No Recife, Nova Estação de BRT da Avenida Conde da Boa Vista é inaugurada

segunda-feira, 6 de julho de 2020

A mais nova Estação de BRT da Avenida Conde da Boa Vista foi reaberta neste sábado. A EBRT Soledade segue o mesmo modelo das demais existentes no Corredor Leste/Oeste, ou seja, com embarque e desembarque de passageiros dos dois lados do equipamento. Quatro linhas de BRT deverão atender o espaço.

A Estação de BRT Soledade faz parte do projeto de requalificação da Avenida Conde da Boa Vista que previa a substituição das seis EBRTs transitórias por duas nos mesmos moldes das demais existentes nos Corredores Norte/Sul e Leste/Oeste. A nova Estação é a segunda* das duas que estavam planejadas e deverá ser atendida pelas linhas:

2437 – TI Caxangá (Conde da Boa Vista)
2441 – TI CDU (Conde da Boa Vista)
2444 – TI Getúlio Vargas (Conde da Boa Vista)
2450 – TI Camaragibe (Conde da Boa Vista)

*a primeira é a Estação Rua do Hospício e está operando desde o dia 14 de maio.

Para tirar dúvidas ou enviar sugestões e reclamações, o usuário pode entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente (0800 081 0158) ou WhatsApp (99488.3999), exclusivo para reclamações.

Informações: Blog Meu Transporte
READ MORE - No Recife, Nova Estação de BRT da Avenida Conde da Boa Vista é inaugurada

Suspensão do BRT Belém aglomera pessoas nas paradas

Durante o período de isolamento social, devido à restrição de circulação das pessoas para conter a proliferação da Covid-19, a Prefeitura de Belém suspendeu a operação dos coletivos pelo Sistema BRT, em abril. Com o retorno gradual das atividades econômicas, quem precisa sair de casa todos os dias para trabalhar ou até procurar emprego tem enfrentado uma longa espera nos pontos de ônibus por causa dessa redução no número de coletivos que operam na Região Metropolitana de Belém.

Essa é a principal queixa dos usuários que dependem do transporte público. Um deles é o comerciante José Augusto Rocha, 54. Morador de Ananindeua, ele diz que precisa sair de casa muito cedo, geralmente às 5h15, para não perder o ônibus que demora a passar. “Venho todos os dias de Ananindeua para São Brás. Tem poucos ônibus, então saio cedo, porque se eu perder demora muito para passar outro. Na Cidade Nova tem várias linhas, mas as linhas 4 e 5 quase não estão rodando”, comentou. “O BRT deveria voltar a funcionar, porque isso está nos prejudicando. Os ônibus não têm horário fixo pra passar”, completou.

Também moradora de Ananindeua, a universitária Débora Souza, 38, disse não ter observado lotação nos ônibus. Porém, tem percebido muita aglomeração nas paradas, já que as pessoas estão aguardando um tempo maior para embarcar no transporte. “Cheguei aqui (em um ponto de ônibus na Almirante Barroso) há 30 minutos e até agora não passou nenhum. Estou esperando o Maguari, Presidente Vargas/Cidade Nova 6 ou o Guajará/São Brás. Não estão deixando os ônibus virem lotados, mas as pessoas estão ficando na parada mais tempo”, afirmou.

ABANDONO

Enquanto o sistema BRT não volta a funcionar, as estações ao longo das avenidas Almirante Barroso e Augusto Montenegro estão visivelmente abandonadas. Além de pichações e muita sujeira, algumas delas foram depredadas, a exemplo da estação situada em frente ao Bosque Rodrigues Alves, que está com vidraças quebradas e outras trincadas, prestes a desabar.

O problema se repete em estações na Augusto Montenegro. É possível observar ainda problemas no telhado da estação próxima à travessa Tavares Bastos.

Trabalhando há um ano na área da parada de ônibus em frente à Estação da Maracauera, em Icoaraci, o mototaxista Fábio Macedo, 42, disse que, além da demora, os clientes costumam reclamar da falta de higiene dentro dos coletivos. “Essa suspensão do BRT nos prejudicou. Desde que a pandemia venha a ser controlada, esperamos que o BRT volte a funcionar. Mas se não for controlada, acho que deve continuar só com os ônibus de fora da canaleta. No começo disseram que todos os ônibus seriam higienizados nos finais de linha e garagem. Se prestar atenção isso foi só no início. Esse corrimão (da estação) vai contaminar muita gente. Aqui nessa parada só limparam uma vez”, garantiu.

Informações: Diario Online
READ MORE - Suspensão do BRT Belém aglomera pessoas nas paradas

Em Salvador , Vinte e três linhas de ônibus mudam de consócio e operação

Vinte e três linhas de ônibus que operavam em Salvador pelo Consórcio Integra Salvador Norte (CSN) começam a rodar, neste sábado (4), por meio dos consórcios Integra Plataforma e OTTrans. Com isso, os ônibus destas linhas, que antes eram azuis, agora passam a ser verdes e amarelos.

Confira, no fim desta reportagem, a lista de linhas que serão remanejadas.

“A ideia é melhorar o serviço, a partir desse remanejamento, tendo em vista que o Consórcio Salvador Norte nos notificou, informando que não tinha condições de operar essas linhas. Então, a gente está fazendo essa mudança para melhorar e dar continuidade ao serviço de transporte, que é essencial”, afirma o titular da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), Fábio Mota.

O remanejamento se deve à intervenção na CSN, decretada pela prefeitura em junho. A empresa, responsável por ônibus de 127 linhas do transporte público da capital baiana, teria descumprido o acordo coletivo assinado com o Sindicato dos Rodoviários, além de atrasar constantemente o adiantamento salarial e o tíquete alimentação.

A CSN, por outro lado, disse que entrou com ação contra a prefeitura de Salvador e que foi ela quem solicitou a intervenção, através do processo judicial. Segundo a empresa, a administração municipal não vem cumprindo com as obrigações referentes ao reequilíbrio econômico e financeiro do contrato. Por isso, entrou com processo pedindo a intervenção.

Em entrevista coletiva realizada na última quarta-feira (1), o prefeito de Salvador, ACM Neto, afirmou que a situação da concessionária de ônibus é grave e que não há prazo para o fim da intervenção.

"Estamos fazendo esforço enorme para empresa não parar. É pagamento de rodoviário, equipamento para ônibus funcionarem. A prefeitura tá tendo que comprar peça para colocar em ônibus para ter transporte na cidade. Até isso nós temos que fazer. Temos que comprar óleo diesel, pagar rodoviário. Se parar transporte, é a mesma coisa que decretar lockdown. A situação da CSN é bem grave, bem séria. Estamos com cuidado para que empresa não pare, melhorar situação da frota, empresa e assegurar que ela possa melhorar a sua situação. Não há prazo para fim da intervenção", disse o prefeito.

Veja as linhas que serão remanejadas
Vale dos Rios – Rodoviária Circular A
Vale dos Rios – Rodoviária Circular B
Duque de Caxias – Pituba
Pituba – Via 2 de Julho/ Trobogy
Vale dos Rios – Trobogy
Vale dos Rios – Stiep R3
Vale dos Rios – Stiep R4
Conjunto Marback – Acesso Norte
Terminal Acesso Norte – Macaúbas
Terminal Acesso Norte – Santa Mônica
Terminal Acesso Norte – Luís Anselmo/Estação Brotas
Via 2 de Julho/ Trobogy – Lapa
Estação Pirajá – Estação Mussurunga

Informações: G1 Bahia
READ MORE - Em Salvador , Vinte e três linhas de ônibus mudam de consócio e operação

Veja as linhas de ônibus que voltam a circular em João Pessoa

Em reunião nesta quinta-feira (2), a Prefeitura de João Pessoa e a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) apresentaram o plano de retomada de transporte público na capital, que acontece na segunda-feira (6).

Conforme o plano, as linhas circulam de segunda a sexta-feira, das 6h às 19h horas. Domingos e feriados não haverá circulação. A frota circula apenas com 60% da capacidade; são 250 ônibus que irão funcionar com apenas 45% da lotação máxima de passageiros. O uso de máscara é obrigatório para operadores e usuários.

Ainda segundo o plano apresentado, os ônibus circulam com capacidade limitada. A frota foi divida em 40 linhas, 11 delas terão a rota modificada para atender a demanda de linhas que não irão retornar neste primeiro momento. Os itinerários ajustados que podem ser vistos no site do Passe Legal.

O coletivo possui 50 cadeiras e somente um passageiro pode ficar em pé por metro quadrado, um total de 12 passageiros em pé. Os ônibus podem circular com no máximo, 62 pessoas dentro do ônibus. Os usuários que estiverem em pé precisarão se posicionar conforme marcação feita nos veículos, obedecendo a distância padrão como medida preventiva à Covid-19.

As linhas terão indicação no para-brisas, avisando se passam na Lagoa, no Centro, para evitar que todos os passageiros se dirijam ao Ponto Integração, no Varadouro. Haverá um aumento do tempo de integração temporal, que passa dos 40 para 80 minutos e pode ser realizada em qualquer ponto, inclusive na Lagoa, para evitar aglomerações.

Profissionais de saúde não terão mais linhas exclusivas, a partir deste domingo (5). Ao longo das próximas semanas, será divulgado se os ônibus, aos domingos, serão liberados para uso destes profissionais.

Esta é a primeira fase de retomada gradual das atividades, devido à nova fase de flexibilização, e ainda não tem prazo para sua conclusão. É esperado a volta da circulação de cerca de 80 mil passageiros nesta primeira fase, dos 180 mil total da cidade. Essa diminuição se dá pois estudantes estão sem aulas presenciais.

Controle de passageiros
Terminais estarão sinalizados com marcações no chão e assentos orientando onde passageiros podem se posicionar, para garantir o distanciamento social;
Uma fiscalização da Semob e da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) vai circular nas rotas e paradas de ônibus, fazendo o controle de passageiros. Os ônibus não devem sair com a capacidade acima do permitido e ser-a impedida a entrada de passageiros, para evitar aglomerações. Linhas com maior procura terão mais ônibus e um menor tempo de espera.

Higienização
Janelas laterais e teto dos coletivos estarão sempre abertos, para a circulação do ar;
Os motoristas e cobradores estarão resguardados por uma tela de proteção e todos eles terão temperatura aferida diariamente;
Empresas são obrigadas a fornecer higienização constante e devem disponibilizar álcool em gel para passageiros perto da catraca e Equipamentos de Proteção Individual para funcionários;
Empresas devem aferir temperaturas de seus funcionários diariamente, antes do início da jornada de trabalho;
O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros no Município de João Pessoa (Sintur-JP) ficará responsável pela limpeza dos coletivos, que devem ser feitas na saída e retorno para as garagens. 

Além disso, uma equipe móvel fica responsável para fazer a limpeza em terminais. 50 pessoas ficam distribuídas em toda a cidade para fazer a higienização.

Nos terminais de integração estão sendo higienizados pela Defesa Civil Municipal. Além disso, haverá disponibilização de álcool gel para uso de todos.

Recomendações
Passageiros devem priorizar o uso do Passe Legal, evitando contato através do uso do dinheiro físico;
Idosos e crianças devem evitar circular nos ônibus;
A recomendação da PMJP é que passageiros do grupo de risco não utilizem o sistema, já que a orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS) é o de isolamento para evitar infecção pelo vírus;
Caso passageiros necessitem fazer recarga do passe presencialmente, 80 pontos de recarga estão espalhados pela na cidade. A lista completa pode ser consultada no site do Passe Legal.

Informações: G1 Paraíba

READ MORE - Veja as linhas de ônibus que voltam a circular em João Pessoa

Ônibus voltam a funcionar em Teresina a partir da terça (7)

A greve dos ônibus em Teresina não acabou, mas o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Rodoviário do Piauí (Sintetro) aceitou a proposta do Ministério Público do Trabalho (MPT) de realizar o retorno gradual a partir de terça-feira (7). Com isso, 30% da frota de ônibus volta a circular em Teresina, atingindo 70% nos horários de pico.

Os trabalhadores estão parados reivindicado melhorias há quase 50 dias. Mesmo com o retorno parcial, a categoria vai continuar em greve. Segundo o secretário de comunicação do Sintetro, Francisco Araújo, os motoristas e cobradores de ônibus não abrem mão do ticket alimentação e do plano de saúde. Eles não aceitam perder os direitos já conquistados.

“Os empresários querem tirar o ticket de alimentação e do plano de saúde. Eles ainda reduziram o salário. Além disso, eles não vêm pagando os 30% do nosso salário a partir do acordo feito com o Governo Federal. A categoria está revoltada”, afirmou.

Na segunda-feira (29), uma reunião através de videoconferência entre o Ministério Público do Trabalho (MPT), empresários e o Sintetro ficou negociado o retorno parcial. O sindicato recusou a proposta apresentada, mas aceitou a volta parcial das atividades. Dois dias depois, o sindicato informou que só depois de uma assembleia decidiria sobre a volta da categoria.

"Em relação a essa questão da greve, as empresas vão acatar a decisão do Ministério Público do Trabalho e ao mesmo tempo acatar às ordens de serviços que forem emitidas pela Strans, a partir da próxima segunda-feira", informou o coordenador técnico do Setut, Vinícius Rufino.

Informações: G1 Teresina
READ MORE - Ônibus voltam a funcionar em Teresina a partir da terça (7)

Em Natal, STTU aumenta frota de ônibus para 70% a partir de segunda (6)

Natal terá aumento na frota de ônibus urbanos para a próxima segunda-feira (6), segundo garantiu a Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) nesta sexta-feira (3). A expectativa é de que 70% dos ônibus do transporte público circulem pela cidade. Atualmente cerca de 44% da frota está nas ruas.

O reforço no número de veículos acontece após reclamações de passageiros, que precisaram enfrentar linhas lotadas ao longo dos últimos dias. Desde terça-feira (30), a Prefeitura de Natal reabriu com restrições o comércio não essencial da cidade, o que naturalmente aumentou o fluxo de pessoas nas ruas e a demanda do transporte público.

Apesar da flexibilização, a frota continuou operando com o percentual estabelecido para os dias de isolamento social de contenção à Covid-19. A STTU alegou que para aumentar a frota precisou enviar um ofício às empresas ligadas ao Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Natal (Seturn). Até a manhã de quinta-feira (2), o Seturn não havia sido comunicado.

Segundo a STTU, as empresas deverão seguir o quadro de horário programado para os sábados, protocolo que "já é conhecido pela população e permitirá que essa se programe melhor". O horário da primeira e última viagem, contudo, seguirão inalterados: 5h a primeira e a última às 20h. A secretaria afirmou ainda que poderá fazer ajustes, casos estes sejam considerados necessários.

Informações: G1 RN
READ MORE - Em Natal, STTU aumenta frota de ônibus para 70% a partir de segunda (6)

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960