto: Fernando Brito/G1

De acordo com o presidente do Sintetro Fernando Feijão, os empresários concordaram em pagar a segunda parcela do acordo firmado em janeiro deste ano.
"Os pagamentos serão feitos até as 18h de hoje. O que queremos agora é que o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) faça a mediação entre o Sintetro, a Prefeitura de Teresina e o Setut para que esse problema não aconteça novamente. Sabemos do transtorno, mas pedimos também a compreensão dos passageiros", falou Fernando Feijão.

Durante toda a manhã, muitos trabalhadores do sistema de transporte público de Teresina estavam de braços cruzados. Enquanto nas paradas de ônibus, passageiros esperaram mais de uma hora pelo ônibus. A reclamação é de que os 30% exigido por lei não estava circulando.

A Prefeitura de Teresina informou por meio de nota, que tem honrado todos os compromissos com o sistema de transporte público e que a pendência financeira alegada pela categoria não ultrapassou 24 horas, conforme acordo firmado com os concessionários.

A nota também diz que a administração municipal pagou ainda na manhã desta quinta-feira, o valor de R$ 610.388, 21 e que a justificativa de não pagamento dos salários dos trabalhadores que operam no sistema por atraso no repasse não se sustenta, tendo em vista que o sistema arrecada R$ 10 milhões por mês.

Informações: G1 PI
READ MORE - Em Teresina, Mais de 200 mil usuários foram pegos de surpresa com greve de motoristas

Trensurb volta ao horário normal nesta sexta-feira, mas promete nova paralisação

A partir desta sexta-feira, o trensurb volta ao horário normal de funcionamento, depois da paralisação de 24 horas. Uma nova paralisação, porém, é prometida pela classe para 1º de agosto. Nesta quinta-feira à tarde, os trens circularão apenas entre 17h30min e 20h30min - horário considerado de pico. 

Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários e Conexas do RS (SindimetrôRS), Clóvis Nei Pinheiro, uma nova paralisação de 24 horas está marcada para 1º de agosto. A decisão de formalizar um calendário de paralisações até que as exigências da categoria sejam aceitas pela Trensurb surgiu na assembleia ocorrida por volta do meio-dia desta quinta-feira. 

— Junto com a reposição salarial, de acordo com a inflação de 9,28%, exigimos a contratação de cerca de 200 funcionários para a segurança e de profissionais para as bilheterias — sustenta Clóvis Nei.

Na manhã desta quinta-feira, passageiros foram surpreendidos com as portas fechadas nas estações da Trensurb, a partir das 8h30min. A paralisação, mesmo avisada com antecedência, prejudicou quem dependeria do trem para circular entre a Capital e a Região Metropolitana. 

Na estação Mercado, apenas uma das quatro portas de acesso tinha um cartaz orientando os horários de funcionamento. Na estação Rodoviária, em dez minutos, a reportagem orientou mais de 20 pessoas que encontraram na porta apenas um cartaz escrito à mão informando do serviço provisório.

A maioria vinha do interior e dependia do serviço de trem para chegar às cidades da Região Metropolitana. O comerciário Diogo dos Santos Rangel, 30 anos, foi informado da morte da avó nesta manhã. Apressado, saiu do trabalho, no Centro de Porto Alegre, para ir ao Hospital de Pronto Socorro (HPS) de Canoas, onde ainda estava o corpo da familiar. Chegou à Rodoviária e, só então, lembrou da paralisação.

— Queria chegar o mais rápido possível. Mas vou ter que pegar um ônibus. Nestas horas, parece que tudo dá errado — lamentou.

Por Aline Custódio
Informações: Diário Gaúcho
READ MORE - Trensurb volta ao horário normal nesta sexta-feira, mas promete nova paralisação

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960