Governo do Dist. Federal apresenta 32 projetos para mobilidade urbana ao Ministério das Cidades

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

O Governo do Distrito Federal (GDF) apresentou, nesta sexta-feira (5/11), 32 projetos que devem propiciar o aumento da mobilidade urbana, da acessibilidade e do transporte coletivo ao Ministério das Cidades. As propostam somam R$ 4 bilhões, dos quais 95% deverão ser financiados. O governo local entra com os 5% restantes, a título de contrapartida.

De acordo com a subsecretaria de Captação de Recursos da Secretaria de Fazenda do DF, em paralelo à apresentação das 32 cartas-consulta, o GDF está solicitando a renegociação do Programa de Ajuste Fiscal (PAF), de formas a garantir que o governo possa captar os recursos disponíveis no programa Pró-Transporte, do Ministério das Cidades.

Entre as propostas apresentadas estão a complementação de recursos para o Veículo Leve sobre Pneus (VLP), que, por meio de ônibus articulados em faixas exclusivas, vai integrar a linha do metrô às cidades do Gama e Santa Maria; a expansão da Linha 1 do Metrô até o final da Asa Norte; o túnel sob o centro de Taguatinga, que vai ligar a Estrada Parque Taguatinga (EPTG) a avenida Elmo Serejo e a revitalização de corredores de transporte coletivo, tais como as avenidas Hélio Prates, Comercial e Sandu, em Taguatinga.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960