Em Natal, Ônibus Lotados na zona norte é transtorno para os usuários

sexta-feira, 1 de abril de 2011

A Zona Norte de Natal comporta aproximadamente 400 mil habitantes e grande parte dessa população é composta por usuários do transporte coletivo da cidade. Nota-se que em horários de pico os transportes ficam lotados e os transtornos para o usuário são, muitas vezes, irreparáveis. Acompanhado com o desconforto dos ônibus repletos de passageiros, estão as paradas sem abrigo, onde se fica a mercê de sol e chuva.

"Fico mais de meia hora esperando o transporte, que, quando passa, segue adiante. Não pára, porque está lotado", reclamou a assistente de serviços gerais Solange Maria, 30. "Uma coisa que nós que pegamos ônibus, aqui na Moema Tinoco, pedimos é que haja uma melhora das linhas que trafegam por aqui, principalmente nos horários de grande movimento", pediu a ASG. "Um simples trajeto de 20 minutos se transforma em uma viagem de 1h30. Às vezes passam três ônibus da mesma linha seguidos, que não comportam mais passageiros", completou Kaliane dos Santos, 20. Contatado, o Seturn garantiu que vai reunir o núcleo técnico na instituição em razão da reportagem do Diário de Natal.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960