Com a inauguração de novas faixas de ônibus, SP atinge 95% da meta

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

A cidade de São Paulo inaugura nesta segunda-feira (7) mais 7,7 km de faixas exclusivas de ônibus. Com os novos trechos, a capital paulista passa a ter 282,8 km de corredores para a circulação do transporte público. O número equivale a 94% da meta da prefeitura, que pretende até o final do ano atingir 300 km.

A região que receberá a maior extensão em faixas exclusivas nesta segunda é o entorno do parque do Carmo, na zona leste da cidade. Serão 2,6 km de faixas à direita em ambos os sentidos da avenida Osvaldo Pucci --entre a avenida Afonso de Sampaio e Sousa e a rua John Speers--, rua John Speers --entre as avenidas Osvaldo Pucci e Adriano Bertozzi-- e avenida Adriano Bertozzi --entre a rua John Speers e a avenida Nova Trabalhadores.



Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP

A zona sul ganhará um complemento de 1,5 km de faixa no eixo formado pela avenida Bernardino de Campos, rua Vergueiro, avenida Prof. Noé de Azevedo e rua Domingos de Morais, na Vila Mariana. A exclusividade será válida de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, e aos sábados, das 6h às 14h. O horário também será expandido para os trechos que já estão em operação.

Já na região da Consolação será implantado mais 300 metros de corredores, no viaduto Okuhara Koei, em direção ao centro, entre a avenida Dr. Arnaldo e a Alameda Santos. O novo trecho, que funcionará de segunda a sexta-feira, das 4h às 23h e, aos sábados, das 4h às 15 h, vai fazer ligação com o eixo Rebouças-Consolação.

O corredor formado pelas avenidas Santo Amaro, São Gabriel, Nove de Julho e Juscelino Kubitschek também terá um reforço com a inauguração de mais 1,2 km de faixas exclusivas. O novo trecho vai passar pela avenida Santo Amaro --entre a rua Eduardo de Souza Aranha e a avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade --, pelo túnel Takeharu Akagawa, pela avenida São Gabriel --entre a rua Pedroso Alvarenga e o túnel Takeharu Akagawa-- e pela avenida São Gabriel --entre a rua Pedroso Alvarenga e o túnel Takeharu Akagawa.

A expansão vai ainda beneficiar a avenida Pres. Juscelino Kubitschek, entre a rua Renato Paes de Barros e a avenida Santo Amaro. Em todos esses lugares, a exclusividade para os coletivos valerá por período integral. Ainda na avenida Santo Amaro, no sentido centro, está prevista também uma faixa exclusiva à direita, ao longo de 110 metros, entre a avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade e a praça Dom Gastão Liberal Pinto. Essa faixa vai operar de segunda a sexta-feira, das 6h às 22h, e aos sábados, das 6h às 14h.

Na região central, será implantado 300 metros de faixa exclusiva na rua da Figueira, no trecho entre o acesso ao Viaduto Antônio Nakashima e a rua Maria Domitila. O transporte coletivo terá prioridade de segunda a sexta-feira das 6h às 22h e, aos sábados, das 6h às 14h.

E, por fim, a zona oeste que vai ganhar 700 metros de faixa exclusiva na rua Ari Aps, no trecho entre a rua Augusto Farinha e a avenida Mal. Fiuza de Castro, e mais 1,1 km na avenida Brig. Faria Lima, no sentido Itaim Bibi/Lapa [entre a rua dos Pinheiros até a rua Fernão Dias] e no sentido Lapa/Itaim Bibi [avenida Pedroso de Morais até a Rua Cláudio Soares].

De acordo com o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), transitar na faixa exclusiva à direita de ônibus é uma infração leve, com perda de três pontos na carteira e multa de R$ 53,20.

Informações: Uol

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960